sábado, 23 de maio de 2015

Usei e Amei: Effaclar BB Blur

Dizer que amei é pouco.
Finalmente encontrei algo no Brasil, que me dá uma sensação parecida com o meu finado (porque nunca mais encontrei em loja nenhuma, nem no exterior e nem por aqui) Pores No More com cor de base, do Dr. Brandt. Para quem não se lembra, era esse aqui:


Realmente é uma sensação muito parecida, o que difere é a cor da base, que sinceramente acho a do Pores No More mais bonita, pois trata-se de um bronze mesmo. O Effaclar BB Blur tende para uma cor amarelada, mas nada que uma finalização com pó não corrija.

Embora esteja escrito BB Blur na embalagem, minha representante de laboratório me apresentou o produto como sendo uma base, e não um primer ou um BB cream, mas a sensação é a de que estamos usando um primer tonalizado. E tudo isso com um FPS 24, se não me falha a memória.

A intenção aqui é lançar uma maquiagem que consegue segurar a oleosidade do rosto e fechar os poros. Ele tem a tecnologia Airlicium, a mesma do último protetor solar deles que deixa o rosto com a sensação de pele limpa.

Por enquanto, aqui no Brasil, só temos uma cor de Effaclar BB Blur, mas nos Estados Unidos existem dois, o fair e o medium. Tomara que tragam novas cores para o Brasil.
No site Portugal, procurei esse produto para vender e não encontrei. Em compensação, achei essa belezinha aqui:



Um CC Cream da linha Rosaliac (essa linha trabalha a Rosácea) com FPS 30. deve ser bem legal e estou na torcida para que chegue logo por aqui. Eu ando meio obcecada por bases e etc. Deve ser problema de idade. KKKKKKK.

O preço sugerido do BB Blur no Brasil é 99 reais, mas pesquisem os preços porque já vi farmácias vendendo por R$ 109,00. nos Estados Unidos, o preço sugerido é $ 29. Com esse dólar alto, praticamente nem compensa comprar lá fora.

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Minha Experiência no W Spa

Foto: Google/divulgação

Ganhei de presente de dia das mães, duas horas relaxantes no W SPA do Barrashopping. Só Deus sabe como eu estava precisando disso.
Minha última visita a um SPA, foi no Chile, ou seja, tem quase um ano.
Eu nunca tinha ido ao W SPA. Chegando lá na hora marcada, recebi um questionário, onde além das perguntas básicas, como por exemplo, se eu tenho alguma doença ou alergia, era perguntado como eu gostaria da pressão da minha massagem, que tipo de música eu gostaria de escutar e pude até mesmo escolher a fragrância que sentiria na hora da massagem.

Depois de escolher tudo, nos dirigimos a um armário com chave para guardar nossos pertences, inclusive o celular, razão pela qual não tirei nenhuma foto. Me foi solicitado tirar cordões, anéis e brincos.

De lá, partimos para um vestiário particular, onde havia até um box para a pessoa tomar uma ducha após a massagem, cheia de produtos que encontramos no salão para os cabelos (para usar durante o banho). Lá havia também secador de cabelos, uma escova limpinha, chinelos e uma calcinha descartável, além de um roupão. 

Então me encaminharam para as poltronas da foto. Vocês não calculam como essas poltronas são deliciosas e eu quase dormi sentada, enquanto me serviam água aromatizada / chá. E o ambiente estava escurinho. Eu tenho dormido até sentada fazendo a unha no salão, imaginem num lugar relaxante desses?

De lá, partimos para a sala de massagem propriamente dita. Gente, que delícia! A sala estava a exatos 21 graus e a maca era aquecida. Então a pessoa sente uma mistura de frescor com quentinho, impossível de descrever. Tem que ir lá e sentir na própria pele.

Fiz massagem com uma massoterapeuta chamada Antonia. MA-RA-VI-LHO-SA. A massagem durou uma hora e meia e não senti o tempo passar. Só não foi totalmente perfeito porque meu nariz sempre fica entupido quando eu me deito de barriga para baixo. Mas nada me impede de respirar pela boca, e foi o que fiz. A Antonia foi super educada, simpática e eficiente. Recomendo muito, e se voltar lá, vou pedir para fazer novamente a massagem com ela.

Quando tudo terminou, fui forçada a retornar para a realidade. Agora, só me resta aguardar pelo dia das mães do ano que vem....

Site do W Spa aqui.

sábado, 16 de maio de 2015

Gabriel saiu no espectro do autismo. UAU!


Pessoal, tenho ótimas, excelentes notícias. É tipo a notícia do século, do milênio!
Gabriel, como todos sabem, vem sendo tratado como estando dentro do espectro do autismo desde um ano e meio. Vai fazer quatro esse ano.

Foram muitas lutas, decepções e frustrações.
Mas também tivemos a chance de ter muitas surpresas maravilhosas, curtir cada batalha ganha, e descobrir quem eram nossos amigos verdadeiros, como por exemplo, vocês.


😭
 ( já estão chorando? Quero ver lágrimas!)


Foram médicos, terapias, fonos, estimulação em casa e na escola, rios de dinheiro gastos com tudo isso e mais um pouco, e a incômoda sensação de isso tudo não estar sendo suficiente.

Nós ganhávamos batalhas, mas a guerra nunca.
Na última quinta-feira, Gabriel teve uma avaliação com uma Fono super experiente em autismo. Fez a formação dela toda na França. A mulher é fera.

E então, após avaliar o Gabriel, ela me recebeu na sala dela transbordando de alegria, pois aplicou um teste nele e após avaliá-lo nesse teste e também clinicamente, ela não detectou nenhum sinal de autismo. NENHUM.

Comecei a chorar na hora, junto com ela e com a Fono que faz o acompanhamento dele na sala ao lado.
Gabriel me deu um beijo e disse:
" não chora, mamãe."


Mas eram lágrimas de alegria!
De sensação de dever cumprido!
De milagre da mão de Deus sobre a nossa vida!
De alívio!
Tudo misturado!


Ele tem ainda dificuldades de linguagem e isso será trabalhado intensamente daqui pra frente. 

A guerra acabou, mas a luta, acredito, não vai terminar nunca. E é bom que não termine mesmo, pois todo ser humano merece se aprimorar cada vez mais.


O detalhe é que muitas crianças neurotípicas, ou seja, que não possuem  autismo, apresentam esse tipo de dificuldade e se tratam, e pronto.

Hoje Gabriel saiu da síndrome do espectro do autismo, e entrou no DEL ( Déficit Específico de Linguagem), que na linguagem popular é mais ou menos assim:
"Criança que demorou pra falar".


Ainda teremos acompanhamento neurológico para ver se já dá para retirar aos poucos sua medicação e sessões intensivas de Fono.
Mas o prognóstico e o futuro dele mudaram radicalmente hoje, embora ele não tenha sido reavaliado recentemente pela neuro.

Obrigada por estarem sempre presentes na nossa vida e por ajudarem a tornar o dia de hoje, uma realidade.

Observação. Existem vários tipos de terapias quando falamos em autismo. A escolha de cada uma delas, depende do grau do autismo, da idade da criança, da disponibilidade no local onde a pessoa mora...No caso do Gabriel, fizemos a terapia de intervenção precoce, o Early Start Denver Model, além da fono. 

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???