terça-feira, 24 de julho de 2012

Cada paciente é um universo!


Outro dia, tive insônia, e fiquei pensando na diversidade de pessoas que conheci graças à minha profissão (e atualmente, ao blog). E posso garantir, que a melhor parte da medicina é poder lidar diariamente com material humano. Ou seja, gente, como eu e você.
E as pessoas... bem, as pessoas são incríveis! Cada uma encerra um universo em si mesmas. Cada uma nos ensina uma coisa diferente (boa ou ruim, ou porque não dizer, ambas). Cada uma vem com a sua bagagem pessoal, emocional, familiar. Cada uma deixa a sua marca, mesmo que eventualmente seja uma marca de unha encravada na nossa jugular, e mais raramente uma marca de chupão provocada pelo galã da novela das oito.

E sim, eu tive a minha cota de galã da novela das oito como paciente (pra ser sincera, galã de verdade, só tive um, mas sem chupão). Tive atores, empregadas domésticas, professoras, tarólogas, dentistas, embaixadores (novamente, embaixador foi só um), tive gente possuída pelo demo (na emergência do Getúlio Vargas, pensa que é mole? E sim, eu tentei exorcizar com "soro bento"...), gente que conversava com árvores e não era maluca, e tive gente que não era maluca, mas que mesmo assim foi internada num hospício pelo marido safado, que queria se apoderar do dinheiro da coitada, alegando insanidade temporária. Pensa que só você tem problemas?

Problema teve uma paciente casada há 25 anos, que foi atender a porta num domingo qualquer, e encontrou de brinde uma criança de 5 anos, cujo pai era o feliz cônjuge da criatura. E atualmente, como o digníssimo encontra-se devidamente desempregado, ela é quem arca com a educação e as despesas da criança, que, afinal, "não tem culpa de nada".

Problema tem uma paciente minha, que só pode comer chocolates escondida do marido, e da empregada - que foi babá do marido - porque ele mantém uma balança dentro do quarto, e só dá dinheiro para ela, se o peso não se alterar durante o mês.

Tive pacientes que me deram muitas alegrias, e que sabem mais da minha vida do que muito parente. Gente que treinou passos de ballet no meu consultório (comigo) antes de fazer a temível prova do teatro municipal.
Gente que entrou pela primeira vez na nossa clínica usando fraldas e hoje em dia usa terno e sabe-se lá mais o quê.

Tive pacientes que deram presentes muito caros (jóias que o ladrão levou, viagens, passeios, entradas para camarotes e lugares exclusivos, roupas caras...), outros me deram presentes muito queridos (jujuba, bolo de chocolate, mimos para o Gabriel, bonecas feitas com a minha cara, desenhos, cartões), presentes super originais (o mais criativo de todos foi um passarinho, que a paciente levou escondida para o hospital, nem sei como ela conseguiu entrar com um animal lá dentro). E tive alguns que me deram um pouco de dor-de-cabeça e alguma azia, mas esses foram poucos, ainda bem.

Tive pacientes que deram trabalho, mas um trabalho bom. Como a adolescente com a perna toda cheia de foliculite que sempre ganhava de mim mousse de chocolate e revistinha da Turma da Mônica, quando ia fazer comigo suas sessões de laser. Ou a paciente que estava internada no CTI, com a perna cheia de úlceras, e eu carregava meu botijão de gás, ultrapesado, só para aliviar a dor dela fazendo carboxiterapia.

Tive pacientes que me ajudaram em épocas em que precisei de um amigo. E tive pacientes que me me confiaram suas cinzas depois de morrer (a quem interessar possa, se você quiser que seu médico jogue as suas cinzas no Arpoador, ou em qualquer outro lugar, é preciso registrar esse desejo em cartório).

É muito difícil ficar rico com medicina nos dias de hoje, se você pensar na riqueza material, na sua aposentadoria, e nos carros que gostaria de dirigir. Mas nós médicos recebemos uma bagagem social intensa, e experiências quase tão compensadoras quanto uma viagem para Paris (eu falei quase, pois não sou nenhuma hipócrita). Nossa herança são as pessoas que temos a sorte de conhecer, as histórias que vivemos juntos. As memórias.

AS PESSOAS SÃO A NOSSA MAIOR RIQUEZA!

46 comentários:

Cassia disse...

Sempre leio seu blog, acho que nunca comentei, mas hoje eu preciso dizer que este post foi o melhor bom dia que uma pessoa pode receber. Parabéns!!!!

Cassia disse...

Sempre leio seu blog, acho que nunca comentei, mas hoje eu preciso dizer que este post foi o melhor bom dia que uma pessoa pode receber. Parabéns!!!!

Ana disse...

Que lindo doutora princesa.
É um presente para nós vc e seu blog.
Vc é iluminada!!!!

Pollyanna disse...

Bom dia! A Cassia disse tudo! O melhor bom dia que um pessoa pode receber! Fique com Deus!

Karem Roman disse...

Lu, que texto tocante, sensível e lindo.
Vc é realmente uma pessoa iluminada.
Bjs

Selma - Frescurinhas e Afins disse...

Primeira vez que comento, não poderia deixar de fazê-lo, excelente post ! Queria muito ser sua paciente, nunca encontrei uma dermato que olhasse no meu rosto enquanto eu falava !
Bjs

Anônimo disse...

Lu, gostaria que vc falasse sobre o tratamento de olheiras com o preenchimentos de ácido hialurônico. Minha médica me indicou, mas estou com receio. Bjos

Anônimo disse...

Lindo lindo lindo!
Amei o post, muito sincero e é muito perceptível o amor que tem na sua profissão.
Bjos
Tuany

Jordana Bento disse...

Adorei seu desabafo...parabéns sou fisioterapeuta e trabalho com dermato funcional, me identifiquei muito com sua historia.
Beijos

Anônimo disse...

Que lindo ! É muito prazeroso ver uma pessoa que trabalha com amor, que Deus ilumine seu caminhar e você possa fazer muuuuuuuuuuitos pacientes amigos, bjs

Patrícia

Cleo Veloso disse...

Que texto lindo! Adorei! Você deve ter uma relação maravilhosa com os seus pacientes e só não vou sentir inveja porque a minha dermato também é uma mulher maravilha :-)

Cleo Veloso disse...

Que texto lindo! Adorei! Você deve ter uma relação maravilhosa com os seus pacientes e só não vou sentir inveja porque a minha dermato também é uma mulher maravilha :-)

Vanessa disse...

Lu, leio seu blog há muito tempo, vc sabe, qse não tenho comentado aqui, mas estou sempre lendo !!!! Amei suas palavras, vc é mais que especial !!!!

Unknown disse...

Luciana,
Felizes são aqueles que podem ter você como Doutora!!! Sou mais uma de suas fãs! :)
Não tem nenhum amigo dermato aqui em Brasília para indicar?
Um beijo,
Monica

elly disse...

"Afogue a tristeza nas ondas da alegria;
enxugue as lágrimas no manto do sol
e faça brilhar um sorriso nos lábios"

ótima tarde!!!
super beijo♥
www.coisasdeladdy.com

fanny lee disse...

Lindo, lindo, lindo ! Comento pouco, mas venho aqui todos os dias e hoje com certeza foi um post pra lá de especial !
Obrigada por dividir um pedacinho de sua vida !
Beijos Dra Princesa ;)

Graziela disse...

Lu já te escrevi algumas vezes sou psiquiatra e vou te dizer que se eu não precisasse de grana para viver acho que não cobraria dos pacientes, pelo menos de grande parte deles, dos chatinhos seguiria cobrando, pq e uma honra ser escolhida por alguém para escutar suas historias! Nossa profissão tem momentos muito pesados e dolorosos, mas tbem muito prazeirosos! Bjo

Essência Feminina disse...

Incrível este texto!!

Adoraria que pelo menos uma das dermatologistas que eu conheci fosse 1/10 do que você é.

Confesso que quando conheci seu blog 9e passei horas lendo seus posts) estranhei esta história de ser princesa. Agora entendo, você é uma legítima.

Super beijo!!

Ludmila Pinheiro Fontes disse...

Lindo o post! Que Deus continua abençoando sua vida e suas palavras!

Anônimo disse...

Te admiro muito.

Vanessa P. disse...

Lu, é um privilégio ter vc como minha médica. Obrigada por existir.

Bjs,

Vanessa P.

Telassim Tábata disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Livia disse...

Impressionante o seu amor pelo que faz, raríssimos são os profissionais de saúde que encaram o trabalho pelos olhos do paciente, vc faz isso..parabéns!

Brechique da Dodoca disse...

Luciana, minha querida!
Vc acabou de levar-me às lágrimas (e olha que sou econômica com choro! Não que eu queira, Freud talvez explique, rsssss)!
Menina, se antes eu já gostava de vc e a admirava pra caramba, agora, nem sei como definir o sentimento que sinto!
Mistura de tudo, mas principalmente gratidão! Grata sou por conhecê-la, ainda que virtualmente; grata sou por cada paciente tratado por vc que, com certeza, a ama de verdade (me vi em cada um deles e vi os médicos da minha vida, que se portaram comigo como vc com os seus pacientes, em vc); grata por me reafirmar que o ser humano é generoso, é bom, é amigo, é amoroso; grata sou por vc reacender minha fé nos homens, num momento em que a mídia nos quer impor aa crença de que a raça humana é cruel.
Obrigada, muito obrigada, também pela emoção que habita o meu coração neste momento.
Deus a abençoa, agora e sempre, assim como a seus amores!
Bjssssssssssss, quérida!

Unknown disse...

Lindooo Texto, fiquei até com lágrimas nos olhos!!

Beijos!

Leticia Ribeiro disse...

Difícil é uma médica pensar assim. Parabéns

... disse...

Adoro seu blog! Confesso que hoje fiquei muito emocionada com o que li! Parabéns por ter a sorte de ter tido tanta gente passando por vc!

Mariana Passos disse...

Lu Querida!
Estou no grupo das pacientes dentistas!!!!! rsrsrsrs
Adoooooroooo seu blog. Lindo post!

Luciana Leal disse...

Que lindos os comentários de vocês!!!

Anônimo disse...

Adooorei. Sou medica e suas palavras se encaixam perfeitamente em minha rotina... Parei de atender para estudar para residência no final do ano (tenho 3 anos de formada) e sinceramente as vezes sinto uma saudaaade dos "meus" pacientes.
Bjoo grande

Claudia Cruz disse...

Parabéns pelo post, assim como outras pessoas esta é primeira vez que comento uma publicação, apesar de ter adorado muitas delas, acredito que demonstra uma sensibilidade realmente importante quando atuamos com tantas e diferentes pessoas. Na correria do dia-a-dia acabamos por esquecer o quanto de único cada uma das pessoas que passam por nós detém, e que muitas vezes somos únicos (pela nossa atuação) na vida de alguém.

Ana Paula disse...

Lindo!

Josy disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Josy disse...

Dra Princesa, que texto mais lindo!!! Me levou às lágrimas. Que Deus continue abençoando muita a senhora e que mais médicos possam se espelhar em seu comportamento!
Ah, e não poderia deixar de comentar, o Gabriiel está muito, muito lindo!
Bjos e obrigada pela leitura tão emocionante!
Josy

Amandinha disse...

Nossa que post lindo!!
Beijokas
Amandinha

Anônimo disse...

Lindo o que escreveu...me fez chorar...sou fisioterapeuta e tenho essa mesma relação com meus pacientes...

Denise de Souza disse...

Toda vez que visito seu blog, me encanto contigo!!!
Que ser humano lindo!!

Denise de Souza disse...

Toda vez que visito seu blog, me encanto contigo!!!
Que ser humano lindo!!

Anônimo disse...

Que Deus te abençoe sempre!
Beijo

Adriana

Sabrina disse...

Que post mais lindo!!! Tocou no fundo do coração. Cada pessoa tem uma história diferente, um problema diferente, isso faz com que pensamos melhor sobre os nossos. Muito bom compartilhar isso conosco, seus leitores. Parabéns!! Bj

Cristina disse...

Adorei!!!!

Procura-se medicos com amor à profissão, que queiram realmente CUIDAR dos pacientes!

Ah se todos os médicos fossem assim!

Minha dermato também é um amor, mas demorei um pouco a achá-la.

beijos mil!

rose disse...

Adoro seu blog e acredito que você deva ser uma das pessoas mais bonitas da blogosfera.
Não sou médica, sou professora. Ministrei aulas durante mais de 10 anos para crianças de Ensino Fundamental e adolescentes do Ensino Médio e há 5 anos sou professora em uma Universidade Pública de SP. Me enxerguei em cada linha de sua postagem porque cada aluno, como cada paciente, é um universo. "O objetivo da educação não é encher um balde, mas acender um fogo...”, lendo sua postagem sou levada a acreditar que você, em seu consultório, também inflama muita gente com seu bom exemplo, amor e bondade. Beijo e obrigada por compartilhar. Rose

rose disse...

Adoro seu blog e acredito que você deva ser uma das pessoas mais bonitas da blogosfera.
Não sou médica, sou professora. Ministrei aulas durante mais de 10 anos para crianças de Ensino Fundamental e adolescentes do Ensino Médio e há 5 anos sou professora em uma Universidade Pública de SP. Me enxerguei em cada linha de sua postagem porque cada aluno, como cada paciente, é um universo. "O objetivo da educação não é encher um balde, mas acender um fogo...”, lendo sua postagem sou levada a acreditar que você, em seu consultório, também inflama muita gente com seu bom exemplo, amor e bondade. Beijo e obrigada por compartilhar. Rose

lucilafialla disse...

Luciana,
Leio o teu blog há tanto tempo e sempre encontro algo BOM aqui! Quem dera se todos os médicos (e todas as pessoas) fossem assim!
Se eu tiver oportunidade de morar no Rio, vou marcar uma consulta (principalmente para conhecê-la)!
Sucesso sempre! Em tudo! Você merece!
Um beijo

Dayse Rodrigues disse...

emoção define meu momento agora... dos vários anos que eu leio seu blog(só lendo) essa é a primeira vez que crio coragem pra escrever e te dizer: obrigada por me fazer acriditar novamente nas pessoas... vou dormir com esse seu texto no coração... parabéns! profissionais como vc deveriam ser criados em laboratório pra povoar mais esse planeta de pessoas cruéis e sem humildade no coração...!

Dayse Rodrigues disse...

emoção define meu momento agora... dos vários anos que eu leio seu blog(só lendo) essa é a primeira vez que crio coragem pra escrever e te dizer: obrigada por me fazer acriditar novamente nas pessoas... vou dormir com esse seu texto no coração... parabéns, profissionais como vc deveriam ser criados em laboratório pra povoar mais esse planeta de pessoas cruéis e sem humildade no coração...!

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???