segunda-feira, 8 de outubro de 2012

A semana passada...

Ola, amigos e amigas!
Na semana passada, eu estava pensando em escrever só sobre cicatrização, lembram?
Pois é, mas ocorreu um imprevisto. Gabriel ficou com otite, provavelmente por culpa minha, porque eu deixei ele se refrescar em um chuveiro do condomínio, num dia de muito, mas muito calor. Olha a foto do chuveiro maligno! Só pode ter sido ele que jogou água dentro do ouvidinho do nosso anjo!


Eu achava que era legal não ser uma mãe encucada com vento, sujeira, água no ouvido, etc... Mas agora aprendi porque muitas mães (que eu criticava) são assim, e vou tentar melhorar. O fato é que o Gabriel tem estado doente muitas vezes (gripe, estomatite, otite, etc) para eu ignorar esta evidência. 
É uma pena, porque eu acho que a criança precisa curtir a sua infãncia. Pisar descalço na grama, ralar o joelho, comer formiga, manchar a roupa... Acho que vou mudar um pouco os meus conceitos (um pouco, não muito). 


Gabriel passou a semana toda tomando antibiótico (ainda temos mais cinco dias pela frente), e agoora estamos administrando uma diarréia e uma mega-assadura, causadas por esse medicamento. sendo assim, acho que só conseguirei me sentar para escrever, na próxima quarta.
Vocês me perdoam? (pela minha ausência?)
E eu, me perdoo? (pela minha ausência, e por deixar o chuveiro malvado deixar o Gabriel doente?)
Ah, a culpa materna... desprazer em conhecer...


31 comentários:

♥ Đ€ββΫ ♥ disse...

Muito lindo o Gabriel, eu como mãe de dois sei o q ser encucada, mas também eu tive um e nove meses depois estava grávida da outra! Mas Deus tem me capacitado e me ajudado nessa tarefa.
Uma boa recuperação para o Gabriel, e que Deus lhe muita saúde, bjinhos...

♥ Đ€ββΫ ♥ disse...

Ah, quando quiser me fazer uma visitinha fica à vontade:
http://debby-beleza.blogspot.com.br/

TATIANE disse...

Tadinho meu filho de 1 ano e 7 meses tem passado pelas mesmas coisas.

TATIANE disse...

Tadinho meu filho de 1 ano e 7 meses tem passado pelas mesmas coisas.

Stella Sá disse...

Lu, sou sua leitora a anos e é a primeira vez que comento. Não pude me conter ao ver vc sofrendo com a terrível culpa materna. Seguinte: tenho dois filhos. Com o primeiro, era mamãe de primeira viagem, tomei todos os cuidados que devia tomar e até os que não devia. Era super superprotetora. Não deixava meu bebê tomar um ventinho que fosse. Resultado, vira e mexe ficava doente, otite, estomatite, essa doenças de criança ele teve todas. No meu segundo filho, já escolada, resolvi pegar leve e deixá-lo ter uma infância mais normal. Resultado: ficou doente do mesmo jeito. Não adiante, são doenças que fazem parte da infância, conforme eles vão crescendo essas idas ao pronto socorro infantil vão diminuindo. Hoje meus filhos tem 8 e 10 anos e quase nem me lembro mais dessa fase de tantos remédios e cuidados. Relaxa, querida. Bjs

Anônimo disse...

Lu,

Minha filha está com 3 anos agora. Ela já ficou muitas vezes doentinha. Agora com essa idades as coisas melhoraram. Eu sou uma mãe meio neurótica. Sou fisioterapeuta então, não posso ouvir aquele "ronquinho" que já encano... e o pior, atendo bebês, aspiro, etc, mas com a minha filha o que fala é o coração. O Gabriel está a coisa mais linda desse mundo! Um grande beijo,

Tati

Alice Mara disse...

Bom, me senti na obrigação de parar um minutinho para comentar. Não sou dada a blogs, nem tampouco acompanho algum. Por acaso, encontrei um post sobre ácido retinoico e a curiosidade me levou a ler o restante dos seus posts. Confesso que me rendi, estou encantada (a ponto de colocar-te nos meu favoritos). Acho incrível a sutileza com que vc aborda os assuntos - quanto à pele, com a garantia p/ os leitores de ser uma profissional que entende do que fala.
Enfim... uma graça! Sinto muito por seu pequeno (uma fofura), mas já já passa. Todas nós passamos por isso: uma vida aprendendo com eles - e garanto que nunca saberemos o suficiente, rs.
Abraços

Alice Mara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luciana Leal disse...

Olá, mamães!
puxa, obrigada pela força! Vocês são demais!
Estou mais tranquila depois de ler os comentários de vocês...
Eu queria muito ser uma mãe zen, mas não desleixada, entendem?

Beijos a todas!!!!

Anônimo disse...

Tudo isso passa... daqui à pouco serão somente histórias...Beijos!

Anônimo disse...

estimas melhoras a esse lindinho....
as coisas sao assim mesmo...
vai passar e melhorar..eu recordo que tinha uma senhora.minha vizinha...de idade...mas com sabedoria que somente os idosos tem essa visao..tao lucida e tao sabia...dizia que ate os 2 anos e meio...todas as crianças passam por esse processo quase que toda a semana.....e so depois melhora..e vai se tornando mais dificil de pegar...e dito e feito.......
ela era uma senhora bulgara, que nunca cursou escola, refugiada de guerra,mae avo....e sabia de tantas coisas.......eu adorava sentar e conversar com ela..aprendi muito..e muito...................estimas melhoras

Anônimo disse...

estimas melhoras a esse lindinho....
as coisas sao assim mesmo...
vai passar e melhorar..eu recordo que tinha uma senhora.minha vizinha...de idade...mas com sabedoria que somente os idosos tem essa visao..tao lucida e tao sabia...dizia que ate os 2 anos e meio...todas as crianças passam por esse processo quase que toda a semana.....e so depois melhora..e vai se tornando mais dificil de pegar...e dito e feito.......
ela era uma senhora bulgara, que nunca cursou escola, refugiada de guerra,mae avo....e sabia de tantas coisas.......eu adorava sentar e conversar com ela..aprendi muito..e muito...................estimas melhoras

Vivian disse...

eu bem sei o que vc esta vivendo... meu bb, o Aziz, tbm, vira e mexe esta com alguma coisinha...já me culpei muito... mas ser mãe é assim, eu acho, do céu(ao ve-lo brincar no chuveiro) ao inferno (ve-lo dodói)...se acalme bjs no coração

Flavia disse...

Seu filho é lindo, Deus abençõe, também penso que nem vc quanto as brincadeiras, acho que criança deve ser criança,estou grávida também e já na gestação errando e aprendendo, fui tomar sol e até então não tinha aquela linha na minha barriga que saiu e parou, li no seu blog que aconteceu contigo também.Agora é evitar o sol ao máximo rs.Beijocas

Vivi disse...

Lu, eu adoro teu blog, ja ate te mandei um e- mail, eu moro em Atlanta.
Eu tambem tenho dois filhos e concordo com a Stella Sa, a gente sempre ptotege muito o primeiro e no final todo mundo fica doente. Faca o que o teu coracao manda e pode ter certeza que essa fase passa. Nao se sinta culpada, mesmo que vc proteja ele ao maximo, os virus estao por todos os lugares.
Beijos e boa sorte!

Mari disse...

Lu, eu não sou mãe, mas já tive uma que foi mega protetora e bem liberal ao mesmo tempo.

Essas coisas acontecem! Não vai ser isso que vai lhe impedir de deixar que ele tome outro banho no chuveirão, acontece! Isso podia acontecer no chuveiro da sua casa, numa banheirinha em casa mesmo, numa piscina! Não dá colocar o filho numa bolha.

Lembro que uma vez minha mãe me deixou tomar banho de chuva num dia bem frio, eu caí e bati com a cabeça. Não fiquei gripada, resfriada, com dor de garganta nem nada, eu apenas caí, porque criança cai! Tive um galo na testa, que depois passou. E daí? Pq eu me lembro disso? Porque foi um dos melhores banhos de chuva da minha vida e eu só pude fazer isso porque a minha mãe deixou. Sabe quando eu tomei banho de chuva novamente, por prazer? Aos 17 anos! E com 17 eu me lembrei daquele dia, feliz da vida, e nem me lembrei que bati a cabeça, lembrei agora, quando li seu post, até pq, diante da felicidade que eu estava, aquele galo não era nada.

Lembro que quando eu estava completamente congestionada de secreções pulmonares devido a gripe, as vezes meio febril, mas sem sinais de infecção, ela deixava que eu fosse tomar banho de mar. A água fria curava minha quase febre e a água salgada fazia toda aquela secreção ir embora. Era uma beleza, melhor que repouso total.

Outra vez aconteceu com meu irmão, que nasceu prematuro (como eu, de 7 meses). Ele tinha inúmeros problemas alérgicos, vivia tomando vacinas, tossindo, não podia comer nada por conta das alergias. Naquela época ter um telefone residencial era um luxo no nordeste, então, meu pái, minha mãe e meu irmão (eu não existia ainda), foram em uma telefônica ligar pro médico dele. Minha mãe entrou no cubiculo e escutava meu irmão tossindo de longe. Meu pai para distrai-lo começou a falar de um sorvete de chocolate, meu irmão parou de tossir e arregalou os olhos interessado, meu pai (sem noção ou super pai? julgue vc), comprou um picolé pra ele. Ele não tinha alergia ao leite ou chocolate confirmadas por diagnóstico mas não podia "com o gelado". Meu irmão tomou o picole, minha mãe não conseguiu falar com o médico, saiu do cubiculo e a tosse da criança sumira.

Sou estudante de medicina, não posso fechar os olhos para a clínica da doença, mas abordo essa questão como o psicologico do paciente, que as vezes, o "errado" pode dar certo.

Dra. Vc quer ver seu filho feliz, em momentos como esses? Ou "ter razão"?

Beijos!

Alessandra disse...

Lu: sou sua colega, porém pediatra e posso te garantir que as doenças da infância fazem parte. Inúmeros estudos mostram que quanto mais "protegido" pior é! Menor é a imunidade, maior a ocorrência de episódios alérgicos! Adoecer faz parte do processo! Melhor agora é ter uma infância cheia de boas vivências para ser um adulto cheio de boas memórias! Ninguém lembra de quantas vezes tomou antibiótico, mas lembra bem da chuva que tomou brincando e pulando! Quanto à água no ouvido... Bem... Um banho no chuveiro tem o mesmo efeito e a gente não tem otite toda hora,nè?! Isso porque temos mecanismos de proteção! Cera, curvatura do conduto,etc... Tire a culpa menina! Seu filho merece brincar e comer formiga! :) bjo

Alessandra disse...

Lu: sou sua colega, porém pediatra e posso te garantir que as doenças da infância fazem parte. Inúmeros estudos mostram que quanto mais "protegido" pior é! Menor é a imunidade, maior a ocorrência de episódios alérgicos! Adoecer faz parte do processo! Melhor agora é ter uma infância cheia de boas vivências para ser um adulto cheio de boas memórias! Ninguém lembra de quantas vezes tomou antibiótico, mas lembra bem da chuva que tomou brincando e pulando! Quanto à água no ouvido... Bem... Um banho no chuveiro tem o mesmo efeito e a gente não tem otite toda hora,nè?! Isso porque temos mecanismos de proteção! Cera, curvatura do conduto,etc... Tire a culpa menina! Seu filho merece brincar e comer formiga! :) bjo

Ana Carla Araujo disse...

Princesa
Espero que nosso anjinho melhore logo!
Saudade de vocês :)
Biel é demais.
Bjos

Anônimo disse...

Lu, isto poderia ter acontecido nas brincadeiras do banho no seu banheiro. As crianças são mais frágeis e logo a imunidade estará melhor. Siiim preocupa muito, mas não se culpe, tá? A pediatra de meus filhos recomendava dar leite fermentado - Yakult ou similares - quando administrava um antibiótico, para equilibrar a flora intestinal. Melhoras ao filhote. Bjs, Ângela

Grace disse...

Lu,
Muita luz p vc e seu pequeno.Tenho dois filhos o segundo é temporão e essas doenças são assim mesmo!A gente fica c o coração mt apertado,no final eles crescem e nos dão muita alegria.Adoro seu blog.
Saude paz
Bj
Grace

Anônimo disse...

Sou advogada, mãe de dois meninos, hoje com 25 e 22. Pois é, ainda são meus "meninos" e sempre serão. Todas as crianças passam por isso, não é relaxo de mãe. Deixe o Gabriel tomar uma chuveirada no calor - tem coisa mais gostosa? Se for assim, vc nem vai deixar o bebê aprender a nadar por causa da água no ouvido. E uma criança precisa aprender a nadar, e quanto mais cedo melhor. Seu blog é show! Ah, e minha pele é linda...

Anônimo disse...

Sou advogada, mãe de dois meninos, hoje com 25 e 22. Pois é, ainda são meus "meninos" e sempre serão. Todas as crianças passam por isso, não é relaxo de mãe. Deixe o Gabriel tomar uma chuveirada no calor - tem coisa mais gostosa? Se for assim, vc nem vai deixar o bebê aprender a nadar por causa da água no ouvido. E uma criança precisa aprender a nadar, e quanto mais cedo melhor. Seu blog é show! Ah, minha pele é linda... E também sou Luciana

Wilma Santos disse...

Ah que DÓ!! com todas essas bochechas coradas e dódoi, mas faz parte...eu não sou médica mas adoro dá papite: qdo minha filha teve a primeira febre, foi na primeira saída dela pra dormir fora de casa, e no dia seguinte fui parar no Hospital por uma febre,kkk, mas uma coisa aprendi, quanto menos remédio melhor. Para febre é gelo na toalha úmida e deixar nas axilas, barriga, virilha e testa, nunca gostei de chuveiro gelado, um horror!! e sempre observando nariz, ouvido e garganta, ao primeiro sinal, aqueles remédios do Mundo Verde resolvia, porque antibióticos e anti-inflamatórios parece que quanto mais toma mais precisa tomar, o melhor é evitar, só mesmo em último caso. Um medicamento que ajudava muito era uma enzima natural de legumes e frutas feito pelo Hospital dos Adventistas, melhora muito a imunidade, uma amiga que tinha gêmeos me indicou e foi ótimo. Mas fique tranquila, 99% passamos por isso, daqui a pouco passa!! Tudodebom para o Gabriel!!

Anônimo disse...

Lu, sei que você é médica (e deve conhecer o assunto muito melhor do que eu ou então,nem sei se você acredita) mas, aqui em casa todos nos tratamos com homeopatia. Meus filhos viviam ficando doente, e a homeopatia, além de melhorar a resistência/imunidade deles, melhorou ( e muito) minhas alergias e alguns problemas respiratórios do meu marido... Eu tava ficando agoniada, pq meus pequenos sempre ficavam doentes e eu sempre tinha que recorrer a medicamentos muito fortes. Foi ai que conheci a homeopatia e, pra te falar a verdade, tem dado muito certo viu?

Carol Branco disse...

rs...essa semana nao fui trabalhar pq meu pequeno esta com uma sinusite e uma virose e esta no antibiotico há 3 dias, provavelmente porque fui a praia com ele e deixei ele com calcao molhado na sombra e vento por alguns minutos ate pagar a agua de coco para ir embora...vida de mae...

Luciana Leal disse...

Meninas, vocês são muito fofas, uma das partes mais importantes da minha vida! Muito obrigada pelo apoio!

Anônimo disse...

Luciana,
Estas ocorrências fazem parte do desenvolvimento infantil, para uns mais, para outros menos. Já nasci adoentada, então a heroína da minha mãe zelava mais que flor delicada de estufa. NÃO isto, NÃO aquilo... Meu irmão, um touro de saúde. Um dia o pediatra falou (acho que, encorajou-se) "ela tem que ter vida normal equilibrada, chuva, descalça, chão, vento, correr, bicicleta, brincar com água, pó, cabelos secos normalmente... Respeitado outros fatores, pois não é que, virei um touro, ou melhor uma vaca hiper saudável!
Espero ter sido útil.
Abraços,

Cláudia

Anônimo disse...

Luciana,boa noite! Costumo "freqüentar" seu blog de que gosto muito e sou médica,pediatra atuante e com bastante experiência,por isso me sinto na obrigação de me pronunciar para ajudar acalmar seu coraçãozinho;Consulte seu pediatra e ORL com relação ao uso de protetor de ouvidos quando o Gabriel fôr nadar e pingue 1 gotinha de alcool 70% quando sair da piscina ou ficar muito tempo no chuveiro.É interessante quando do uso de antibióticos que tenham ação no sistema gastrointestinal fazer uso de próbioticos.Os bbs estão sujeitos a infecçōes e a medida que crescem e se desenvolvem estas acontecem com uma freqüência muiiiiiiito menor. Bjs para vc e seu pequeno.Jô

Mariana Fiorin Rio disse...

Vi umas matérias mais abaixo na quais vc informava que seu filho parecia ter orelhas afastadas da cabeça, vi essa reportagem mas não pesquisei se vende por aqui. Lembrei de vc, do Gabriel e do blog na hora!!! rsrsrs

http://invertia.terra.com.br/empreendedor/noticias/0,,OI6237173-EI19559,00-Produto+para+evitar+orelha+de+abano+premia+mae+empreendedora.html


Espero ser uma boa invenção para que possa ajudar muitas pessoas

fabiana disse...

Luciana adoro seu blog ... sempre visito qdo posso, tem posts muito úteis, não sei pq mas tenho total confiança ao q vc indica... inclusive estou resolvendo fazer a criolipolise e fiquei sabendo dela por aqui, entao se vc puder me passar o nome da maquina usada na criolipolise eu agradeço pois fico com receio de estar sendo "enganada" me disseram q tem dois tipos o mesmo metodo mas uma é mais potente. Ah e aproveitando... ja q vc é mae desse menininho fofo... poderia me dar uma sugestao de presente para meu afilhado q vai fazer um aninho??? quero agradar mas como nao sou mae estou com medo de errar. bjs e sucesso!!!!

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???