sexta-feira, 24 de maio de 2013

Xeroderma Pigmentoso (e você achando que tinha problemas com o sol...)


Dificilmente encontramos esse nome nas mídias, seja televisão, revistas, blogs de saúde, facebook, jornais...
E no entanto, essa é uma das piores doenças que um ser humano pode ter. Ela é a própria essência da história dos vampiros que não pertencem à saga Crepúsculo (afinal, o sol não pulverizava o Eduard, ele só fazia brilhar umas purpurinas).
Pessoas que sofrem com xeroderma pigmentosa (XP) são mutiladas pelo sol, razão pela qual preferi não colocar fotos dessa patologia aqui no blog. As imagens são muito fortes. Mas se alguém estiver interessado em saber mais, basta procurar no Google. 

Quando uma pessoa se expõe ao sol, o seu DNA sofre diversas mutações. É por isso que dizemos que o sol causa câncer de pele. As células sofrem mutação e se reproduzem desordenadamente. Mas nós temos enzimas que ajudam a reparar o nosso DNA, e para termos câncer de pele, essa exposição precisa acontecer repetidamente, durante anos. Raramente vemos um câncer de pele na infância.

As pessoas com XP possuem um defeito genético e não conseguem reparar o DNA. Consequentemente, estes pacientes apresentam múltiplos cânceres de pele, agressivos, deformantes, desde a mais tenra idade.  Costumam apresentar cegueira precoce. A secura da pele causa imensos transtornos na regulação química do nosso corpo. São pessoas que não podem sair ao sol de maneira nenhuma. Usam roupas de astronauta. Uma vez eu vi um filme, e o paciente precisava ser enrolado em um tapete antes de sair de casa.

É uma doença rara, acomete 1 ou 2 pessoas, a cada 100.000 nascimentos.
Ainda não tem cura, mas com o avanço da ciência, quem pode prever? O tratamento é o diagnóstico precoce, afim de tentarmos evitar todo e qualquer contato com o sol, e consequentemente, o desenvolvimento de tumores cutâneos.

6 comentários:

Nutri Bobagens disse...

Curiosa que sou joguei no google e as imagens são realmente chocantes. Principalmente porque as primeiras e a grande maioria que abriu pra mim foi foto de criança.

Bom final de semana Dr. Princesa!

Quando tiver um tempinho me faça uma visitinha.
www.nutribobagens.blogspot.com


BjoS

Anônimo disse...

Acho que esta era a doença dos filhos da Nicole Kidman, no filme Os Outros, pois eles não podiam ter contato com o sol.

Laly disse...

Olá!!!

Sempre leios seus posts mas quase nunca comento, sou a "leitura oculta" rs, como fiz até um posto sobre isso! rs

Procurei no google as imagens e também fiquei chocada pois a maioria das fotos são em crianças! que difícil!

Obrigada por compartilhar!

Bjs

Debora Gama disse...

Eu acho importantíssimo abordar assuntos como esse, isso é pra quem acha Dermatologia médico de "gente fútil"...pelo menos é isso q ouço qdo vou às minhas consultas...
Adorei o post, me fez lembrar das aulas de Propedêutica Estomatológica na faculdade, que eu achava sempre mto interessantes...
Isso é utilidade pública, divulguemos sempre!!

Anônimo disse...

Prezados.
Bela iniciativa, uma rara matéria sobre o XP, do qual sou portador. Realmente é chocante ainda por envolver crianças, mas se chegam à idade adulta só fica pior...a doença e a falta de tratamento...
Pois no Brasil pelas estatísticas devem ser 800 casos, rara literatura médica,sem legislação, sem um protocolo de tratamento pelo SUS, sem medicamentos, sem conhecimento por muitos profissionais médicos (Quem vai estudar para tratar de 800 casos raros?)
E os danos causados pela radiação solar e outras fontes são cumulativos...

Anônimo disse...

Existe um produto desenvolvido pelos físicos. São Florais Quânticos. Entrar em contato com WWW.FISIOQUANTIC.COM.BR

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???