sábado, 15 de dezembro de 2012

Passando a limpo... A Lipo!


Pessoal,
Este talvez seja o tema mais controverso em cirurgia plástica. Muito devido aos mais diversos tipos de máquinas que prometem resultados melhores, mais seguros, rápidos e indolores, mas... será que é isso mesmo?

A Lipoaspiração já nasceu com a comunidade científica torcendo-lhe o nariz, e foi na França, na década de 70, que o Prof.Yves Gerard Illouz desenvolveu a técnica e operou os primeiros pacientes.

A lipo foi apresentada aos brasileiros no XXVII Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica em 1980 em Fortaleza, e recebeu muitas críticas na época, sendo inclusive tachada de "prática criminosa".

Porém, os resultados eram notórios e a comunidade científica aos poucos foi aceitando mais a nova modalidade terapêutica, e em 1982, no Hospital dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro, o próprio Prof.Illouz operou uma paciente na frente de uma platéia atônita. 
Na época usava-se cânulas muito grossas, algo em torno de 5cm, hoje usamos de 3mm a 4mm, mas no resto a técnica não mudou muito.

Aí veio a mídia, os "cirurgiões artistas" querendo aparecer, a indústria (milionária) de máquinas hospitalares e começou uma verdadeira bagunça.

Bom, primeiro vou falar da técnica tradicional, preconizada por Illouz lá nos anos 80.
A cirurgia de lipoaspiração não é uma cirurgia para perda de peso, nunca foi. Ela corrige anomalias de contorno corporal conhecidas por "gordura localizada", ou seja ela é muito bem indicada para aquela pessoa que perdeu peso, não consegue perder mais, e ainda apresenta alguns depósitos de gordura.

Outro engano que as pessoas cometem é achar que a lipoaspiração trata flacidez. Se a/o paciente apresentar um grau de flacidez importante, a lipo não está indicada.
Na verdade, qualquer área do corpo que tenha gordura pode ser aspirada, já vi meu professor Dr.Ronaldo Pontes aspirar a nuca de um paciente! Mas ele pode...

A anestesia na lipoaspiração deve ser bem criteriosa. Se vamos aspirar várias áreas do corpo com mudança de decúbito e etc, a geral é, sem dúvida a mais indicada. Não só pela segurança do paciente estar "na mão" do anestesista, como pelo conforto e relaxamento que promove.
Claro, se vamos aspirar pequenas áreas, como joelhos, pescoço, entre-coxas (separadamente, lógico), podemos fazer a cirurgia com anestesia local e sedação.
Para a região abdominal e toda a parte inferior do corpo, desde que não haja mudança de decúbito, a peridural pode ser usada também, mas na minha prática clínica, raramente uso.

O pós-operatório é dolorido sim. Não tem jeito. Mas vou explicar o porquê disso.
É o seguinte: Quando vamos aspirar, devemos fazê-lo na camada mais profunda da gordura, aquela que se comunica diretamente com os músculos, de modo que mantendo a camada mais superficial evitamos irregularidades de contorno e nódulos, além de evitar necroses de pele, mesmo assim algumas irregularidades podem ocorrer e deverão ser tratadas na fisioterapia no pós-operatório.
O problema é que, como atuamos na gordura profunda, sempre "machucamos" o músculo com a cânula e a dor que as pacientes sentem depois, é justamente dessa injúria à musculatura.

Claro que fazemos um esquema de analgesia bom para dar conforto (analgésicos, anti-inflamatórios e relaxantes musculares), mas uns 2 ou 3 dias de dores não tem jeito...

O uso de cintas compressivas por 30 dias e drenagem linfática logo no terceiro dia também fazem parte do pós-operatório.
A boa notícia é que, dependendo da sua atividade, em 5 dias pode-se retornar ao trabalho. Eu fiz lipo numa quinta-feira e segunda-feira estava no hospital trabalhando (morrendo de dor, mas tava - vocês tem que me dar um desconto porque sou homem, logo, um pouco mais frouxo para dor).

Os roxos também são frequentes e aí é uma questão muito pessoal. Tem gente que fica muito, tem gente que fica pouco. O fato é que enquanto houver equimose (roxo), não confundir com hematoma, a exposição solar deve ser evitada, sob pena desse roxo pigmentar e aí é MUITO difícil sair.

Bom essa é a boa e velha lipoaspiração tradicional que se bem indicada, exames pré-operatórios ok, médico preparado, ambiente hospitar, provavelmente será muito bem sucedida, só que...

Alguém falou que lipo era fácil, que não precisava ser feita em hospital, muito menos com anestesia geral, título de especialista em cirurgia plástica? Para quê? Dá para fazer no consultório... E aí nós vemos toda semana a triste notícia da morte de um paciente. 

Em todos os casos de insucesso, algum elo daquela corrente que eu expus lá em cima foi quebrado. Ou a cirurgia não era bem indicada, ou os exames pré-operatórios não foram bem interpretados ou nem pedidos, ou o médico não era cirurgião plástico, ou a cirurgia foi realizada num consultório, é sempre assim, e no fim sabem porque as pacientes escolhem esses "médicos"?
Pelo preço.

E as máquinas? O laser, o ultra-som? A "vibrolipo"? Pois é eles existem.
Já usei todos e cada um tem sua função.
O laser tenho usado muito com os residentes. Sua função é a de promover uma retração melhor da pele diminuindo um pouco a flacidez. Na verdade ele não muda a indicação da cirurgia, ou seja, se a paciente é muito flácida, não vai ser o laser que vai resolver o problema, mas ajuda um pouco. Esbarra no preço. Custa R$2000 por 2h de uso. Sinceramente, acho que não vale à pena...
O ultra-som serve para "derreter" a gordura antes desta ser aspirada, já usei também e não vi muita diferença, e ainda tem o agravante do aparelho poder queimar a pele do paciente, portanto, está fora.
O vibrolipo é divertido. É um aparelho que ligado à cânula promove uma vibração que ajuda na aspiração. Esse ajuda mesmo, mas é muito pesado. Em 1h de cirurgia eu já estava com cãibra nos braços.. .mas funciona mesmo.

Ainda tem a tal da hidrolipo, lipo de "Beverly Hills", entre outras que sinceramente prefiro nem comentar. Essas denominações são formas anti-éticas de seduzir o paciente com algumas "compensações" que a princípio podem parecer vantajosas (sem internação! sem anestesia geral! vai embora no mesmo dia!), mas que na verdade são um risco para a vida da pessoa. É um problema de saúde pública.

A lipoaspiração deve ser encarada como uma cirurgia de grande porte e conduzida com toda a seriedade que ela merece. Devemos agradecer muito ao Prof.Illouz por ter tido a coragem de seguir em frente coma a técnica. Hoje, ele é reverenciado e considerado o verdadeiro pai da lipoaspiração.

Lembro de um momento emocionante na Jornada Carioca de Cirurgia Plástica de 2009, quando o Prof.Illouz foi um dos homenageados do congresso.
Ele foi chamado ao púlpito pelo Dr.Luiz Haroldo Pereira, que era residente do Hospital dos Servidores na época que a cirurgia foi feita em 82, além disso, a própria paciente foi dar um abraço no professor. Foi muito legal.

Um grande abraço!

18 comentários:

Doçura de conversa disse...

Vim te convidar pro SORTEIO feliz ano novo...vem pra cá se inscrever.
BJs ,Trícia.
http://delicinh.blogspot.com.br/

Jackeline disse...

Esclarecedor!!
Tive minha 2ª filha há um ano e queria fazer uma abdominoplastia e uma lipo. Consultei um cirurgião que foi bem indicado. Ele não recomendou e ponderou vários aspectos, entre eles a cicatriz a abdominoplastia e a flacidez abdominal apos a lipo. Fiquei chateada, porque achava que uma lipo era uma coisa à toa, mas achei sensato e ético da parte dele.
Enfim, seus comentário arremataram a fala do cirurgião.
Que bom que aceitou o convite da Luciana! É sempre bom ter informações assim. Queria morar por aí para fazer uma consulta com vc.

Neide Ribeiro disse...

Exelente post.É sempre bom saber quando se quer fazer alguma transformação no corpo.Importantes dicas.
bjs!

Lidiane disse...

Parabéns pelos seus textos: informativos, simples e direto.

Anônimo disse...

Dr. perdi muito peso (em torno de 40kg) e vou fazer o nariz ano que vem combinado com uma lipo de papada, mas para uma cirurgia corporal ainda não tenho confiança suficiente para fazer, o medo toma conta mesmo, você opera só no Rio? Em qual hospital?
Sou de São Paulo e até viajo se for necessário para operar com um médico esclarecido como você.
Obrigada por aceitar o convite de participar, tem sido muito útil!

Aline Roseno

Luciana Leal & Luiz Felipe disse...

Aline
Eu só opero no Rio, Niterói para ser mais exato no Hospital Niterói D´or. Me mande um e-mail para luizfelipe_chichierchio@yahoo.com.br que eu te dou mais detalhes.
Abraços

Marcela Pontes disse...

Que legal vc esclarecer esse assunto!!
Eu não tenho coragem de fazer lipo, depois que minha mãe apagou (apagou mesmo!!!) no pós operatório de uma lipo, nos meus braços.
Graças a Deus, foi socorrida a tempo e está bem.
Bjksss

Luciana Leal & Luiz Felipe disse...

Marcela
É muito comum a pressão da paciente abaixar no pós-operatório e dar esses sintomas (desmaios, náuseas,e etc). A perda de sangue na lipo não é despresível daí a importância da paciente dormir uma noite no hospital, com soro para ficar mais "forte" e não acontecer esses sustos...Isso chama-se hipotensão postural.
Abraços

Anônimo disse...

ADOREI O POST!!!
E doutores, já que falamos em gordura
(bate 3x na madeira), exixte algum creme redutor que realmente funcione ou é tudo papo???

Luciana Leal & Luiz Felipe disse...

Anônimo
Só existe duas formas de reduzir gordura:
1 - Queimando com exercícios ou restrição dietética. É bom lembrar que gordura é depósito de energia, por isso que quando malhamos "diminuímos" a gordura, pois não fazemos nada além de usá-la.
2 - Aspirando cirurgicamente.
O que esses cremes fazem é promover uma desidratação (quando você passa fica quentinho, começa a suar e a pessoa diz "caramba estou queimando gordura!", mas não está. Está PERDENDO água). E essa desidratação pode dar uma alteração transitória de medidas, mas não por queima de gordura, deu para entender?
Se isso funcionasse ninguém mais faria lipo, concorda? Eu mesmo ia tomar banho desses cremes!
Grande abraço

Anônimo disse...

Aaahhh, tá!! Então esses cremes so desidratam e nao reduzem gorduras...E eu usando um creminho caro desses ai...Obrigada pela informação!!

Ana Paula disse...

Dr, tenho duas perguntas e se você puder me ajudar ficarei grata.
1) Pra quem tem culote o melhor método cirúrgico é mesmo a lipo? Já tentei academia e dietas, mas nunca adiantou. Obs.: sou magra.
2)Após a lipo ficam marcas, cicatrizes ou alguma coisa do tipo que denunciam a lipo?
3)A lipo no joelho deixa cicatrizes ou marcas?

Obrigada e adoro seu espaço aqui no blog.

Victor Tozarin disse...

Oii! Gostei do blog, já me inscrevi ;)
Passa no meu blog para saber de dicas para ter uma pele saudavel!
http://santa-pele.blogspot.com.br/
oBRIGADO! ;)

Luciana Leal & Luiz Felipe disse...

Ana Paula
Culote realmente só com lipo.
Marcas e cicatrizes sempre ficam, afinal de contas a cânula precisa entrar por algum lugar, e esse algum lugar será suturado depois, mas procuramos colocar essas incisões em locais escondidos. Nem de biquini dá para ver.
Abraços

andrea melo disse...

estou pensando em fazer uma lipo,e ja q o assunto é esse, sera q alguem pode me dar uma noção de preço?
adorei os posts.
abraços

andrea melo disse...

estou pensando em fazer um lipo,e ja q o assunto é esse, será q alguem pode me dar uma noção do preço, ja q nenhuma clinica faz isso antes de vc pagar pelo menos 150,00 pela consulta?
Abraços

Cleide Cristina disse...

boa tarde
eu estou a cima do peso e possuo mta flacidez na barriga,tem como tirar so essa flacidez sem fazer limpo?

Cleide Cristina disse...

boa tarde
estou a cima do peso,mais não quero fazer limpo quero perder malhando e boa alimentação...tem como tirar o execesso de flacidez sem retirar a gordura do local?
pois possuo mta flacidez na barriga.
gostaria de retirar sem retirar a gordura

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???