domingo, 22 de abril de 2012

Vale do Loire - dicas que pesquei por aí....

Sim, antes de viajar, eu faço o dever de casa! A região do Vale do Loire é muito rica, em termos históricos. Então, além de comprar da FNAC de Portugal alguns livros sobre as personalidades que moraram por lá (tipo, a Catarina de Médicis, Diana de Poitiers, Mary Stuart, etc...), também li muitas informações valiosas na Wikipedia e em blogs de pessoas que tiveram a felicidade de conhecer essa região mágica.

Na verdade, a maioria das minhas viagens começa assim, com informações que eu eventualmente encontro aqui e ali (revistas, blogs, amigos, propagandas). Quando aquilo me desperta o interesse, eu parto para a segunda etapa, que é pesquisar mais sobre o local. Uma pesquisa superficial mesmo.

Daí, quando a vontade explode mesmo no meu coração, eu parto para a pesquisa de preços e a organização da viagem propriamente dita (melhor época de se ir, roteiro, quanto $$$ levar, quanto as coisas custam, como conciliar uma época boa que não atrapalhe meu trabalho e o do meu marido, estudar a cultura local, etc). Essa fase de preparação pode levar até um ano, acreditem ou não.
Para vocês terem uma idéia, as nossas próximas duas grandes viagens já estão sendo planejadas por nós (leste europeu e Las Vegas novamente, que estou morrendo de saudades de lá).

Durante a preparação dessa viagem, eu me encantei tanto com os castelos que irei visitar, que tive uma idéia genial! Não sei se conseguirei coloca-la em prática, mas vou tentar, pelo menos para alguns principais.
Resolvi que vou usar roupas temáticas, inspiradas nos locais que vamos visitar. Não vou vestida de princesa (lamentavelmente), mas cada traje terá uma referência relacionada a quem viveu no castelo.

Dessa forma, em Versailles, minha roupa será inspirada na Maria Antonieta, na fase em que ela gostava de fingir que era uma pastorinha, e usava um vestido branco com chapéu de palha. Resolvi usar o vestido branco de rendas que comprei para o batizado do Gabriel, com um chapéu que trouxe de Paris há alguns anos.

Para o castelo de Ussé, que inspirou o castelo da Bela Adormecida, resolvi me inspirar no principe Felipe, e usar uma legging marrom, botas curtinhas, trench coat com blusa preta por dentro, e chapéu Fedora. Na foto abaixo, os passarinhos já haviam roubado o chapéu do príncipe.



No castelo Chenonceau, onde viveu Catarina de Médicis, resolvi optar por uma blusa linda toda trabalhada com pérolas e de mangas bufantes e uma calça preta. Vejo muitas fotos dela de preto e usando pérolas.


Entenderam o espírito da coisa? Se eu fosse passear no Coliseu, colocaria sandálias gladiadoras. E talvez uma sainha plissada prateada (ainda bem que não vou para a Itália, essa roupa não é confortável).

Aqui estão alguns sites que podem ajudar a te inspirar a ir ao Vale do Loire, ou até mesmo auxiliar nos preparativos da viagem que você já decidiu realizar:

http://www.viajarpelomundo.com/2009/04/poesia-do-vale-do-loire.html

14 comentários:

Ana disse...

Princesa, que vontade de ir com você!!! Depois da viagem, poste as fotos das suas "fantasias".
Beijos,
Ana

Vanessa disse...

Oi Dra Lu
Nao sei se vc chegou a ler mas tem um post novo no blog viagem na viajem sobre os castelos do vale do loire ,afinal informacao nunca e demais nao e? :)
By the way eu sou a Vanessa sua leitora que morava nos Emirados Arabes e agora estou em Bergen na Noruega
Bjo

Vanessa disse...

Oi Dra Lu
Nao sei se vc chegou a ler mas tem um post novo no blog viagem na viajem sobre os castelos do vale do loire ,afinal informacao nunca e demais nao e? :)
By the way eu sou a Vanessa sua leitora que morava nos Emirados Arabes e agora estou em Bergen na Noruega
Bjo

Caroline Krieger disse...

Menina, adorei seu blog! Cheguei aqui quando pesquisava "orelhas de abano em bebês", e acrdite já entrei em contato para consultar com o dr. Além do mais adoro todas as suas dicas, essas de viagem vou pegar carona depois. Obrigada por dividir conosco suas maravilhas! Bjs querida

Anônimo disse...

Acho que você é meio fora da casinha =/

Anônimo disse...

Vai levar o Gabriel?

Se não for, você já pesquisou sobre a psique da criança até os dois anos?
Sabia que quando eles são forçados a ficar longe da mãe por um período maior que 12 horas, é como se eles se sentissem abandonados por ela e o vínculo é abalado?

Leia a respeito (attachment parenting). Percebi que você gosta de ler bastante e se informar sobre tudo, acho válida a leitura ;)

Luciana Leal disse...

Digo isso morrendo de rir (e vcs vão concordar comigo):

Eu não sou fora da casinha... sou fora do CASTELO!!!!!

(mas isso por pouco tempo...hehehe...)

Luciana Leal disse...

Gente, eu não conhecia esse attachment parenting...Espero sinceramente que ele não sofra muito, porque EU certamente vou sofrer. Aliás JÁ ESTOU sofrendo por antecipação. Como ele passa dois dias na semana com a minha mãe para eu poder trabalhar (lembrem-se, sem babá e com contas a pagar, a pessoa precisa trabalhar), e nunca demonstrou nenhuma ansiedade quando eu saio de casa, espero que ele fique bem. Lá na minha mãe ele tem o bercinho dele, os brinquedos, etc...é como se ele morasse em duas casas mesmo. E ele confunde minha mãe comigo, o que nos faz rolar de rir. Ele olha confuso de uma pra outra como se pensasse "ué, existem duas mamães?".
Torçam por mim!!!!

Priscila disse...

Q dó q dó que não vou para o mesmo lugar...tenho viagem programada para Alemanha e Suiça em julho e estou perdida em como começar esse roteiro...me da uma dica? rs
Q bom humor, vc é otima!
Bjs no bb!

paulinha disse...

Não consigo pensar em outra coisa a não ser que você tem uma personalidade extraordinária hahaha Sou muito fã! Tenho certeza que o Gabriel vai se divertir muito com a aventura que deve ser ter alguém como você como mãe! Espero que a viagem seja maravilhosa! Beijos!

Sandra disse...

Também gosto de planejar minhas viagens (nada a ferro e fogo que não possa mudar, mas um planejamento básico). Aliás, considero esta uma forma de antecipar o prazer de uma boa viagem. E as fotos que tiramos, recordações que trazemos, coisas que aprendemos, são uma forma de prolongar este prazer.
Há um ano entrei em um curso de italiano, e isso tem feito parte da minha preparação. E mais: filmes italianos, músicas, vinhos... Enfim, imersão total (fora as pesquisas na internet e guias de viagem).

Boa viagem!
Sandra.

Anônimo disse...

Bobagem isso de nao poder viajar antes do filho fazer 02 anos. Eh so ele ficar com alguem que ame e com quem esta super acostumado. Faz MUITO bem para ambos.
O comentario eh para disfarcar dor de cotovelo.
Bjs

Anônimo disse...

Você é uma figura!! hahahaha
Seus posts divertidos sempre me alegram, hoje deixei de fazer minha monografia pra ficar passeando no mapa de Paris, me perdendo nas linhas de metrô e marcando os pontos que visitarei da próxima vez, os dias lá passam tão rápido! Fui ano passado e nao consegui ver tudo o que eu desejava, mas valeu muuuito a pena!

ps.: Hoje descobri que tem um lugar muito bonito, não sei se conhece, chama-se Parc Saint Claude, fica nos arredores de Paris, eu achei que é imperdível!

http://saint-cloud.monuments-nationaux.fr/

Boa Viagem, aproveite muito e depois faz o comentários dos melhores momentos aqui!
Beijo,
Lorena Carvalho.

Virna Oliveira disse...

Oi , já estou seguindo seu Blog , segue o meu de volta ?

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???