terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Câncer de Pele: dando nome aos bois (quer dizer, aos tumores)

A responsabilidade de diagnosticar e tratar os diferentes tipos de câncer de pele não é do paciente, é do médico. Porém os olhos dos nossos pacientes precisam estar treinados para perceber possíveis alterações em suas peles. Algumas vezes essas alterações podem se traduzir em um câncer cutâneo. Sabemos que nem todas as pessoas possuem o hábito de visitar o dermatologista regularmente (assim como o dentista, o clínico geral, o ginecologista, o urologista...), de forma que se torna indispensável estarmos atentos à todas as "novidades" apresentadas pela nossa pele.
A começar pelo carcinoma basocelular, o tipo de câncer cutâneo mais comum, representando em torno de 75% dos casos. Embora seja considerado o mais benigno dos tumores malignos de pele, por apresentar sobretudo potencial de destruição local (raramente provocam metástase, mas elas podem acontecer), precisam ser tratados, pois a infiltração local pode provocar deformações e alterações funcionais da região anatômica acometida.
Incide com maior frequencia em adultos com mais de 40 anos de idade. O principal fator predisponente é a exposição à luz solar, porém outras causas podem estar presentes como radioterapia, arsenicismo e alterações genéticas (pacientes com albinismo, xeroderma pigmentoso...).

Outra situação clínica extremamente comum é a ceratose actínica. Vocês já viram algumas pessoas (geralmente de mais idade, pois a causa mais comum é o efeito cumulativo solar) com a pele áspera e cheia de manchas (algumas brancas, outras rosadas e também acastanhadas)? Esse tipo de lesão é uma espécie de pré câncer, ou seja, as células já se encontram displásicas (alteradas), porém ainda não existe um tumor consolidado.
Existem diversas modalidades de tratamento para a ceratose actínica, que vão desde terapias conservadoras até as mais ablativas, como por exemplo a terapia fotodinâmica.

Quando a ceratose actínica não é tratada, ela geralmente forma, a longo prazo, o carcinoma espinocelular, foto abaixo (para mim, esta foto está mais parecida com basocelular, mas pela histopatologia, trata-se de um espinocelular). Este é o segundo tipo mais frequente entre os tumores da pele e das mucosas, representando cerca de 15% dos casos. Neste caso é mais comum ocorrerem metástases.
A escolha da terapêutica depende do tipo de células da neoplasia, da localização, da profundidade, do tamanho do tumor, tempo de evolução, idade do paciente, caráter primário ou reicidivante, história familiar, tipo de pele em torno da lesão e do fato de ser único ou múltiplo.
Com isso, é fácil perceber que, em se tratando de câncer de pele, não existe uma receita de bolo, concordam?

Por último, temos o temível melanoma.
O melanoma é tão maligno, que se participasse da saga do Crepúsculo, certamente estaria na família dos Volturi, por produzir o maior índice de mortalidade.
É um tumor constituído por proliferação de melanócitos atípicos. Tem caráter invasivo e produz metástases "como quem bebe água", principalmente para linfonodos e outros órgãos internos (pulmões, fígado e cérebro).
Pode surgir em qualquer idade, mas é raro antes dos 12 anos. Para saber diferenciar um nevo comum (o inocente "sinalzinho") de um melanoma, procure decorar o ABCD do melanoma:

Eu sei que essa conversa sobre câncer não é o assunto preferido pela maioria das pessoas, mas não pode ser ignorado.

Para a sua pele ser melhor do que a de todo mundo, é necessário que:
1) Você esteja vivo;
2) Tenha uma pele saudável!!!

46 comentários:

Renata disse...

Boa!

Pedro disse...

Sou de SC, estado campeão em casos de câncer de pele. Já perdi uma pessoa próxima em virtude do câncer de pele (não me lembro que tipo era). Já vi gente amputada pelo mesmo motivo. E no momento minha vizinha está com melanoma.

Acho que os médicos de outras especialidades deveriam prestar mais atenção nos sinais que podem indicar a presença de um câncer de pele; a maioria das pessoas não vai ao dermatologista regularmente, mais vai pelo menos uma vez a cada uns cinco anos ao clínico geral (chutando).

Anônimo disse...

Bom Dia ,doutoura!
Realmente não é um assunto bom de falar,mas é tão necessário que fiquemos ciente.
Obrigada.
Patrícia - Bh

Adorável Julia disse...

Oi Luciana!
Ai que nojinhooo...
Bom, eu sou super branca, e sempre tive sinais e outras manchinhas. Já retirei váaarios com laser e cirurgia.

Sou descendentes de alemãs e poloneses, e na minha família já existiram casos de melanoma.

Ultimamente notei o surgimento de novos sinais. Vou macar uma consulta no dermato para verificar se devo retirá-los.

Ótimo post, é sempre bom lembrar que observar a pele faz toda a diferença.

Beijos;
Julia.

Bruna Andrade disse...

Dr. Princesa, preciso muito da sua ajuda, é urgente!!! Gostaria que a me indicasse um, dois, três... cremes para clarear axilas. Por favor Doutora, preciso muito!!
Beijos Lu!!

Bruna Andrade disse...

Ah Doutara!! virilha também!!! Beijos, Lu!

Elida disse...

É a primeira vez que vejo esse assunto tratado de forma tao elucidativa e didática quanto nesse post!
Obrigada, Doutora!

Angela disse...

Oi Dra!
Sou de Porto Alegre...
Meu pai teve o carcinoma basocelular no nariz, começando como uma espinha que foi mexida e virou ferida, abrindo um buraquinho na pele...tratou durante quatro anos, incialmente com radioterapia, e no final de 4 anos e 9 cirurgias que deformaram seu rosto,ele faleceu...ele era um típico descendente de italiano, que trabalhou durante 30 anos como motorista de caminhão, pegando sol direto no rosto sem nenhum tipo de proteção...gente vocês não imaginam como foi sofrido tudo isso...eu depois disso, não fugi do sol, mas estou sempre de olho nos meus sinais e quando vou à praia sempre uso proteção solar 30 no corpo e 60 no rosto...Mas Dra. fiquei com uma dúvida: o tumor basocelular pode ter metástase ou pode se transformar num espinocelular, ou isso não tem nada a ver? Parabéns por mostrar a todos que temos que nos cuidar do sol! Bjo guria!

Zica disse...

Nossa, adorei o post, Parabéns!!!
Mas é horrivelzinho, ne...
Meu pai e vários tios tem este pre cancer nos braços e no rosto. Dois já tiveram que operar e tirar grandes porções de pele, ficou bem feio.
Eu fujo de sol e passo bastante filtro solar, ontem comprei o photoderm max 100!!!
bjs!

Dee disse...

Nossa, ótimo post!
Eu vi na tv há algum tempo esse ABCD do melanoma e tava mesmo querendo lembrar. Cancêr de pele assusta tanto!

Thais disse...

Olá Doutora!
Minha familia é bem clara e já teve vários casos de câncer de pele, entre eles meu pai e minha sogra.
Minha filha de quatro anos é branquela do olho azul, moro em Curitiba mas nas férias fico dois meses na praia com ela. Por esse motivo sugiro que faça um post sobre protetores solares infantis para cuidar melhor da minha princesa...
Um grande beijo
Thais

Vanessa disse...

Parabéns pela iniciativa. O melhor tratamento ainda é a prevenção.

bjs

juliana disse...

Luciana, fazia tempo que eu procurava um artigo sobre câncer de pele,que bom que vc trouxe.

Rosiani disse...

Nossa excelente essa matéria! essa semana mesmo uma amiga minha me mostrou uma pinta "diferente" já mandei o link pra ela!!
bjs

Heloisa disse...

Super válido esse post! Eu sou cheia de sardas mas quase nunca tomo sol... não aguento mais de 30 minutos e sempre passo protetor no rosto, mas vi essa noticia e fiquei MEGA preocupada, depois dá uma olhada: http://www.proteste.org.br/corpo-humano/protetor-solar-seoacute-dois-funcionam-s495401.htm
Eles falaram que testaram os protetores e 8 marcas que são muito usadas no Brasil foram reprovadas! O que você acha?? Bjim

Heloisa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Heloisa disse...

http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultnot/2009/12/01/pro-teste-reprova-oito-entre-dez-protetores-solares-fsp-30.jhtm
Aqui tem a matéria sem precisar de cadastro...

by Faby disse...

Sou super branquinha Lu e morro de medo das minhas pintinhas. Em todas as minhas visitas ao dermatologista tiro algumas, mas a biopsia sempre dá ok! ufa!

Meu problema maior é com a cicatrização... as vezes fico com marquinhas altas no local onde foi retirado porque tenho (ou sofro, não sei qual o termo certo) queloide!

Acho que ainda as pessoas se preocupam muito pouco com o cancêr de pele... uma pena!

beijos
Faby

Silmara disse...

Oiiii...
Tá vendo como agora tenho tempo? Eu disse que a ventania passou, serei sua seguidora real agora...
Adorei a matéria, sempre muito bom saber das coisas horríveis também... assim nos precavemos mais...
Adorei!!
Gde beijo!

Nai Romero disse...

Oi, Lu!

Que agonia, não consegui ler a matéria por causa das fotos o.O'

Sugiro que quando você fizer uma matéria com fotos ruins de ser, porém que são importantes, você coloque uma espécie de link para a pessoa clicar e abrir... se quiser olhar.

Já vi isso em vários blogs, mas o que mais me lembro foi um que vi esses dias, que não agora qual foi, mas a menina estava contando que estava fazendo tratamento para melasma e resolveu depilar o buço com cera. Resultado: ela ficou ardendo e passou spray antissépico... que aliviava na hora, mas pirou!
Foi ao médico e ele deu um anestésico pra ela passar... que eu alergia!

Ou seja, o emendo ficou pior que o soneto, coitada =/

Daí ela fez um post alertando e deixou a opção das pessoas verem ou não as fotos, porque são nojentas e chocantes as vezes.

Olha só, isso aí é para quem pensa que a vida de dermatologista é só hidratantes, tônicos e peelings. rs

Ah! Eu tinha vindo aqui justamente postar o mesmo link que a Heloísa. hehe

Beijos
=*

Anônimo disse...

Luciana, realmente este post é muito didático, como mencionado anteriormente, e com informações claras que as matérias sobre cÂncer não mencionam.
Também gostaria de sua opinião sobre os testes feitos pela Pro Teste com os protetores solares.
Bjs,
Ângela

Patricia disse...

Oi querida doutora... adoro e acompanho o seu blog e dias atrás vc fez um teste com alguns protetores solar. Hoje na pagina da UOL tinha uma matéria falando que a Pro Teste tinha feito alguns testes com marcas conhecidas e 8 de 10 teve resultados não muito bons, se quiser dar uma lida, o link é o seguinte. http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultnot/2009/12/01/pro-teste-reprova-oito-entre-dez-protetores-solares-fsp-30.jhtm
Beijos

Marina disse...

Aliás, vc viu a matéria d'O Globo sobre o teste que a Pro-Teste fez com alguns protetores solares? Uso o da La Roche e fiquei passada.
Acho que seria um post interessante!
beijos,
Marina

Ana Carla disse...

Lu
Quando é sobre saúde informação nunca é demais, obrigada pelo post muito esclarecedor.
Reencaminhei o email para vc.
Bjos

Anônimo disse...

Esse é um assunto que me preocupa muito.Na ninha infancia e adolecencia ficava no sol o dia todo , na praia então adorava me expor sem proteção nenhuma. Agora tenho muitas manchas e pequenas pintas altas. Os dermatologistas dizem que não são importantes mesmo assim fico atenta.
Além de tudo sou alergica e não suporto o cheiro dos protetores solares nem aquele muito melequentos.
Tem algum sem essas caracteristicas para me indicar?

Val

Fernanda disse...

Oi Lú,vc viu o teste dos protetores que saiu hj? Mtos dos conhecidos não foram aprovados!!! Está no UOL.
Bjs.

Clô Manso disse...

Parabéns pela iniciativa. Eu estou sempre atenta a minha pele e a dos meus familiares.

Marilene Sales disse...

Oi Drª, como vai?

Minha mnae teve câncer de pele no Rosto e no COURO CABELUDO.

Ela ficou com uma falha grande e ainda sente um pouco de dor...

SAbe, o impressionante foi q ela não vai à praia, é sol de ir ao mercado mesmo.

Beijos e valeu pela matéria

mariza disse...

Oi Luciana.

Queria que você me esclarecesse como actua o differin (a noite) na pele em conjunto com o effaclar corrector duo (de manha) e se é normal a pele descamar, arder e ficar vermelha nas primeiras utilizações?

beijo grande

Olivia disse...

Oi Lu,
eu tava dando uma volta pelos blogs favoritos e li no Trendy Twins um post sobre um teste de protetores fator 30, no qual a maioria falhou!!!!de acordo com os padrões deles lá...mas já deu pra ficar de orelha em pé. Se der da uma olhadinha.
Bjao!

Adriana disse...

Querida Princesa LU, acho ótimo vc elucidar este tipo de problema que parece devagar (sol é acumulativo) e vai ficando na pele da gente.. até que um dia ele aparece e dá o ar da (des)graça. Mas tem jeito!! Meu biotipo: pele muuito branca, sardenta, ruiva de olhos muito claros e 42 anos de vida, num país tropical... já viu, né? POis bem, a gente a caba conhecendo ácidos, creminhos e tanta coisa mais, pela indicação médica, leitura, uso e blog respeitável e sério como o seu.
Gente, cuidem da pele, pois já queimei muita pinta no rosto e corpo, e até jás fiz cirugia e dói a picada de agulha na testa, viu?!!!
Hoje eu adoro filtros solares complexos, de FPS altos, que me deixem protegidas e hidratadas.
Biotherm, La Roche Posay, Vichy, Elisabeth Arden, Lancome, Avenne e tantos outros.
Sem contar que ainda evita o envelhecimento - tudo de bom!!
A-D-O-R-E-I!!
VC ESTÁ CERTA EM DIVULGAR! AS FOTOS SÃO NORMAIS E SEM TRAUMAS, POIS VC ESTÁ MOSTRANDO QUE A COISA É FEIA MESMO, TEM QUE CUIDAR, PREVENIR.
MIL BJSSSSSSSSSSSS.
Adriana Rodrigues

Taís disse...

Oi Dra. Luciana, tudo bem ?

Confesso que essa matéria me deixou um pouco preocupada. Há uns 6 anos atrás +/- eu consultei uma dermatogista por causa de umas bolinhas que saíram no meu braço. Elas parecem uma verruga, tem cor marrom, porém a pele não é áspera e qdo aperto, sinto que tem parte por baixo da pele, não é só superficial. Na época a médica disse q não era nada sério, mas q se eu quisesse poderia retirá-la. Eu não retirei e hoje tenho umas 06 espalhadas nos braços e pernas.
Vc tem alguma opinião ? Sei q é meio complicado sem ver, mas é q sou ansiosa mesmo rsrsrsrs, não vou aguentar esperar a consulta q marquei somente para 22/12.

Se quiser posso te enviar uma foto das bolinhas ...

Obrigada,
Taís

Witched... disse...

Super obrigada pelas fotos e pelo post super elucidativo!
Acho qeu as fots não deveriam ser retiradas não, pois é de carat´er preventivo. Afinal, quem é que vai saber que tem algo facilmente detectável se nunca viu?
Beijos em vc e na Lara!

Rosana Albuquerque disse...

Òtima postagem..Um Alerta!!
Sempre estou por aqui mas nunca comentei.Meu pai começou assim como se fosse um sinal, depois por último começou a crescer e sair uma água e só foi agravando.

Danielle Oliveira disse...

Oi Luciana!!

Adorei o post!!! É ótimo pra alertar as pessoas sobre o aspecto das feridas que dão no câncer de pele... Meu namorado tem 30 anos e há um ano percebemos uma mancha na testa dele... ele foi ao médico e o médico pediu pra ele observar pra ver se iria crescer, mudar etc, mas não fez nenhum exame ou indicou nada... com o passar do tempo, vi que a mancha continuava do mesmo jeito e falei pra ele ir ao médico novamente pq não era normal aquela ferida não cicatrizar... o aspecto é tipo quando vc queima a pele no sol, e tira a pelinha e fica aquele aspecto avermelhado, sabe?? e ele como típico americano branquelo de bochechas vermelhas morando no BR sempre se protegeu MUITO, nao saía de casa sem protetor e etc... há um mês ele voltou ao médico e insistiu que gostaria de fazer um exame, e deu que ele estava com câncer de pele.. por sorte era benigno, e ele fez 2 cirurgias no mesmo dia para a retirada do câncer... Agora está tudo certo, mas mesmo assim foi uma situação péssima que poderia ter sido resolvida há pelo menos 1 ano (que é quando percebemos a mancha) se algum de nós soubessemos mais sobre o assunto...

Arrasou no post!!! Parabéns!!!!

Beijinhos

CLÍNICA POTIGUAR disse...

PARABÉNS PELO TEXTO!
Ana Luisa Bila (dermatologista, Marabá-PA)

Caroline disse...

Você é fantástica! Super importante esse post. Sempre ouvi falar sobre bordas, cor e etc mas nunca sabia como eram na verdade. Adorei. Bjos

Reino da Fantasia disse...

Pois é! O que cura muitas vezes mata. Sol é muito bom principalmente quando se mora numa cidade onde a temperatura atinge 45º, difícil não se expor a não ser que se policie quase 24h por dia (rs).abçs,

Anônimo disse...

oi queria saber se o cancer de pele tem cura a dorei sua pagina tem como me responde..........
meu pai pode esta com cancer

Angela Alves disse...

Estava pesquisando sobre cancer de pele e achei a matéria no seu blog. Estou preocupada porque meu avô, de uns 3 meses pra cá começou a apresentar uma lesão estranha no nariz, parece a da terceira foto, porém é escura e tem crostas enormes e nao dói nem coça.. A dermatologista que o atendeu diagnosticou (apenas no "olhômetro") câncer e o encaminhou para cirurgia. O que me preocupa é o fato de não ter sido realizada nenhuma biópsia para confirmação ou análise do tipo de câncer. A lesão também se parece muito com as causadas por leishmaniose tegumentar americana, que exige tratamento específico com medicação e não cirurgia..
Se puder dar uma orientação, agradeço muito..
Abraço!

Vaneska disse...

Boa Noite Dra, hj sai a biopsia da minha vó, agora não me recordo muito bem do noe do diagnostico mas é algo com ceretonoma, algo assim.. o médico disse que é algo pré-maligno que se ela não se cuidar pode virar cancer, porem.. ele não passou nenhum tratamento pra ele, nada.. apenas pediu para não pegar muito sol. O que devemos fazer, procurar outro médico, não consigo acreditar que ela não precisa se tratar como o médico disse. Por favor me de um retorno. Estou muito preocpuada com isso, estou meio traumatizado com isso, uma amiga teve metastase de melanoma no cerebro... graças adeus deu tudo certo.. mas não quero passar isso com a minha avó.

Willmer Miller disse...

Dra, sou de Recife-PE, tenho 25 anos. Fui a um pic nic na Paraiba e fiquei muito tempo no sol, meu corpo ficou muito vermelho e ardido, estou preoculpado pq esta nascendo umas bolinhas de água as vezes eu estoro. E normal essa bolinhas Dra?

Willmer Miller Rocha disse...

Dra, sou de Recife-PE, tenho 25 anos. Fui a um pic nic na Paraiba e fiquei muito tempo no sol, meu corpo ficou muito vermelho e ardido, estou preoculpado pq esta nascendo umas bolinhas de água as vezes eu estoro. E normal essa bolinhas Dra?

Willmer Miller Rocha disse...

Dra, sou de Recife-PE, tenho 25 anos. Fui a um pic nic na Paraiba e fiquei muito tempo no sol, meu corpo ficou muito vermelho e ardido, estou preoculpado pq esta nascendo umas bolinhas de água as vezes eu estoro. E normal essa bolinhas Dra?

Willmer Miller Rocha disse...

Dra, sou de Recife-PE, tenho 25 anos. Fui a um pic nic na Paraiba e fiquei muito tempo no sol, meu corpo ficou muito vermelho e ardido, estou preoculpado pq esta nascendo umas bolinhas de água as vezes eu estoro. E normal essa bolinhas Dra?

dfdfsdf disse...

Oi, Dra muito bom seu post. Só tenho a agradecer. Sou de recife e já me expus muito ao sol. tive uma queratose, que retirei para biopsia. Mas fiquei na dúvida se para queratoses existe também o que se chama de margem de segurança.

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???