sábado, 23 de novembro de 2013

Proteção Solar X Férias

Eu acho uma delícia esse clima de férias, ainda que eu esteja longe de entrar de férias... Mas como somos todos humanos, eventualmente conseguimos dar uma escapada no final de semana.
Nesses dias de relaxamento, acabamos exercendo atividades que não fazem parte da nossa rotina, tais como mergulho, passeios longos, surf, caminhadas, passeios de buggy, esqui... E não é raro meus pacientes aparecerem todos queimados no consultório na segunda-feira, com a frase "mas eu usei protetor solar!" na boca e uma dúvida nos olhos.

Porque isso acontece? Principalmente, porque cada atividade necessita de cuidados especiais específicos. Nesse post, vou tentar dar algumas dicas para salvar a pele de vocês.
Quando falamos em proteção solar nas férias, a primeira dúvida que surge é qual o protetor solar ideal. Nas férias, você precisa de uma proteção alta, para rosto E CORPO. Não é raro as pessoas usarem um FPS 50 na face e 30 no corpo. Se você ainda tem dúvidas em relação a fazer diferença ou não usar um FPS alto, leia este post.

Separei para vocês alguns protetores com FPS alto. Podem guardar a lista!


O meu preferido para as férias é o Photoprot, o primeiro da esquerda. O frasco não pesa na bolsa e ele protege bastante, principalmente as opções com cor de base. Como desvantagem, acho que esse produto é extremamente oleoso. Para não sair de casa brilhante (brilho, só na roupa!) eu costumo aplicar um pó com FPS por cima.
Para quem tem a pele extremamente oleosa, minha opção é o Heliocare FPS 90. A cosmética é maravilhosa e eu adoro o cheirinho característico dele.
Outro que merece destaque, principalmente para a ala masculina é o Neutrogena Spray Sport. Ele fixa bem e resiste bastante a água e suor. O fato de ser em spray ajuda a penetração entre os pêlos, inclusive no couro cabeludo daqueles que estão começando a se tornar calvos.

Além dos protetores de se passar, existem os de se tomar pela boca. Existem diversas marcas no mercado, mas eu trabalho basicamente com dois produtos:


A prescrição desse tipo de produto é individualizada. Existem pacientes que só precisam usar um deles, outros usam os dois (tipo EU). A quantidade de comprimidos que cada um toma também varia. Vai depender do fototipo, do uso de determinados tipo de medicamentos fotossensibilizantes e da história de doenças prévias e atuais. Complexo, não é?

Dito isso, vamos conversar sobre alguns tipos de atividades de férias, e como se proteger em cada uma delas.

1) Passeio de Buggy no Nordeste, passeios de quadricículo, moto, esqui-bunda, etc.
(pense em...velocidade)


Fazer como o meu marido, que só usou protetor solar e não colocou nem uma camisa, tem tudo pra dar errado!
O ideal seria usar um protetor potente antes de sair do quarto do hotel, colocar uma camisa de mangas compridas com proteção UV (você encontra AQUI) e colocar um óculos escuro, para proteger os olhos do sol e da areia.
Outra dica seria se sentar ao lado do motorista, pois você estará mais protegido contra o sol.
E não se esqueça de se hidratar sempre.
Por incrível que pareça, não recomendo levar chapéu. Você vai perde-lo sem sombra de dúvida (literalmente).

2) Esportes Aquáticos (surf, passeios de lancha, nado com golfinhos, esqui aquático, Banana boat, etc)



Gabriel está protegido do sol... O vovô, nem tanto...
Usar chapéu nesse tipo de passeio também não é muito recomendável. Nesse caso, a proteção solar é idêntica às dos passeios de buggy, porém, um cuidado preciso ser tomado, que é a reaplicação mais frequente do protetor solar, mesmo usando os  protetores ditos "resistentes a água". Pense numa proteção "Tele-Sena", de hora em hora.

E outra, se for andar de lancha com crianças, compre antes da data da viagem um colete salva-vidas e leve! Essas lanchas nunca têm coletes infantis.

Mais uma: vocês se lembram do bom e velho Hipoglós no rosto, que os surfistas usam? Acho super válido, desde que você o aplique sobre o protetor solar.

3) Caminhadas:

Aqui cabem todas as recomendações anteriores + Uso de chapéu obrigatório!

4) Neve:

A neve age como um quarto de espelhos, canalizando a luz para o seu rosto. O seu corpo estará protegido pela roupa, mas o rosto precisa ser blindado com o bloqueador. é muito comum queimaduras graves na face, em locais de neve.


16 comentários:

Anônimo disse...

Ei minha linda doutora!

Moro na Europa,qual seria sua indicação para proteger meu rosto durante o inverno rigoroso e a neve que chegará daqui a pouco? Faço uso de filtro solar diariamente, afinal sou usuária de acido retinoico e acido glicólico. Devo usar algum outro filtro específico?
Abraços para você querida!

Lilian disse...

Olá! Uma dúvida: o hipoglós funciona como proteção de barreira?
Bjos e obrigada.

Lilian disse...

Olá! Uma dúvida: o hipoglós funciona como proteção de barreira?
Bjos e obrigada.

Anônimo disse...

Olá Dra Luciana
Qual a sua opinião ou experiência com seus pacientes sobre o Capital Soleil e Heliocare na pele oleosa?
Estava decidida pelo Capital Soleil mas depois me interessei pelo Heliocare. Qual mantém o toque seco por mais tempo?
Pó compacto com protetor protege da luz visível?

Pergunta fora do tema:
O Redermic Hyalu C é indicado para qual idade? Tenho 28 anos e 6 meses, posso usar o Redermic Hyalu c olhos?

Anônimo disse...

Oi, Dra. Luciana! Obrigada pelo post.

Sempre que uso o heliocare citado pela senhora, com ou sem algum outro creme por baixo, em muita ou pouca quantidade, ele esfarela. Já tentei outro tubo, de outro lote, e ocorreu o mesmo. Fico tão triste, porque adoro o cheirinho e a cosmética dele. Você teria idéia do porquê isso ocorrer?

Outra coisa, em relação ao chapéu, nos casos citados que a senhora não o recomenda: eu já usei em todos os casos e deu super certo. O macete é usar chapéu com cordinha, e deixar bem amarrado nessa região entre queixo e mandíbula. Qdo fui passear de bug, além de mangas longas, óculos escuros, calça legin comprida e chapéu amarrado, eu pus por baixo do chapéu uma espécie de burca, de forma que meu rosto todo ficou protegido. Recebi muitos elogios do motorista que, além de mim, era o único que se protegia.

Outra opção para passeio aquático são aquelas viseiras de jogar tênis ou vôlei de praia ou boné, que por sua própria estrutura já são mais ajustados mesmo à cabeça e não voam. Podemos brincar com o sol não, doutora! Beijos! Fique bem e em paz!

Rafael Braz Gouveia disse...

Satisfeito por usar um filtro solar aprovado pela dermatologista que escreve neste blog. Tomei por uns meses, por indicação profissional, o Polypodium Leucotomos, em uma dosagem alta que, inclusive, parece estar ligada a tratamentos contra mal de Parkinson e de Alzheimer. Achei estranho.

Rafael Braz Gouveia disse...

Satisfeito por usar um filtro solar aprovado pela dermatologista que escreve neste blog. Tomei por uns meses, por indicação profissional, o Polypodium Leucotomos, em uma dosagem alta que, inclusive, parece estar ligada a tratamentos contra mal de Parkinson e de Alzheimer. Achei estranho.

alexandra disse...

Ipoglós como proteção solar? nunca vi isso

Anônimo disse...

Oi dra Princesa, tudo bem??? senti um certo desânimo no seu post, é impressão?? ou cansaço de fim de ano??

Queremos vc feliz hein!!!

Vou viajar para o EVEREST amanhà...eee e lá precisa de muita proteção solar...minha dermato me indicou esse helioral e estou amando!! muito bom!!

Bjoss

Anônimo disse...

Olá. Eu costumo usar o protetor 100% físico fps 50 e por cima uma base com protetor, mas um fator mais baixo.
Minha pele é muito oleosa e com tendencia à acne, mesmo aos 35 anos. Vinha usando um protetor da skinceuticals chamado UltraFacial Defense, mas parece que saiu de linha :-( Os da Roche sempre esfarelam no meu rosto.
Tem alguma indicação de um protetor potente mas suave para a pele?
Obrigada, Lia.

Anônimo disse...

querida dra Luciana...sinto saudades de seus posts...sinto tambem que voce tenha abandonado a gente e o blog...volta logo...beijos mega carinhosos
saude amor e paz
de sua fã de Sampa..
Marcia

Anônimo disse...

Olá Dra princesa!
Li esse artigo e lembrei de vc e do anjo:
http://www5.usp.br/28420/projeto-fada-do-dente-busca-entender-autismo-a-partir-de-dentes-de-leite/

Veja q legal,
Bjs
Andrea

Amanda Lemos disse...

Gostei muito do que vi !
Muito difícil encontrar espaços bacanas como este :_)

Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada,

http://bolgdoano.blogspot.com.br/

Agradeço desde já !

Anônimo disse...

Boa tarde, Dra. Luciana. Adoro seu blog. Qual o filtro solar que vc indica p criança de 4 anos? O meu filho apresenta ardência nos olhos cm várias marcas. Obrigada!

Vicky Londres disse...

Uso filtro solar diariamente desde os 14 anos - hoje tenho 42. Meu fototipo deve ser zero, todos os meus vasos sanguíneos são aparentes, já tive um dermato brincando comigo dizendo que eu tenho melanina negativa. Pele bem oleosa. A maior parte dos anos eu usei filtro solar da Clinique spf20. Mudaram a fórmula do Clinique e passou a pesar na minha pele, me deixando com espinhas. Hoje em dia, morando no hemisfério Norte, uso o Anthelios 50 Mineral Tinted no rosto, e vou reaplicando ao longo do dia o filtro em pó da Shiseido ou o Thomas Roth spf50, com aplicador, que compro na Sephora. Andando na neve, não descuido. No corpo, durante o verão, uso o Aveeno Protect+Hydrate Lotion Sunscreen SPF30, no dia a dia, e o SPF50 se vou à piscina.
É tão parte da minha rotina quanto escovar os dentes. Já passei uma semana acampada na Ilha Grande, na praia, e voltei para casa com a mesma cor de quando saí. Vale a pena.

Bebel disse...

Dra. Luciana,

Li coisas magníficas a respeito do Heliocare, para peles oleosas. Sempre com imagem do "ultra gel". Porém, não consigo encontrar para comprar. O que terá acontecido, saiu de linha? Só encontro o "advanced" ou o "max defense". Será que dá na mesma?

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???