segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Irritando Luciana: "Livros"

Podem ficar tranquilos, a gravidez não afetou a minha mente. Eu continuo AMANDO os meus queridos livros. Mas nem por isso o assunto deixa de ser um pouco irritante. Eu explico.

Quando a pessoa é alucinada por leitura, como eu, costuma procurar lançamentos nas livrarias pelo menos uma vez por semana (a quem estou tentando enganar? Eu vou pelo menos umas três vezes à procura de novidade), e nem sempre temos sucesso.

É uma frustração muito grande não encontrar nada que valha a pena ser lido. Eu me sinto como uma viciada tentando comprar drogas na favela do alemão, ou seja, saio de mãos abanando. Na maioria das vezes.

Pior do que esperar um livro novinho em folha de um autor predileto, é acompanhar alguma "série", estilo Crepúsculo. Aí é uma danação só. Juro que algumas vezes eu perco até o sono. Hoje em dia estou mais escolada e só começo a ler livros de séries depois que uns 2 ou 3 já foram publicados.

Mais chato ainda é perceber que aquele autor querido possui vários títulos publicados no exterior que nunca serão publicados por aqui no Brasil. E eu morro de preguiça de ler livros em inglês.

Outra coisa que precisa mudar urgente é o preço abusivo de livros no Brasil. Alguma coisa precisa ser feita para permitir que a população tenha um acesso mais fácil à leitura, já que não temos uma grande quantidade de bibliotecas públicas a disposição do povo.

Precisa mesmo ser uma coisa tão cara? Será que as editoras não podem considerar a hipótese de lançar livros com o papel mais barato, uma encadernação menos dispendiosa para tentar diminuir o preço final das publicações? Ok, já temos uma pequena mudança ocorrendo, já existem os livros Best Bolso e Pocket, mas a quantidade de títulos é ínfima, convenhamos.


E quando a pessoa dá a sorte de encontrar um livro que promete, ao terminar a leitura esse livro precisa ir para algum lugar. Geralmente, a estante. Onde eles se acumulam, proliferam, encalham.

Bem, não no meu caso. De vez em quando, como vocês sabem, eu procuro esquecer livros nos lugares onde passo. Alguns eu deixo guardados debaixo da cama do meu consultório e costumo oferecer aos pacientes, quando penso que determinada pessoa poderia se beneficiar de determinado livro específico (juro por Deus, tem gente que precisa de livros e não só de remédios).

Ou então eu troco de livros com amigos. Só não posso deixar que eles se acumulem nas estantes, porque além da casa ficar feia, vamos encarar, chega a ser um pecado.

Mas uma coisa que me chateia é emprestar um livro e nunca mais tornar a me encontrar com ele. Se eu não te dei um livro, só emprestei, isso significa que vou quere-lo de volta! Caramba! Porque tantas pessoas se esquecem desse detalhe? Atualmente, se eu sinto muito ciúme de um livro, já decidi que não empresto mais.

Outra situação delicada é receber o livro de volta, porem em péssimas condições como a foto abaixo ilustra bem o caso:


O livro "estuprado" é um livro caríssimo de dermatologia. Emprestei para uma amiga estudar. Como tenho o maior carinho por ele, enfeitei com flores e colei uma foto minha com o autor já falecido, do referido livro.

A "abençoada" resolveu descer a serra de Teresópolis com o livro no banco traseiro, embaixo de uma panela de ensopadinho. Ao lado do livro, estava seu bichinho de estimação, um furão. Ao entrar numa curva, a panela escorregou e esmagou o bichinho, deixando no meu livro um rastro eterno de comida misturada com sangue.


O que fazer numa situação desgraçada dessas? Comprar um livro novinho, imediatamente para a pessoa! É por essas e outras que eu nunca peço um livro muito caro ou muito raro emprestado. Imprevistos acontecem.

Pior é que meus livros ssão todos enfeitadinhos, como vocês podem ver na foto abaixo. Eu gosto de rabiscar, colorir, fazer anotações, colar post its, tudo para deixar aquela leitura com a minha cara. Então, ainda que ela me desse outro livro, nunca mais a essência seria a mesma, e isso é muito irritante!
Ela matou o meu livro!

Outro hábito que tenho, é o de escrever, além do meu nome e da data em que foi comprado, as circunstâncias que me levaram a comprar aquele determinado livro. Ou então alguma piadinha, que só eu entendo. Exemplo:

"Luciana Leal / Março de 1998 / Estou chateada porque precisei fazer um exame de sangue e comprei esse livro como prêmio pela minha coragem"

Ou então o que escrevi no livro Cleopatra, a Filha de Ísis:
"Luciana Leal, a tataraneta de Ísis, Maio de 2001"

É divertido, ao reler o livro anos mais tarde, lembrar dessas bobeirinhas (claro que já passei por alguns constrangimentos por conta dessa mania).

41 comentários:

Fernanda B. disse...

Eu também tenho ciúmes dos meu livros! Só empresto à pessoas de confiança e mesmo assim com o coração na mão. Sinto muuuuuito pelo seu livrinho estuprado... senti raiva da criatura que fez isso. argh!!

ba disse...

tambem gosto muito de ler
mas ao contrario de vc
gosto de ter uma mini biblioteca.
mesmo pq a maioria dos meus amigos ou parentes nao é muito fã de leitura.

Turquezza disse...

Luciana, sou bem parecida em matéria de livros! Meu pai, jornalista, me ensonou a amar desesperadamente os livros rsrs
Já li "milhões", talvez seja "milhões" mesmo. Sempre fui sócia de Bibliotecas, comprar livros no Brasil é muito caro!
Você já leu "O tempo e o vento" do Érico Veríssimo? A trilogia?
Devorei em pouquíssimo tempo!
Uma saga maravilhosa!
Ler e escrever para mim, é imprescindível que nem comida ahahaha
Beijos.

Fazendo arte disse...

Dra Lu!!! Tb sou apaixonada por livros, mas no momento não tenho lido muito... Aproveito o tempo disponível pra ficar com o meu pequeno, o Felipe, de 8 meses. Passa lá no meu Blog pra ver a fotinho dele. Beijos, Lu

Anônimo disse...

Dra Princesa Lu!
Concordo plenamente com seu post... tbm amo livros e odeio qndo empresto e não me devolvem. Ou pior, qndo devolvem todo estragado; já passei por uma situação parecida com a sua!
Aproveito pra indicar "PS, I love you", acabei de ler hoje e me emocionei mto!
Bjs
Lara

Lisse disse...

Sorte que pelo menos vc recebeu se livro, embora quase no avesso, de volta. De todos os q em emprestei até hj, devo ter recebido de volta uns 2 só. Por isso não empresto os meus favoritos nem sob tortura. O pior não é o povo ficar com meus livros, é que eles ficam e ainda não lêem!!!!

Dani Freitas disse...

Me identifiquei tanto com este post!!! Eu crio um laço tão grande com os livros que às vezes penso que tenho algum problema, sabia? Tenho completa paixão pelos meus, e quando eu realmente gosto, morro de pena de emprestar. Caso eu não goste muito passo para a troca. Agora, emprestar um livro e recebê-lo de volta como vc recebeu o seu é um insulto, né? Não consigo aceitar que alguém me devolva um livro querido assim!!!!
Beijos

Nanda Gomes (www.blig.ig.com.br/reidavi) disse...

Figura!!!

T. C. G. disse...

Coitado do Sampaio!

Realmente, muita falta de cuidado. Uma vez uma colega minha deixou meu atlas de anatomia em cima da mesa de dissecção, com pocinhas de formol e encostando no cadáver! :@

Quem trata um livro assim não merece lê-lo!

Mas devia haver um serviço que personalizasse os livros em suas novas edições do jeito que fizemos antes. Ia ser muito útil no caso desses livros técnicos, para não perder o valor sentimental. :)

Lu disse...

Luciana,

Fiquei muito triste com o que li, não só pelo que aconteceu com o livro, que é só um objeto.

Animais tem sentimentos, não são brinquedos, eles sentem, medo, frio e dor.

Quem não tem capacidade de entender isto, não merece tê-los. Achei um absurdo o que a sua amiga fez. Será que ela colocaria uma panela ao lado de um filho recém nascido??? Acho que não. Mas com o animal ela fez.

Luana disse...

Lu, tbm tenho a mania de decoração!!

E sabe oq me irrita?!
Outras pessoas que me criticam por conta disso!!!

Nunca aconteceu com vc?!

;**

Nai Romero disse...

Você falou tantas coisas, mas a única que consigo dizer é: que escrota essa sua colega!!!

Chamei até meu namorado para ler a situação. Aiii, que ódio, Lu! rs

=*

Sandra disse...

Putz, fiquei com raivinha da menina que estuprou o seu livro... humpf.
Sim, os preços de livros no Brasil são ABUSIVOS. Depois reclamam que o brasileiro NÃO lê, porque será??
Em Portugal ou mesmo na Alemanha muitos bons livros so vendidos a 10, 15 euros, no Brasil vc. não encontra praticamente nenhum livro por 10 ou 15 reais. Quem tiver sorte pode tentar ir em sebos, as vezes dá sorte de encontrar bons livros.
Abraços!!!

Luciana Leal disse...

Ah, gente!
Também fiquei morrendo de peninha da Catita, o bichinho de estimação da minha colega. Que morte horrível ela deve ter tido!

Anônimo disse...

Fiquei triste pelo bicho de estimação, não pelo livro.

Vanessa

Laura disse...

Eu não sei o que acontece com as pessoas que não devolvem os livros. Eu já perdi 2 assim.
Agora esse caso da menina que estragou o seu livro foi sacanagem. A pessoa pede emprestado e deixa jogado de qualquer jeito no carro.
Eu compro muito pela internet. Pesquiso e acabo comprando mais barato do que na loja física.

Bjs.

Lu disse...

Vanessa,

Compartilho da sua opinião, o livro é só um objeto, por mais que seja importante, nunca será mais importante que uma vida, seja ela qual for.

Lu, o bichinho morreu por falta de cuidado de quem deveria zelar pela vida dele, na minha opinião a parte horrível da história é esta.

Anônimo disse...

É muito triste ter nossos bens "estragados" por mãos alheias.

Mas um bem material NUNCA terá o valor de uma vida! E quando essa vida depende totalmente de você o valor é maior ainda!

Muito triste a atitude da tutora, que em nada zelou para a saúde e segurança do animal. E muito triste a falta de compaixão das pessoas, que se preocupam mais com o bem material do que com a vida perdida!
=(

Maíra disse...

cuidar de livro é estilo de vida! e gente que marca com a orelha, nossa, quero matar, rs. mas vc tava falando de novidades, tem um que não é assim tão novo, mas descobri há pouco tempo e estou recomendando pra todo mundo. "a arte de ser desagradável", de jim knipfel (o título foi uma tradução infeliz, na minha opinião, mas a tradução do texto em si não decepciona). são as memórias de um cara, no mínimo, p*rra-louca, mas é extremamente divertido e inteligente ;)

Luciana Leal disse...

Tenho certeza de que, assim como eu, todos ficaram com muita pena da Catita. Ela realmente não merecia morrer assim. Ela vinha sofrendo de um linfoma há um tempão,e se tivesse morrido de linfoma, teria sido ao menos uma morte morrida e não uma morte matada, como foi o caso.
Eu não dei muta ênfase a morte da Catita no post porque, alem de ser uma imagem horrível de se visualizar na nossa mente, não queria fugir do tema do post, que são os livros.
Se uma pessoa trata seu animal com tamanho descaso, imaginem os objetos!

Iza Vieira disse...

Ai, que linda vc! Muito fofo isso de escrever piadinhas e decorar o livro! Eu só marcava minha partes favoritas.
Mas a minha mãe NUNCA compra um livro pra mim sem escrever algo.
Mas... eu não tenho apego a livro nenhum. Leio e pronto. dou, empresto...

Ana Carolina disse...

Lu,

Nao sei se ai no Rio voce vai encontrar, mas meu avo era encadernador de livros, ai ele conseguia deixar livros que se encontravam numa situacao precaria novinhos em folha. Talvez haja solucao pro seu livro amado.

Beijocas,

Carol

Soraya Viana disse...

Oi Dr,
Sempre leio seu blog, mas nunca comento.. rs
Sobre os livros que vc já leu, já tentou trocar? Tem um site ótimo, o: www.trocandolivros.com.br, vc se cadastra, uma pessoa pede seu livro, vc envia pelo correio por registro módico, paga baratinho e depois pode pedir um livro também... Sou cadastrada nesse site e sempre faço trocas... E tem gente do Brasil todo... Moro em Bh e já mandei livro pra Curitiba e já recebi livro de Porto Alegre... É uma delícia... Recomendo a todos. Bjs

DICAS FABULOSAS disse...

Olá, Ameeei seu blog! Já estou seguindo e vou ser uma visitante diária dele. Espero que você também seja do meu...

Beijos,
Blog Fashion Style

http://blog-fashionstyle.blogspot.com

Carla disse...

Adorei o post! eu também adoro livros e gostaria de ter mais tempo para ler mais.
Agora eu estou carrengando um livro para onde eu vou. Se tenho um tempinho livre, dou uma folheada. O problema é que se o livro está numa parte interessante eu acabo ficando antissocial e reclusa até terminar! Que vício!!!

bel, e um plano B disse...

Oi, Lu!

Ah, que crime essa Bárbara fez com seu livro! haha

Olha, concordo com vc em relação ao preço dos livros. Ultimamente, tenho comprado vários pocket book em inglês, que são bem baratinhos (uns 15 reais, mais ou menos). Outro dia estava na Saraiva, e vi uma edição especial de alguns clássicos da literartura inglesa renovados com capas de artistas plásticos famosos. São mais caros, mas achei que vale o preço.
Você gosta de Nicholas Sparks? Tenho lido bastante suas obras, e atualmente estou com "Dear John".
Bem, um bjão, querida (e para o bebê também!)

Bel

www.planobel.blogspot.com

Aryel disse...

Adorei seu blog,Parabéns,bjoo!
http://tudorosachok.blogspot.com/

Adriana disse...

Olá Lú!

Sempre que posso, leio seu blog. Muito criativo, leitura leve e gostosa, Parabéns!
Agora, sobre este episódio, me restou uma dúvida: depois de todo este 'depoimento desabafador' e trágico, a tal Bárbara ainda continua tua amiga?

Luciana Leal disse...

Gente, a Barbara continua minha amiga sim!
Eu gosto muito dela, embora tenha ficado chateada e até hoje não tenha esquecido completamente...

Mas daí eu parei pra pensar que também não sou nenhuma santa e já devo ter feito coisas erradas com ela também...

Livia e Marcio disse...

Oi Lu!
Leio seu blog há tanto tempo (desde os primeiros posts...) e fico feliz com as muitas coincidências... Assim como vc tenho paixão por livros, e mais uma peculiaridade... Engravidamos na mesma época e seremos mães de meninos! A previsão de nascimento do meu Nicolas é para 23 de Junho... Fiquei tão feliz quando vc deua notícia... Entro diariamente, mas, como futura mamãe, sinto falta de mais comentários acerca da gravidez, como vc está se sentindo, encarando esta nova fase tão desejada... Sei que não é o foco do blog, mas vc também tem leitoras mães e grávidas e seria interessante trocar experiências... Quer canal melhor do que o seu blog? Este post, por exemplo poderia conter as sugestões de livros que vc está lendo na gravidez, como um guia para nós futuras mamães... Não se trata de mudar o tema do blog, mas retratar esta linda fase que nós estamos passando.
Um beijo de sua fã,
Livia

Vanessa disse...

Lu

Aqui vão minhas sugestões e leitura:
O tempo e o vento (a colega leitora tem toda razão Érico Veríssimo é clássico e se vc gosta de um bom romance vai amar suas obras).

Ensaio sobre a cegueira

Memorial de um convento

Wings of madness (ótima biografia sobre Santos Dumont)

Divas abandonadas (Teté Ribeiro)

Memórias de minhas putas tristes

Helen Dias disse...

Lu
Eu tambem sou uma devoradora de livros, mas na gestação do meu filho, eu não tinha o menor saco para nenhum livrinho, nem de Dermato!!!!
E aí vc vai para o AAD em New Orleans?
Quem sabe não nos conhecemos lá!!!

R.Chadud disse...

Morro de ciúmes de meus livros e quase nunca empresto.Mas -aii- caí na bobeira de emprestar um livro prum garoto que era confiável, só que ele re-emprestou meu livro para uma menina que eu não vou com a cara, isso ocorreu em OUTUBRO do ano passado.Resultado: Até hoje a garota não me devolveu o livro, o pior é que não vamos estudar mais juntas (acabamos o 3º).Tô tento um xilique esses meses, eu pedi para ela me devolver meu livro e ela me ignorou.Raiva.Mas vou conseguir esse livro de volta, isso eu vou.
*Desabafo*

Mari disse...

tooo muito curiosa.. sua amiga que estragou seu livro lê seu blog? ela te deu outro livro?//curiosidade demaaaais.bjo

Só Brincos disse...

Adorei o seu blog,maravilhoso,já estou te seguindo, parabéns.
Rogerio Rinaldi designer de jóias e acessórios.
http://sbrincos.blogspot.com
Bejão.

Uma PROFESSORA apaixonada.... disse...

Já leu os livros da Zélia Gattai? São fantásticos e no site Submarino sempre entram em oferta.
Beijos.

Crystiany Santana disse...

Olá Luciana ,amei seu blog...
Vi que gosta muito de livros, eu também gosto muiito,já leu o guardião de memórias?? muiiito bom!! Atualmente estou lendo a menina que roubava livros, e estou gostando bastante.. Vi que fala de seriados, você já viu Lost ??? é muito bom,v ocê ve um episódio,e não aguenta esperar pra ver o outro...rsss
Quando saiu a 2º e 3º temporada meu esposo e eu locamos e vimos assim em um final de semana, é muiiito bom....rs...

Luciana Leal disse...

Oi, meninas!
Não, minha amiga não lê meu blog.
Uma pena, pois, se lesse, talvez ela se animasse em me dar um livro novo...

MORETHANSPECIAL disse...

Que absurdo isso! Quando pego algum livro esprestado eu trato como se fosse a coisa mais preciosa do mundo. Fico cheia de dedos para não fazer sequer uma orelhinha maldita! Essa sua amiga é da Onça, isso sim! Eu acho que matava! rsrsrs...
Eu faço o mesmo que vc! Coloco sempre data e em que papelaria comprei. Não coloco o motivo e amei essa ideia!!! Se bem que eu não preciso de muitos motivos pra comprar. A maioria dos meus teria: Motivo: Entrei na Livraria pra procurar o que comprar de interessante e achei esse! Hahahaha...
Beijinhos e ainda bem que voltou! Morro de rir com seus posts!!!!

MORETHANSPECIAL disse...

Que absurdo isso! Quando pego algum livro esprestado eu trato como se fosse a coisa mais preciosa do mundo. Fico cheia de dedos para não fazer sequer uma orelhinha maldita! Essa sua amiga é da Onça, isso sim! Eu acho que matava! rsrsrs...
Eu faço o mesmo que vc! Coloco sempre data e em que papelaria comprei. Não coloco o motivo e amei essa ideia!!! Se bem que eu não preciso de muitos motivos pra comprar. A maioria dos meus teria: Motivo: Entrei na Livraria pra procurar o que comprar de interessante e achei esse! Hahahaha...
Beijinhos e ainda bem que voltou! Morro de rir com seus posts!!!!

eva disse...

Amo livros, adoro entrar em livrarias e achar um novo companheiro. Atualmetne uso muito as livrarias virtuais pois faciliatam a vida e o preço é menor do que na loja fisica. Posso ler o resumo e em alguns os comentários dos leitores. Acho ótimo, e as vezes fico navegando e namorando meus livrinhos, claro que pessoalmente é legal pq dá para dar ma folheada e ver se o texto agrada.
Até que não sou muito ciumenta dos meus livros, adoro emprestar e tenho sorte nunca recebi nenhum tão mal tratado como o seu ficou, que dó! Ainda mais sendo um livro médico, esses eu tenho dó de emprestar e faço mil recomendaçoes.
Gosto muito do seu blog, parabéns.
Beijos

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???