quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Esportes e Cirurgia Plástica

 Sempre procurei estimular em meus pacientes a prática esportiva, e não estou falando de ir para a academia, que vamos combinar é bem chatinho, mas estou falando de realmente praticar um esporte.

Muitas pessoas que me procuram para opera,r estão com a auto-estima lá no dedão do pé, e realmente a cirurgia plástica pode dar uma mãozinha mas depois...como é que fica?

Recentemente operei uma paciente de lipoaspiração. Excelente indicação, mas conversando com ela e o marido percebi que os hábitos nutricionais e de atividade física do casal não eram nada saudáveis. Gastei um bom tempo explicando que não adiantava nada operar se uma nova rotina de alimentação e exercícios não fosse instituída. Para o casal.

Não adianta um querer e o outro na primeira compra de mês, encher o  carrinho com biscoito recheado e chocolates não é mesmo? Acho que eles entenderam o recado, pois os reencontrei 1 ano depois e quanta diferença! A minha paciente mantendo o resultado e o marido com 15 Kg a menos. Mudaram radicalmente a dieta da casa e estão jogando tênis 2 X por semana. Fantástico!!

Organizar a agenda de fato é uma arte, mas se colocamos a atividade física como prioridade, certamente vamos encontrar tempo. Eu fiz isso. Pratico judô 1X por semana, terça-feira de 19 às 21h.
Terça, eu não faço consultório. Opero de manhã e à tarde ajudo os residentes.
 Levo meu kimono para o hospital. Quando termina a cirurgia da tarde vou direto para o treino. Eles até brincam comigo:
-"Dr.Luiz vou operar rapidinho porque eu sei que o sr. tem judô hoje" rsrsrs
E quando dá dou uma corridinha de 30min. na praia de Icaraí

Além disso, o esporte nos dá lições preciosas de coragem.
A Lara (minha filha) pratica hipismo desde os 4 anos. Agora ela está com 6, e saltando 40 cm. Já caiu do cavalo, se ralou toda, mas voltou a montar. Uma vez, o professor sugeriu um exercício que consistia em subir um barranco com o cavalo e descer, ela devia ter feito 5 anos feitos recentemente, e não tinha muito controle sobre o cavalo. 
O barranco, para piorar, era cercado de vegeteção, o que fazia o animal querer comer todo aquele capim em volta. Claro que ela ficou toda enrolada, e o professor gritando, incentivando, até que lá pelas tantas, com algumas lágrimas nos olhos, ela conseguiu fazer o exercício. Quando ela se acalmou, o professor chegou perto e falou:
-"Viu, Lara, como você consegue? Sempre que você tiver alguma dificuldade na vida, na escola e etc, lembre-se desse dia em que você venceu o barranco".

Ok. Passaram-se uns 2 meses, e ela teve aquelas febres inexplicáveis de criança em uma segunda-feira e não foi à aula. No dia seguinte ela melhorou, mas ainda estava com 37, febril, mas não queria faltar a aula de novo. Eu falei:
-"Filha se você não estiver se sentindo bem, não precisar ir para a escola."
Sabem o que ela me respondeu?
-"Papai eu subi e desci o barranco, essa febre não é nada".

Agora me digam com muita sinceridade. O que mais pode ensinar uma criança de 5 anos a ter atitudes como essa, além do esporte?

A cirurgia plástica opera milagres, sem dúvida, mas manter os milagres é responsabilidade de cada um. Iniciar uma prática esportiva "depois de velho" pode parecer inviável, e certamente vai ser difícil, vão haver alguns "barrancos", mas os resultados são muito compensadores.
Mario Andretti, um dos maiores pilotos de todos os tempos, uma vez falou:
"O desejo é a chave para a motivação, mas é a determinação e compromisso de uma busca incessante de seu objetivo, um comprometimento com a excelência, que lhe permitirá alcançar o sucesso que você procura"
No esporte e na vida.

Um grande abraço

Luiz Felipe

20 comentários:

Anônimo disse...

Que bela mensagem!

Anônimo disse...

Nossa! Parece que você escreveu isso para mim!
Muito obrigada!
Abçs,
Vera
Ps: Escrevam mais! Estou sentindo falta dos posts.

Anônimo disse...

Adorei!!!! Érika Lima

Anônimo disse...

Doutora Luciana, gostaria de saber o endereço e o telefone do seu consultório de Ipanema. Tenho mandado e-mails para o e-mail de contato mas ainda não obtive resposta. Obrigada, Renata

Anônimo disse...

Dr. Luiz que sábias palavras, gostei do modo como demonstrou que tudo é questão de vontade e equilíbrio. Parabéns o blog é muito bacana!

Patricia disse...

Olá! Eu detesto academia e estava pensando em fazer ballet com atividade física. Vc acha que é um bom exercício? Eu tenho 27 anos.
Obrigada!

Luciana Leal & Luiz Felipe disse...

Oi Patrícia
Excelente exercício. Tonifica as pernas, melhora a postura e ainda é feito ao som das mais belas peças de música clássica. O interessante do esporte é que você acaba indo também para a academia, mas com um objetivo específico. No meu caso, procuro trabalhar o grupamento muscular que eu uso no judô para melhorar minha performance no esporte. Passa a ter um sentido aquele "sofrimento" todo.
Fico aguardando o convite da sua apresentação!
Abraços
Luiz Felipe

Anônimo disse...

Dra Lu,

Desculpe o incomodo, mas adoro seu blog e estou com uma dúvida cruel.

No começo do ano passado minha dermato me indicou o remédio aldactone (espironolactona) 100mg para queda de cabelo.

Não me lembro muito se deu certo, mas como meu cabelo está caindo horrores agora, resolvi comprar novamente.

Como não me lembro a dosagem, você poderia me recomendar a dosagem diária? e que horas tomar?

Agradeço imensamente.

Abs, Sue.

Anônimo disse...

Oi Luciana, muito ótimo post!
Vc conhece a Dani Tâmega?
http://www.danitamegafitblog.com/

Ela super inspiração! vale a pena dar uma olhada beijos

Anônimo disse...

Inspirador!
Sempre quando visito o blog e leio esses textos me sinto renovada e cada vez mais encantada com a medicina. Esse especialmente foi uma lição e um estimulo...minha vontade de cursar medicina só aumenta!

Anônimo disse...

EXCELENTE! INSPIRADOR!
Meu domingo será MUITO melhor com certeza após este post.
Parabéns!
Carla

Anônimo disse...

É o exercício mudou minha vida! :)

Kelly disse...

Concordo plenamente! Cirurgia só em últimos casos, a gente deve correr atrás sim, malhar, fazer esporte e ser feliz! Nada como uma corrida logo pela manhã para despertar e tocar o dia com disposição, e o melhor: se sentindo sequinha, barriga zerada, etc... Cirurgia fica para o que um exercício não é capaz de fazer!
Viva o Esporte! Vida a Saúde!

www.amenidadesdekelly.blogspot.com

Anônimo disse...

Dr. Princesa, porque não está mais postando...
Sinto tanto a falta dos seus posts.

Você podia fazer um post sobre Foliculite e como evitar e tratar.

Bjos!
Sandra

Paula disse...

Que legal! Tenho 23 anos, pratico hipismo desde os 5 e posso afirmar que esse esporte salvou minha vida. Meus melhores amigos fiz la, quando passava pela conturbada adolescencia e pensava em desistir de tudo, lembrava de como eu amo o esporte e como os cavalos me ensinaram que nada, nada vem sem muito esforco... Enfim, espero que a Lara aprenda muito com esses animais maravilhosos! Toda a sorte do mundo pra essa pequena amazona.
Paula F.

Luciana Leal & Luiz Felipe disse...

Paula:
Que legal ouvir isso! O judõ também "salvou" minha vida pelos mesmos motivos que você expôs. Na vida profissional quando estou me preparando para operar um caso difícil, ou mesmo nas intermináveis provas que a medicina exige, me concentro como se estivesse indo para uma competição. Foi isso que o esporte me ensinou.
Abraços
Luiz Felipe

Anônimo disse...

Dr. Luiz, você tem alma de poeta! Adoro seus posts. Abraço

Anônimo disse...

Estou realmente impressionada com seus textos, Dr Luiz. Conteúdo rico, edificante e extremamente informativo. Forma irrepreensível, clara, fluida, de leitura agradabilíssima.E olha que os textos são grandes! continue sempre assim
Abçs, Alice.

Anônimo disse...

Adorei! Esporte é uma opção de vida, uma vida saudável!

Juliana Chicrala disse...

Adorei a mensagem Dr Luiz. Praticar esportes promove uma vida melhor...saudável...feliz!

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???