quarta-feira, 8 de junho de 2011

Hospital de Princesas: Passando o pente fino na Rapunzel


Vocês já imaginaram se a Rapunzel fez algum tipo de seguro para seus cabelos maravilhosos? Já imaginaram o prejuízo, caso um piolho resolva se alojar naqueles fios longos e maravilhosos?

Não estou dizendo que ela teria de cortar os cabelos, atualmente essa prática raramente é necessária... Mas ela ia gastar muito tempo e dinheiro cuidando dos cabelos...

A pediculose é uma doença que pode atingir os pelos do cabelo, do corpo e -pasmem!- do PUBIS!!!!
Os que causam a doença na cabeça se chamam Pediculus humanus var. capitis, não que isso traga algum consolo para quem está sofrendo com uma coceira intensa no couro cabeludo. Atinge todas as classes sociais (já imaginaram a princesa Kate com piolhos?), ambos os sexos, mas possui uma predileção por crianças em idade escolar e... respirem fundo... M.U.L.H.E.R.E.S!!!!

É fácil entender o porquê. A doença é transmitida por contato interpessoal (e as brincadeiras, principalmente de meninOs, como por exemplo lutas e jogos de futebol, envolvem contato corporal) ou por uso de objetos contaminados (gorros, chapéus, escovas e pentes, travesseiro de motel...).

A coceira é bastante intensa e ocorre principalmente na parte de trás da cabeça, podendo inclusive atingir o pescoço, que fica vermelho. Como o paciente sente ímpetos assassinos de cravar as unhas nas lesões, pode haver infecção secundária por bactérias no local.

Além da presença dos piolhos, observa-se a presença das lêndeas, que são os ovos bebês do parasita (o "Gabriel" da mamãe-piolho). Essas lêndeas, nem de longe são fofas como o Gabriel. Você verá uma coisa gelatinosa e esbranquiçada a mais ou menos 1 cm do couro cabeludo.
Outra má notícia é que essas lêndeas não morrem com o uso do remédio, somente as formas adultas do piolho é que conseguem ser eliminadas pelo medicamento.

Para evitar que as lêndeas cresçam e se multipliquem (as fêmeas e machos cruzam na nossa cabeça -imaginem a festa!- e cada fêmea coloca entre 50 e 250 ovos durante a sua vida adulta, que dura em média 4 semanas), a Rapunzel terá bastante trabalho passando um pente fino em toda a extensão do cabelo.

É melhor pedir que um outro cidadão tenha esse trabalho, pois é necessário enxergar o couro cabeludo e nós não temos olhos na cabeça, concordam?

O tratamento medicamentoso deve ser prescrito pelo médico e pode envolver o uso de loções, xampús e até mesmo comprimidos, usados em conjunto ou separadamente. E devem ser repetidos após 7 dias.

Para facilitar a remoção das lêndeas, pode ser usada uma mistura de vinagre e água em partes iguais (só não garanto como vai ficar o cheiro da pessoa depois), que permanecerá nos cabelos por meia hora antes de proceder a retirada com a passagem do pente fino ou manualmente (éca!). Para a retirada manual é necessário pegar a lêndea com o polegar e o indicador e ir arrastando no comprimento até o fim do cabelo. Não se esqueça de lavar bem as mãos após essa brincadeira.

Para evitar esse tipo de aborrecimento...

Seja chato(a) e não compartilhe escovas e pentes com pessoas estranhas.No salão, pergunte se esses utensílios foram previamente higienizados (quem cortar o seu cabelo vai o-d-i-a-r você, mas depois você desfaz a má impressão deixando uma boa gorjeta).

Oriente seus filhos -principalmente filhAS- a fazerem o mesmo. Meninas adoram brincar de salão com as amiguinhas.

Procure levar sua filha à escola usando penteados presos.

E dá menos trabalho comprar logo aquele boné que seu filho tanto pediu, do que ficar semanas retirando piolhos e lêndeas da cabeça dele, que ele contraiu usando o boné alheio.

Quando alguem estiver tratando piolhos em casa, faça a revista na família toda, para evitar que eles fiquem trocando de cabeça. As crianças adoram deitar a cabeça no colo da mãe enquanto ela procura piolhos. Eu adorava.

A escola deve ser comunicada caso o seu filho venha a apresentar piolhos.

Ao eliminá-los, não jogue-os em qualquer lugar. Para ter certeza de que morreram, deixe-os imersos (afogados) em uma bacia com vinagre, por, no mínimo 30 segundos.



Obs. Gabriel ainda está na barriga....

9 comentários:

leandroaleixo disse...

Entendido!!! Interessante!!
Gostei do video para terminar!!!

Anônimo disse...

Olá minha princesa;sou eu Léia.Quero fazer um comentário a respeito do post ÚLTIMAS NOTÍCIAS,isso se o Gabriel já não tiver nascido.Na gestação do meu segundo e último filho,fui internada com 3 centímetros e quero pedir por amor de Deus fica no pé do seu obstetra nada para te assustar é que realmente eu considero que todo cuidado é pouco entedeu? e olha vc realmente foi uma grávida de tirar o chapéu em todos os aspectos.Os anjos estarão ao seu lado.Feliz hora pra ti.

Mei disse...

"travesseiro de motel"


o.o

Meu Deus q medo ahauahuahauhauahua

muito interessante isso... minha irmãzinha (em idade escolar) é uma vítima, demaaaaaaaaaaaaaaaaaais aliás...
Sério... malditos bichinhos ¬¬

Cabeça Feminina disse...

adoreei o blog e estou seguindo-o!

qnd tiver um tempinho, de uma passadinha no meu?


bjooos

http://cabecafeminina.blogspot.com/

Anônimo disse...

Nunca mais vou ao motel.

Daniele disse...

Só de ler a palavra Piolho minha cabeça começou a coçar! rsrsr

Vicky disse...

ahahahahaha Quando era pequena teve uma vez que eu peguei piolho e foi um horror, minha mae queria cortar meu cabelo (quase na cintura) e eu nao deixei de jeito nenhum. Ela colocava neocid (um inseticida) na minha cabeca e amarrava uma fralda por cima. Quando eu acordava, a fralda tava cheia de piolho morto, e eu chorava de nojo! Chorava também, mas de aflicao, com o pente fino. Um drama!!!

Line =) disse...

Affff, eu tive piolho uma única vez, horrível! Fora que eu lembro de minha mãe lavar minha cabeça com vinagre e juro, quase tive um treco, sei lá, começou a me dar falta de ar, a garganta arranhar, uma das piores sensações que já tive, hehehe...
Achei mt engraçada a comparação das lêndeas com o Gabrielzinho, coitado, rsrsrs... O Gabriel da mamãe-piolho, kkkkkkkkkkk!

Beijos!

Ana disse...

Não gostei de você comparar as lêndeas com o fofo do Gabriel. Se tivesse perto de você iria puxar a sua orelha, viu!? (rsrsrs)

Só você mesmo princesa, para fazer este tipo de comparação.
Beijos,

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???