quarta-feira, 14 de março de 2012

Tirei o vídeo!

Oi, pessoal!
Preferi tirar o vídeo da gestação do bebê anencéfalo porque achei que muitas pessoas ficaram emocionadas, e em algumas gravidinhas, o vídeo gerou uma certa ansiedade.
Longe de mim disseminar o pânico sem necessidade nas pessoas!
Só achei uma lição de vida muito bonita, um ato de amor que merecia ser compartilhado.
Eu sei que precisamos enxergar o mundo como ele é, sem as lentes cor de rosa, porque essas coisas podem acontecer com qualquer um de nós (isola!).
Por outro lado, algumas vezes eu me esqueço que as pessoas gostam de entrar aqui no blog, justamente porque ele as ajuda a enxergar o mundo com as tais lentes cor de rosa...

10 comentários:

sempretempo disse...

Eu estou gravida e apesar do medo q toda mae tem, me fez pensar como lição d vida tb ...

Anônimo disse...

Como sempre, muito delicada! Bjinho

Tati Lambert disse...

Lu, compreendo sua decisão de retirar o vídeo. Mas sabe, achei bacana vc ter compartilhado, justamente porque foge um bocado do foco do blog.

Outra coisa, penso que nós que "blogamos" temos o direito de compartilhar coisas nas quais cremos, e que nem sempre vamos agradar.

De toda sorte, achei o vídeo de uma grandeza imensa... esse casal não só passou por uma grande provação, mas resolveu tirar uma lição disso tudo, e ainda por cima compartilharam isso.

Anônimo disse...

Oi Lu,

Acho que sou a gravidinha que vc citou.

Achei o vídeo emocionante sim, e dramático. Mas sinceramente, acho que ele quis mostrar de uma forma leve algo muito forte psicologicamente.

Acho muito difícil alguém passar por essa situação da forma como foi mostrado no vídeo. Essa mãe deve ter sentido muita angústia e tristeza sim. Mas o vídeo não mostrou.

Acho importante ressaltar que as pessoas também podem chorar, sofrer e depois ainda se recuperar de um choque. Faz parte do comportamento humano.

Acho, portanto, que o vídeo não foi tão "real" como parece.

bjs

Mi

Anônimo disse...

Oi... Compreendo que muitas pessoas ficaram tocadas pelo vídeo. Mas compartilho da opinião da jovem mãe. Não acredito que um um bebê com um "problema" deva ser elimininado. Todos nós iremos morrer um dia. Isso é fato. O tempo de vida, dias, meses ou ano, só cabe a Deus decidir.A concepção de um bebê é, ou sempre deveria ser um ato de amor... e isso é motivo suficiente para ser celebrado.

Lady Jai disse...

Luciana, adoro o teu blog! Obigada por dividir com a gente tanta coisa e, principalmente, por disponibilizar o teu tempo para isto. Bem, eu estou há tempos querendo realizar algum preenchimento no bigode chinês e gostaria da tua opinião/esclarecimentos quanto aos vários tipos de preenchimento, diferenças, vantagens, consequências etc., entre botox, AH e bioplastia(pmma). Um grande beijo!

Lady Jai disse...

Luciana, adoro o teu blog. Obigada por dividir com a gente tanta coisa e, principalmente, por disponibilizar o teu tempo para isto. Bem, eu estou há tempos querendo realizar algum preenchimento no bigode chinês e gostaria de ler aqui no blog um esclarecimento quanto aos vários tipos de preenchimento, diferenças, vantagens, consequências etc., entre botox, AH e bioplastia(pmma). Um grande beijo.

Luciana disse...

Enquanto isso continuarei implorando por um post sobre as várias formas de depilação a laser. Tem Light Sheer, Soprano, LIP, GentleYag, Milesman.. Como escolher, meu paaaai?!

Anônimo disse...

Olá Dra. Lú!
Eu nao cheguei de ver o vídeo que voce citou, mas conheco um pouco pouco da crianca anencéfala pelo blog http://amadavitoriadecristo.blogspot.com.br/
Leitura obrigatória para ver que de uma situaçao que pode parecer totalmente terrivel e má, com um bom coracao e fé em Deus pode se tornar mais amena, e por que nao feliz? Beijos, Carol

Anônimo disse...

Não cheguei a ver o video, então não sei qual a mensagem que ele queria passar, se o casal levou a gestão até o final ou não, enfim... Mas de qualquer forma acho muito difícil um casal passar por uma situação dessas sem sofrimento, conforme bem disse uma leitora anteriormente.
Da mesma forma acredito que, num caso como esse, cabe ao casal decidir se deseja ou não levar a gestação até o final, pois depende muito de cada um. Às vezes levar a gestação até o final pode implicar muito mais sofrimento para a família. E aqui estou considerando que nem todas as pessoas são religiosas, acreditam em Deus, etc, e que isso deve ser respeitado. Afinal, é uma decisão MUITO difícil e dolosa.
Abraço!

Sandra.

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???