segunda-feira, 30 de julho de 2012

A Etiqueta no Consultório Médico


Todo mundo já cometeu algum desses pecadinhos, até eu que sou médica e paciente. Isso não significa que a pessoa não tenha educação, ou faça de propósito, mas de uma maneira geral, vale a pena tentar evitar algumas gafes que acontecem direto nos consultórios médicos. Em qualquer consultório médico.

Atrasos: atrapalham muito a vida dos dois, médicos e pacientes. Quando um paciente se atrasa, isso atrapalha todo o dia do médico e dos outros pacientes. Algumas vezes é inevitável, eu sei disso. É uma reunião que se prolonga, um trânsito inesperado que se pega, um problema de última hora que se apresenta. E eu prefiro que a pessoa venha, mesmo que se atrase. Pior é quando a pessoa falta e não avisa. Mas tem gente que se atrasa sempre. E digo mais. Tem gente que se atrasa sempre o mesmo número de minutos. Tenho uma paciente que chega religiosamente trinta e cinco minutos atrasada. Quando ela vem, nossa secretária, que já sabe disso, acaba marcando todo o resto da agenda em função do atraso dela. Ou seja, é um transtorno.

Tratar mal os funcionários do consultório: sabe aquela dama que você vê passeando com o cachorrinho todo enfeitado pelo Leblon? Então. Algumas só são damas na aparência. Quando entram em contato com pessoas que elas julgam menos importantes, a coisa muda de figura. E eu me incluo na categoria dos "menos importantes". Tem gente que consegue destilar a soberba com todo mundo, secretárias, médicos, enfermeiras, esteticistas... 

Depredar as instalações do consultório: você não leu errado. Tem gente que joga absorvente no vaso sanitário, que deixa o filho rabiscar o sofá da sala de espera, que sobe de sapato na maca, que pega nossos aparelhos médicos (lupa, otoscópio, etc) e deixa cair no chão, e por aí vai, a lista é extensa.

Sumiços inexplicáveis: quando a pessoa só leva as nossas revistas, tudo bem. Inclusive tem gente que pede, e não vemos nenhum problema nisso. Afinal, o destino final das revistas é o lixo, e se elas puderem ser úteis para alguém, tanto melhor. Mas já sumiu secador de cabelos, papel higiênico, xícaras, artigos decorativos do consultório, e muitas outras coisas.

Falar mal de outros médicos: coisa mais desagradável. Toda história tem dois lados. Uma vez, uma paciente ao ser perguntada quem era seu clínico geral (eu gosto de manter contato com os outros médicos dos meus pacientes), me respondeu assim: "estou morando no Rio de Janeiro há cinco anos e nunca encontrei um médico aqui que prestasse". Meu queixo foi no chão, até porque, tenho certeza de que já devo estar no meio dessa lista.

Não respeitar o tempo de sua consulta: eu acho que as nossas consultas duram um tempo muito bom. Uma hora. Algumas vezes, duram até mais, especialmente se acontece de a pessoa marcar o último horário do dia. Sabe quando o nosso santo combina com o da pessoa? O meu record de consulta demorada foi uma hora e quarenta e cinco minutos. Mas caramba, quando temos uma agenda cheia, não é possível extrapolar esse tempo, em respeito aos outros. E aí, quando você entrega a receita, e explica tudo, o paciente lembra que não falou sobre a sua queda de cabelos...

Pedir descontos: já falei muito disso aqui no blog (algumas vezes gerando um pouco de polêmica). Preço, cada um tem o seu, vocês sabem disso. Varia de acordo com o tamanho e endereço do consultório, formação profissional do médico, tamanho da clínica, número de funcionários, complexidade do procedimento, material usado, etc. E pega muito mal barganhar preço. Parece que estamos sendo menosprezados pelo paciente. É diferente de negociar um prazo para pagar. Isso eu acho justo. Eu mesma já precisei fazer isso. Se o paciente pede um desconto e você dá, parece que estava superfaturando o preço antes. E se você não dá, parece mesquinha. Por isso, nós preferimos negociar o prazo.

Cheque voador: acontece muito. É uma pena que os médicos sejam uma classe tão desunida, porque deveria existir uma lista negra com o nome de todo mundo que passa cheque sem fundo e some. Digo isso, porque conversando com outras médicas em congressos, descobrimos que algumas pessoas vão de consultório em consultório, fazendo procedimentos e passando cheques sem fundo. A mesma pessoa.

Dar vexame na sala de espera: já aconteceu de tudo, desde briga de casal, gente falando alto no celular, até uma mulher que pediu para eu dar uma olhada na sua gordura localizada e ficou nua em pêlo bem no meio da sala de espera.

Tenho certeza de que estes são apenas alguns exemplos comuns a muitas especialidades. Se vocês estão pasmos, venham passar um dia nos observando...

42 comentários:

Paty disse...

tipo, estou bege kkkkkkkkk
como pode existir gente assim? socorro!!!!
essas situações somente mostram o que realmente a pessoa é... mal educada!
bjs

Anônimo disse...

Lu, concordo em alguns pontos e discordo em outros. Quanto aos descontos, nao vejo problema algum principalmente se estamos com o medico ha tanto tempo. A vida da pessoa financeira pode sim mudar ao longo dos anos e meses e acho completamente ridiculo um medico que nao entenda isso. Eu por exemplo estava com minha dermato ha 7 anos. Indiquei duzentas amigas pra ela que depois ficaram fies a ela tambem e inclusive gente do meu trabalho, etc..Ja fiz um monte de tratamentos caros no consultorio e agora mudei de plano e ela nao tem o meu e mesmo assim continuei pagando as consultas particulares e nao mudei de medica (pq muita gente muda quando o plano nao cobre mais). Pois bem, outro dia perguntei a ela se poderia parcelar um tratamento ou ter um desconto ja que com a consulta tudo ficou mais caro e ouvi um sonoro NAO e uma cara de bunda na minha frente. Nao acreditei naquilo...achei bem idiota da parte dela. Nao sao tratamentos que custam 50 reais e sim 400, 500, 600 e fora consulta de 350...Perai ne? Acho que pra tudo tem que ter jogo de cintura. Ja minha gineco que foi minha obstetra, foi maravilhosa em todos os sentidos. Com ela teve jogo em tudo e inclusive desconto na hora do parto. Sim, descontooooo e eu amo ela por isso. Pessoa maleavel que acima de tudo quer ajudar a paciente. Tudo deu certo e correu super bem e continuarei com ela pra sempre se eu puder (fora que novamente indiquei mais umas duzentas amigas e minha prima agora vai ter filho com ela). Pra outra, encerrou pra mim. Pensa o que valeria mais a pena ne??? Acho que ate os medicos precisam tambem de um marketing pessoal pra poderem prosperar na carreira, ser rigido demais nao leva a nada.
bjs,
Dani

Anônimo disse...

Luciana, vc esqueceu do celular!!!!! Quantos pacientes nao entram no consultorio contando "aquela fofoca prazamigas" e te deixam ali esperando pra comecar a consulta? ehhehe
Adoro o seu blog, vc escreve como eu gostaria de escrever.

Luciana Leal disse...

Pois é, cada médico tem a sua atitude, só não acho que devemos constranger o paciente. Aí sim fica chato. Conversando as pessoas se entendem...

Ana disse...

Dra, e quando a paciente entra com a mãe na consulta? E a mãe aproveita para "ser consultada" também? É gafe?
Obrigada!

Rubia disse...

Tem umas coisas que são complicadas mesmo e atraso é uma delas. Sou uma pessoa extremamente pontual e sempre chego antes do horário. Sempre me programo nesse sentido. Mas é difícil vc chegar no consultório e - sempre - ficar esperando mais de hora pelo médico. Quantas vezes fui a uma consulta marcada p/ 8 hs e o médico só deu as caras bem depois das 9! Não digo que as vezes não acontece imprevistos, mas toda vez?? E outra coisa, meus parabéns se sua consulta dura, aproximadamente, uma hora. Hoje em dia, dificilmente um médico demore esse tempo numa consulta. No geral, eles mal param para escutar o que vc tem a relatar e já te entregam uma receita, parece até fast food. É mto complicado esse relacionamento médico-paciente. E ao que parece, tem sido, no geral, insatisfatório para ambos os lados.

T. C. G. disse...

Também sou contra os descontos... Mas não posso falar muito porque nunca trabalhei como autônomo (apenas em postos de saúde este ano). Acho que o procedimento fica muito mercantilizado. Subentende-se que o preço seja o adequado para prover os custos da formação, estrutura etc. Por outro lado, uma amiga minha pagou um "pacote" de tratamento para depilação com laser e, não precisando fazer a última sessão, a médica esteticista a deixou com um "saldo" de 800 reais... Quando questionada sobre o saque em dinheiro, ela negou e foi sugerindo tratamentos da clínica "massagem, peeling, laser, limpeza de pele..." como se fossem roupas numa loja, sem levar em consideração a indicação e custo-benefício de cada alternativa, achei muito inapropriado da parte dela.

Anônimo disse...

Concordo com o que a anonima disse sim.
Esses dias fui fazer uma consulta para fazer uma lipo, fui no medico que minha prima tinha feito um procedimento (super caro por sinal). Quando o medico falou o preço pedi sim um desconto, puxa. Queria muito fazer com ele por ser de confiança e outra pq meu marido ia pagar pra mim e o limite dele era x. Pedi o desconto e o preço acabou ficando no que meu marido estava disposto a pagar.
Eu sei que todos tem seu preço mas é uma questão de ser maleável tb. Certamente indicarei esse medico pra outras pessoas e se for fazer outro procedimento com certeza escolherei ele.

Sabrina disse...

Cada uma hein. Tem Pessoas que nao tem noção mesmo. Muito bom o post!!!

Haline disse...

Nossa, cada absurdo!!!
Só uma coisa me irrita muito quando vou a uma consulta, a espera. Acho o cúmulo ter que esperar mais de uma hora para ser atendida, e a consulta levar 20 minutos. E já dei barraco por conta disso. Alguns médicos marcam muito mais pacientes do que podem dar conta e isso é uma tremenda falta de respeito.
Bjão

Muna disse...

O.o Meu Deus, a falta de "crasse" não tem limites mesmo. Lamentável Lu.
Ah leio o blog tem tempo, nunca comentei e sou fã de passar todo dia para ver se tem post novo.

Lady Jai disse...

Dra. Luciana, sugiro um post sobre hiperhidrose, consequencias e tratamento. Aproveito para saber a sua opinião quanto ao uso do Driclor ou Odaban e efeitos colaterais.
Obrigada!

Lady Jai disse...

Dra. Princesa, gostaria de um post sobre suor excessivo e tratamento; e de saber a sua opinião sobre o uso do Driclor/Odaban. Obrigada!

Anônimo disse...

Que post engraçado!! Sobre a paciente dos 35 minutos, pq vcs não dizem pra ela que está marcado pra hora x e na verdade marcam x:35? ela chegaria na hora certa.. rs

Anônimo disse...

hahaha agora que vi "Comentários de quem tem a pele linda!"
que coisa fofa!! beijos

Vanessa P. disse...

Oi Lu,

Eu sigo sua cartilha...rs em seu consultório e em outros. Aliás, com relação aos médicos que costumo ir com certa regularidade, há amizade e cordialidade. Mas por dois médicos eu tenho um carinho especial. Vc é um deles.

Bjs

Angelina disse...

Luciana, sou advogada, os fatos se repetem..pasme..teve filho de cliente que conseguiu arrancar uma lasca da parte interna da cuba do lavabo da recepção. Alguns clientes não têm a menor consideração com horário pré-agendado...Sem falar que alguns acham que advogado não dorme, não come, não tem lazer e pior, não precisa receber...O denominador comum é o ser humano com falta de educação...Por outro lado, tem aqueles que faz você ganhar o dia, a semana, o mês, ou seja, aquele que faz você ser feliz por estar numa linda profissão, que te realiza... Infelizmente tudo isso faz parte do exercício diário de lidar com gente...Embora às vezes eu queira lidar com bichos.....bjus

Anônimo disse...

Não sou medica, sou fisioterapeuta, e no meu caso a pior coisa é quando a pessoa começa a querer se consultar na sala de espera. As vezes vc esta atendendo alguem (NA SALA DE ATENDIMENTO) e por um acaso passa pela recepção, seja para pedir algo a secretaria, buscar um material que faltou ou qquer outro motivo. Ai o paciente na sala de espera te pega desprevenida e começa a reclamar de tudo: do braço, do joelho da filha que vai casar com o homem errado, do marido e por ai vai... Ai eu fico sem graça tentando voltar pra minha sala e terminar o atendimento de quem esta la, e todo o resto da sala de espera ouvindo tudo... constrangedor...

Anônimo disse...

Achei ótimo!
Eu mesma já fui inconveniente ao pedir descontos e foi bacana ler suas dicas!

Anônimo disse...

realmente acho que deve a ver etiqueta de ambas as partes, fiz plastica há quase um ano, meu médico era um amor de pessoa super educado e sempre disposto a esclarecer qualquer duvida, mesmo sendo a minha cirurgia feita pelo SUS, cheguei presenciar várias situações constragedoras na sala de espera, pessoas que perguntam toda hora se já foram chamada ao invés de sentar e esperar, gente que ia brigar pq estava demorando, no dia da minha cirurgia vi um paciente que chegou bebado pra fazer a cirurgia e etc. Mas alguns dos colegas de trabalho do meu médico não ficavam para tras neste quesito, no dia em que eu fui tirar os pontos um destes DRs entrou mais 3 vezes na sala sem bater, hora para pedir intrumentos emprestados ou pra falar algo, dava para ver que ele estava muito desconfortavel com a situação, e o cara fez isso varias vezes nas minhas seguintes consultas... achei uma grande falta de educação.
Como disse anteriormente acho que tem que haver etiqueta de ambas as partes.

Débora disse...

Querida Dr. Princesa, tenho uma dúvida que vem me perturbando e acho que não há ninguém melhor que vossa majestade para saná-la. Quando usar a máscara de hidratação? Li em diversos blogs que a função do xampu é de abrir as cutículas do fio, a do condicionador de fecha-las e a da máscara hidratante é simplesmente hidratar o cabelo. Então, a ordem lógica seria xampu-mascara-condicionador. Mas vi em outros blogs, inclusive o seu, que não há necessidade de condicionador. Estou totalmente perdida, qual a melhor ordem? Afinal, pagamos tão caro por essas máscaras e queremos usufruir o máximo dos seus super poderes hidratantes.
Bjos,
Débora

Débora disse...

Querida Dr. Princesa, tenho uma dúvida que me atormenta ultimamente e acho que não há ninguém melhor que vossa majestade para saná-la. Li em alguns blogs que a função do xampu é abrir a cutícula do fio, do condicionador, fechá-la e da máscara hidratante, hidratar apenas. Logo, a sequencia lógica seria xampu-máscara-condicionador. Mas vi em outros blogs que não há necessidade de usar o condicionador depois da máscara. Então, qual a melhor forma de usar essas máscaras que levam tanto dinheiro do nosso bolso pra se conseguir o máximo de seus super poderes hidratantes?
Bjos
Débora

Anônimo disse...

Morri de rir com alguns casos que você relatou... Outros me choquei...
Vera

Anônimo disse...

Dra Lu, adoro os seus posts, embora quase nunca comente. Achei muito legal esse, pois podemos conhecer a visão do médico. Sobre falar mal de outro médico, é mesmo muito constrangedor. Agora veja: fiz uma cirurgia muito delicada, com retirada para biópsia e o cirurgião disse que perdeu o meu laudo e jamais entregou o resultado da biópsia. Além disso, disse que retirou um elemento que não apareceu nos exames feitos uma semana antes da cirurgia. Daí que é muito chato, mas tenho que contar isto quando vou a um médico novo para anamnese e vejo como ficam abismados, alguns perguntam até o nome e eu fico com vergonha, por ele e por ter passado por isto. Quero dizer, acho que não é o caso de sua cliente, mas às vezes as situações são tão bizarras que não há como falar bem.

Abraços.

Anônimo disse...

Olá Luciana,sou sua colega de profissão e,como todos nós médicos,também já passei por tudo isso;embora muita gente fique pasma,são situações realmente do nosso dia-a-dia.Da minha parte tenho a acrescentar mais uma gafe,que você não listou,mas que também é muito comum: O acompanhante do paciente querer "filar" uma consulta grátis;não agenda com você,mas no final da consulta pede p/você dar "uma olhadinha" no joelho dele,por exemplo.A respeito disso,me lembro de um cartaz afixado num serviço de dermatologia que frequentei :"Uma olhadinha é uma consulta,por favor não insista".
Parabéns pelo blog e pelo post tão oportuno.
Abraços

Ana Paula disse...

hahahaha so rindo mesmo, nua na sala de espera, tem gente e e sem nocao mesmo!!!

Anônimo disse...

E quanto aquele médico, que sempre, por motivo de " atender pacientes urgente em hospital" sempre atrasa as consultas ? Tive um que, mesmo marcando o primeiro horário para EU não me atrasar, sempre chegava atrasado as consultas, com a desculpa de que estava no hospital em urgência. O respeito deve ser de ambos ( paicente e médico), mas infelizmente, sabemos que tem médicos que se acham deuses e simplesmente não esquentam com seus pacientes.

Anônimo disse...

1 hora de consulta (boquiaberta) máximo que eu já fiquei num consultório foi 15 minutos e mesmo assim sai de lá satisfeito.

Aline Pozzan disse...

Dr. Lu. Tô chokita !!! Isso que o seu consultório fica em ponto nobre da Zona Sul, minha nossa ! Fiquei feliz com o 1 h de consulta. Preciso me consultar com você urgentemente. Você é o máximo, beijos.

VaneZa disse...

Nossa! Eu tô passada! Não sabia que acontecia disso tudo não. Tem gente de todo jeito no mundo mesmo. E taí que eu tbm não sabia que os médicos eram uma classe desunida.

BeijoZZz

Anônimo disse...

Acho que essa 1 hora de consulta é particular. Ou então os procedimentos geram o custo do tempo. Porque o tempo de um médico é caro!

Anônimo disse...

Ah, eu dou desconto....poxa, algumas pacientes "podem" e outras nem tanto, pq n dá uma estimulada? N vai me fazer mais pobre !!!!

Anônimo disse...

Dra Lu, por favor me responda:
Você acha ruim ou falta de respeito eu chegar na consulta com uma listinha de produtos que eu tenho vontade de usar, pra ver se rola? Ou é melhor esperar a receita?

Obrigada, beijão. Dani

Anônimo disse...

Só não concordei com a parte do desconto, se eu pedisse e a médica não concedesse, ficaria com uma impressão não mto boa...

Anônimo disse...

O pior foi uma médica minha endocrinologista.
Comentei que no dia anterior estive no consultório da Dra. Tal ginecologista (especialista em clinica estética).
E a Dra.do Dia, falou mal da outra, em relação a idade e aos procedimentos estéticos que ela mesma aplicava no rosto, que estava pior do que se estivesse ao natural.
Eu fiquei bem constrangida...

Frances - Blumenau/SC

Vicky disse...

Nossa, tem coisa que parece piada. Nao pensaria nunca que essas coisas acontecessem.

Agora, no Brasil, nao me lembro nunca de ter ido a um medico que me atendesse na hora. Teve uma epoca que eu ia a uma dermato e uma ginecologista no mesmo consultorio - famosas em Niteroi. A secretaria era quem achava que nos fazia um favor, super grossa com todo mundo. Nenhuma das duas medicas atendia no horario marcado, se eu precisasse me consultar com uma delas eu tinha que faltar o dia inteiro no trabalho porque poderia levar ateh 3 horas na sala de espera. A dermato era muito boa, mas a gineco nao levava mais do que 5 minutos na minha consulta e me tratava super mal. Como me foi super bem recomendada, ainda voltei la 3 vezes. Agora, nunca mais, e aviso a quem posso para nao marcarem nada com ela. E a dermato, nao volto mais por causa dos atrasos e da grosseria da atendente, apesar de gostar da medica.

Cynthia de Souza disse...

Falta de educação é terrível, mas infelizmente muitos médicos são péssimos no quesito etiqueta. Nunca cheguei atrasada às consultas, mas quase sempre (mesmo) tenho que aguardar pq o/a médico/a não chegou. Outros te atendem em 15 minutos e pronto. Consulta hiper, mega rápida. Ainda tem aqueles que durante a consulta nem te olham. Outros mantém um ar "superior" tão insuportável que dá vontade de sair correndo.

Luciana Leal disse...

Oi, meninas!

respondendo à pergunta sobre o que eu acho de a pessoa levar listinha de produtos para o consultório...Olha eu acho muito LEGAL, não vejo nenhum problema!

E concordo com vocês, médico que se atrasa não é legal mesmo.Quando acontece, é imperativo pedir desculpas para o paciente1

Kelly disse...

Alguns itens que vc mencionou são polêmicos... Eu, geralmente não atraso para as consultas, mas já tive que esperar mais de 2 horas para ser atendida em consultório médico, e eu não poderia abrir mão daquela consulta. Grande parte dos médicos não respeitam os horários. Já aconteceu de eu marcar um horário, chegar no horário (tipo: 5 minutos antes) e um bando de gente ser atendido antes de mim... Fui descobrir que o atendimento era por ordem de chegada: ou seja, marcavam o mesmo horário p/ várias pessoas e quem fosse chegando antes, era atendido primeiro... Seria bom se me avisassem, né? Fiz hora no shopping e poderia ter ido antes para o consultório...
Não vejo mal nenhum pedir desconto, acho que o médico que presta um serviço tem diante dele um paciente e um cliente. Se ele não puder dar o desconto, é só avisar. Perguntar não ofende.
Bj!

www.amenidadesdekelly.blogspot.com

Daniele Christian disse...

Bom, em tudo, essa via tem que ser de duas maos! O que falar de medicos que nos atendem com 2, 3 horas de atraso!!! Conheco muuuitos! E nao diga que e por causa dos pacientes, por que eles chegam ao consultorio com atraso e atravessam a sala de espera na maior "cara de pau"!!! E o paciente que, na maior parte do tempo esta doente, e nao somente querendo fazer um tratamento estetico, acaba se submetendo a esta absurda falta de respeito.

Anônimo disse...

Tão complicada essa questão...
Porque é muito comum (muito mesmo) médicos se atrasarem para consultas, eu mesma já fiquei mais de hora aguardando na sala de espera. Vez ou outra pode haver uma emergência, mas todos os dias? Acho muita falta de ética e respeito com o paciente. Sem falar daqueles que marcam vários pacientes com intervalos de 10 minutos e depois deixa todos esperando porque o médico só chega meia hora depois. Acho que esse outro lado da moeda tem que ser dito.

E a extrema falta de classe de quem exige ser chamado de "doutor" sem nunca ter feito doutorado? Entendo que é comum e usual, mas doutor é título acadêmico de quem fez doutorado, então exigir ser chamado assim não faz o menor sentido (da mesma maneira, colocar no carimbo, na porta etc). Às vezes acompanha a titulação "especialista em XXX". Especialização é uma coisa, doutorado é outra bem diferente. Isso é uma tremenda gafe, mostra desinformação.

Edilson Vitorelli disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???