domingo, 14 de fevereiro de 2010

Dica para evitar assaduras nas coxas durante o carnaval!

Quem tem as coxas grossas (independente da "grossura" acontecer por excesso de músculos ou gostosura) sabe como esse problema é chato. No carnaval, é uma situação muito frequente, porque as pessoas frequentam blocos, têm tempo de dar longos passeios, tudo isso usando pouca roupa e suando bastante.
O resultado dessa soma: fricção + suor = assadura, e em alguns casos ocorre até uma queimadura. Arde muito! E compromete o carnaval de quem gosta de curtir uma folia. Para evitar entrar nessa cilada, anote essas dicas: # Se possível, evite camilhar longas distâncias com roupas muito curtas como saias, shorts e até biquine. Precisa existir uma "parede" entre as duas coxas para não haver atrito.
# Se usar uma roupa curta realmente for muito importante (eu sou mulher e conheço a necessidade desse tipo de vestuário), você pode usar aqueles talcos antitranspirantes para os pés (isso mesmo, pés!) entre as coxas. Elas vão deslizar que é uma beleza! Aí você pode me dizer: ah, mas vai ficar tudo branco e eu vou me sentir uma vovó!
Na hora da aplicação, fica tudo branco mesmo, não vou mentir. Mas à medida que você espalha o produto, ele vai sumindo. E você sente essa sensação de bem estar durante um tempão! Mas se a sua pele for mais morena, e você realmente achar que o local está mais branco que o resto das pernas, pode e deve usar um pó bronzeador com um pincel por cima do talco.
Você não deve usar base, nem nenhum produto cremoso, porque o talco vai perder o efeito.
# Outra coisa que você pode tentar, é usar um shortinho de cotton por baixo da roupa. É legal porque até permite uma proteção extra contra mãos exploradoras que brotam no nosso corpo durante a passagem de um bloco. E estiver menstruada, ajuda a segurar o absorvente no lugar.
# Ventilação e umidade. A região entre coxas precisa estar seca e ventilada. Dê umas pausas para se ventilar de vez em quando. Vá a um banheiro, seque as coxas com papel higiênico, reaplique seu talco, dê uma abanadinha e volte para o bloco!
# Quando o estrago estiver instalado, geralmente uma pomada para assaduras de bebê já alivia bastante. Mas se a região tiver bolhas, coçar intensamente ou existir lesões satélites fora da área principal da assadura, procure o seu médico.

10 comentários:

Cíntia disse...

E quando essas assaduras provocam manchas? Em minha adolescência tive muito isso e as cochas mancharam. Já fui em 2 dermatologistas. O primeiro indicou uma fórmula, mas eu tinha que sempre retornar nele pra pegar a receita novamente, aí ficou complicado A segunda me passou o leucodin, mas achei os resultados tããão vagarosos. Acabei optando por fazer tratamento com esteticista com ácido glicólico a 10% e achei os resultados muito mais rápidos.
Será que você não poderia fazer um post continuando esse assunto? Pessoas como eu adquirem essas dermatites por contato por causa da melanina em excesso? Existem outras causas? No meu caso também tenho manchas nas axilas, é por causa da lâmina?
Ah, nenhum dermatologista me tirou essas dúvidas, pareciam o Flash durante a consulta.
Agradeço desde já.

Ana Carla disse...

Boa Dica ever....
bjoss

Anônimo disse...

Lu, umidade está escrito com h.
Beijos.

Andreza Mattos disse...

Oi Lu...

Adorei as dicas, pois tenho as coxas grossas e sei bem como é isso...bjs

Adriana Mello disse...

Oi Luciana,

Adoro seu blog! Leio todo santo dia, mas nunca comentei. Tenho uma filha de 1 ano e dois meses que nunca tinha sofrido uma assadura sequer. Mas com esse calor que anda fazendo, apareceu uma enorme na bichinha ontem. Estou tratando desde ontem e já está muito melhor. Sinceramente, eu não sei quem sofre mais; eu ou ela. Em bebê ainda tem o agravante da fralda. Eu até a deixo sem fralda por algum tempo para ventilar a região, mas não dá para ficar o dia todo sem. Na gravidez sofri dessas assaduras no meio da coxa, mas tratei logo.

Um beijo e parabéns pelo blog!
Adriana

Josi disse...

Booa dica, até pra quem não vai pular o cranaval ! \o
beijos

Camila disse...

Eu tenho as pernas muito juntas, Lu.
Eu já usei talco granado, mas com a humidade, o poder deslizante do talco acaba.
Então descobri coisa que não se esgota: óleo johnson.
Dura a noite toda, o suor não interfere, não preciso reaplicar, não me asso e não aparece.
Dica de quem já ficou 12h dançando em rave, hein.

Andrea disse...

Uma dica potima é usar o talco líquido da natura mamãe bebê. ele não fica branco e não deixa assar..

Fernanda disse...

Adorei a dica. Leio sempre seu blog, é muito bom, você está de parabéns!
Assim como Cintia, que comentou acima, gostaria que também falasse sobre essas manchas tão terríveis que nos atacam na virilha e nas axilas.
Aguardo seu post.
Obrigada pela atenção!

Anônimo disse...

ola adorei seu blog...e essas dicas com certeza repassarei para minhas amigas....pois nao sofro com esse problema pois minhas coxas nao juntam nem tentando....
otima dicas....
bjaoo
Michele

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???