terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Dinheiro boomerang: vai e volta! (ou como usar o tax free na Europa)

$$$$ é bom e todo mundo gosta!


Se eu tivesse lido este post antes da viagem, teria tido menos dor-de-cabeça. Acontece que nas minhas outras viagens à Europa, eu estava munida de pai e mãe. Logo, não precisava me preocupar com dinheiro, reembolsos, notas fiscais, envelopes e etc.
O fato é que turistas não residentes na União Européia possuem direito à restituição de uma mísera fração paga pela mercadoria, o tal do IVA (Imposto sobre Valor Acrescentado). Existe sim, um valor mínimo que o turista precisa gastar antes de ter direito a esse benefício. Em Portugal, por exemplo, o valor é 59,36 Euros. De onde eles tiraram esse valor, eu não sei (esses 36 centavos são a coisa mais ridícula que já vi na minha vida). O valor restituído gira em torno de 20%.
E como fazer para ter a grana de volta? Fácil, fácil.
1) Faça a compra. Essa é a melhor parte. Quando estiver pagando, faça uma carinha de simpatia e peça o tax free. Nessa hora, a alegria de seu atendente vai por água abaixo porque ele vai precisar preencher um formulário extenso. Depois vai grampear nele a sua nota fiscal e vai colocar tudo dentro de um envelope lindinho. NÃO PERCA ESSE ENVELOPE. E lembre-se de andar com o número de seu passaporte (você vai precisar sempre desse número) anotado naquele seu caderninho de viagens, já comentado aqui no blog. Não fique andando com o seu passaporte pra cá e pra lá, porque se você for assaltado (isola!) vai ter uma trabalheira danada.
2) Ao chegar no hotel, guarde o tal do envelope em uma pastinha, que você já terá trazido do Brasil, porque é muito organizado. Se largar o envelope no meio das compras, vai perde-lo. Certamente.
3) Na hora de arrumar as malas para ir embora, separe todas as mercadorias numa bolsa de fácil acesso, porque será solicitado que você mostre suas comprinhas ao fiscal que vai carimbar suas notas. Nessa hora, invariavelmente você se sentirá um pouco muambeiro. Adoro me sentir assim.
4) Bom, então você separou os envelopes numa pastinha e deixou a mercadoria separada num compartimento prático. Ok. Perceba que você tem dois tipos de envelopes dentro da sua pastinha:
Em um estará escrito "Premier Tax Free" e no outro "Global Refund". Para agilizar ainda mais seus trâmites alfandegários separe todas as notas fiscais de cada uma dessas empresas. Pronto, agora você só tem dois envelopes, cada um com suas notas.
Agora pode ir para o aeroporto.
5) Chegando ao aeroporto, faça o check-in, mas NÃO despache a mala que contém as suas mercadorias. é obrigado fazer o check in antes de ir ao posto onde você receberá o carimbo para ter seu dinheiro de volta. Logicamente, as letras onde essas informações estão escritas são mínimas.
6) Após o Check-in, dirija-se ao local onde deverá apresentar suas mercadorias para receber o tal carimbo. Cada aeroporto tem o seu posto, é só ver no envelope. E, claro, o aeroporto precisa ser o seu destino final na Europa.
7) Após mostrar as compras e pegar o carimbo, você já pode despachar as suas malas. Existe uma esteira especial para que isso seja feito sem você precisar voltar na fila do check-in. Como a sua mala já está com aquele adesivo do check-in, basta que você mesmo coloque a mala na tal esteira. E torça para que ela não vá parar no Canadá. Dá um certo desespero ver a sua mala sumindo em direção ao "nada" na esteira.
8) Agora sim, se o seu avião já não estiver decolando, é que você pode se dirigir à terceira fila para ser restituído, em outro posto. Lá você poderá escolher a forma que pretende receber sua grana: por cartão, em cash ou em cheque. Por tudo isso, você deve chegar cedo no aeroporto. Eu não confio nem em transfer, como já sabia que ia me embananar toda, peguei um taxi, cheguei ultra cedo no aeroporto e consegui sobreviver pra contar à vocês.

13 comentários:

Cristina disse...

Só para complementar a sua informaçcao, que é muito util, os europeus que nao morem na Uniao Europeia, assim tipo, morem no Brasil, rsrsrs, tambem têm direito ao Tax-free.

Eu demorei para descobrir isto e perdi dindim...

Bjs

Cris

Dayse disse...

Oi Drª princesa! super legal a dica, 20% é um valor muito bom pra se ter de volta! gosto muito do seu blog! bjs e que Deus te abençoe!! ^_^

mcoral disse...

QUERIDA DOUTORA,
EM JULHO ESTIVE EM LONDRES E FIZ MINHAS COMPRAS.....
PREENCHI TUDO DIREITINHO E ATE AGORA NADA DE VER A COR DO DIN DIN...
BEIJOCAS
MARCIA

Anônimo disse...

Dra. Lu!!!!!!!!!

Me ajuda please!Tenho a maior simpatia por você sem nem ao menos conhecê-la porque dentre outras coisas seu blog é de utilidade pública. Há uns 6 meses mais ou menos sofro de queda de cabelo.Já falei com umas blogueiras que sofreram o mesmo problema que eu, mas agora estou numa dúvida enorme de quais remédios comprar. No momento estou tomando Combirom Fólico (minha ferritina era baixa) e Pantogar. No começo melhorou a queda, mas agora voltou. Perguntei pra minha médica se podia usar outro remédio para queda associado e ela disse que sim.Tô pensando em comprar "Inneov Hair Volume Supplement" ou "VIVSCAL caps" ou "OENOBIOL hair and nails caps" ou "Phithofanerie caps". Esses remédios vieram de pesquisas na blogosfera e dicas de blogueiras.Aiii,tô na maior dúvida em qual remédio comprar.Em sua opinião qual desses remédios é o melhor, o que é mais falado e elogiado? Sei que não se pode fazer uma anamnese sem ver o paciente, mas vou voltar na minha dermato logo, logo. Só que sua opinião é de extrema importância pra mim =) Me dà uma luz please!

Beijoooo e obrigada desde já!

Gabriela

Jéssica Louisiana disse...

Dica bacana demais!

Com certeza eu vou fazer isso! =D

O blog ta otimo, como sempre!

Se puder, passa la no blog depois: guiademenina.blogspot.com

Izabela disse...

Pois é, a gente se esforça pra fazer tudo isso e mesmo assim alguns desses reembolsos não chegam nunca!
Em julho eu pedi 7 reembolsos, madei o envelope carimbado, tudo certinho, e pedi o estorno no cartão. Só recebi 2 créditos até agora... e pior, a Sephora, que dá a détaxe na hora (desconta o valor na suas compras, se atingirem o montante exigido), ainda descontou a détaxe no meu cartão 2 meses depois da compra. ABSURDO! Na miha próxima viagem eu já decidi não pedir détaxe, aí eu não passo raiva e não perco tempo ficando em filas, chegando mais cedo no aeroporto, etc.

Amanda disse...

Lu,

Este post é perfeito!!! Tudo que eu precisava para não me enrolar na próxima viagem.
Receber dindin de volta é ótimo e se for sem estresse (só enfrentando as filas), melhor ainda!

Beijo!

Luciana Leal disse...

Por isso é que vocês devem pedir para receber a grana em cash, meninas!!

Casa de Catarina - lelê disse...

Adorei as informações... vou marcar para reler ANTES de qualquer viagem para lá.
Beijos!
lelê

Pepita disse...

Oi, Lu! (nossa, quanta intimidade)
Tudo bem? Meu comentário não tem nada a ver com o post mas preciso da sua ajuda. Sou de BH e acabo de me mudar para Niterói. Sempre que vinha para o Rio, meu cabelo ficava meio esquisito e eu tinha uma ou outra espinha. Agora, meu cabelo está parecendo uma palha de aço, ressecado e espigado. A pele do rosto está razoável, um tanto quanto oleosa mas sem espinhas. A pele dos ombros está parecendo uma lixa de tanta mini-espinha que apareceu. Não adiantar passar bucha, esfoliar, ficar sem passar creme. Tá um lixo.
Tem alguma coisa que eu possa fazer para melhorar a minha pele?
Adoro seu blog. Sempre acompanhei meio caladinha e agora resolvi falar... e muito.
Beijos,
Paula.

fabi disse...

Oi Lu, quando eu voltei de lá, o 'protocolo' foi diferente e bem mais simples. Até a parte dos envelopes foi a mesma coisa, mas no aeroporto bastava colocar os envelopes numa urna que estava depois da área de embarque. Só isso!
Detalhe: eu não tive tempo de preencher todos os campos dos envelopes então não coloquei nesta urna e resolvi mandar via correio para o endereço da Global Refoud que tinha nos envelopes, e acreditem... Alguns mesess depois recebi os taxs no cartão! Lógico que não recomendo ninguém tentar essa sorte :)
Em tempo... quem está morando lá tem direito aos taxs dos últimos 3 meses e isso vale até para custos como aluguel... basta vc pedir os recibos para o landlord.

Anônimo disse...

Lú..semana que vem vou fazer o mesmo cruzeiro que vc e seu marido fizeram no ano passado, o MSC Música para Buenos Aires. Estou com uma lista enorme de compras e sei que lá também tem o TAX FREE. Mas como não vamos embarcar no avião e sim no navio, você sabe como fazer?
Outra coisa...dá umas diquinhas do que visitar por lá...seria o máximo!
Adoro todas as suas dicas. Pena que não tenho blog para você também me conhecer!
Beijos

Camila

Marina disse...

Tax Free Vale muito a pena!
Afinal de euro em euro vc recebe de volta vários reais... 5 daqui 15 dalí quando vc soma e transforma em real vc recebe um $$$ beeeem razoável!

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???