segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Dicas de Viagem!!!



Ainda não é o post parte 2 sobre dicas de saúde para viagens, viu???
Várias dessas dicas me foram ensinadas pela minha mãe. Acho até que ela deveria escrever um livro sobre dicas de viagem, porque ela pensa em tudo. Repito: tu-do.
# Por exemplo. Você chega ao hotel, entra em seu quarto e o carregador ensina onde ligar o ar condicionado, como se liga a televisão, etc. Nesse momento, antes que ele saia do quarto, você deve verificar (por conta própria) se o chuveiro tem água quente e se a descarga está funcionando. Porque já aconteceu desses ítens estarem com problemas e minha mãe foi obrigada a mudar de quarto após desfazer as malas. Por isso, hoje em dia ela checa se tudo está funcionando antes de desarrumar a bagagem.
# Se você é como 99% da população feminina, sofre com dependência física de secador de cabelos (ou de chapinha, rolinho, babyliss, enfim), leia isto: Eu nunca confio nos secadores de hotel, que sopram pouco ar (são secadores asmáticos) e algumas vezes possuem um fio demasiadamente curto. Eu levo sempre o meu e nunca me esqueço do presente que minha mãe me deu para que os benditos funcionem: um jogo de adaptadores universais, que fazem com que qualquer eletrodoméstico (inclusive carregadores de bateria, celular) sejam plugados corretamente. É um jogo com 5 tomadas diferentes. Algumas eu nunca usei (devem ser para as tomadas do Japão).
# Guias de viagem: leio todos, de cabo a rabo, antes das viagens. Mas, vamos combinar, pesam pra caramba. O que eu faço? Dá trabalho, mas eu gosto. Eu copio os "endereços imperdíveis" numa cadernetinha, que anda sempre junto comigo. Trago também os mapas que costumam vir nos guias (sempre marcando nos mapas as atrações que desejo visitar). Mas o guia propriamente dito, eu deixo em casa. Existe uma ferramenta no Google Maps (que eu não sei usar), onde você pode imprimir uma espécie de itinerário. É bem legal.
# Na cadernetinha, eu também anoto "as encomendas" e o telefone do hotel, caso eu perca a chave ou o cartãozinho do hotel. No final das contas, a cadernetinha vira uma lembrança da viagem. Se eu gosto muito de determinado endereço, ele ganha algumas estrelinhas ***. Se eu detesto, ganha umas caveiras cabeludas.
# Ando sempre com um cartãozinho da Embratel que ensina a ligar a cobrar para o Brasil de qualqur lugar do mundo. Esse cartão você consegue nos embarques internacionais dos aeroportos. Nunca use o telefone do hotel para ligar pra casa. Também não gosto de comprar aqueles cartões pré-pagos porque não duram quase nada. Quando chegar ao Brasil, não se esqueça de pedir a conta para o cidadão que teve a infelicidade de atender à sua chamada a cobrar (a não ser que tenha ligado para a mamãe).
# Dinheiro. Cada um prefere fazer de um jeito. Se você for muito desorganizado, separe a quantia que vai levar em envelopes. Um envelope para cada dia dia de viagem. Assim, se possui $1.000 e vai passar 10 dias fora, cada envelope deverá conter $100. É duro, mas assim não extrapola o orçamento.
# Viagens em grupo (Cilada! Eu não gosto porque prefiro fazer as coisas no meu tempo e da minha maneira. Mas se você não tiver como escapar...).
Façam um caixa único onde cada um deposita uma quantia igual para todos. Assim, quando forem pegar um taxi, tomar um café, não fica aquele clima ruim. Porque tem gente que convenientemente, nunca tem dinheiro trocado, moedas... a longo prazo acaba fazendo falta. A não ser que você seja a Paris Hilton.
# Caneta: todo viajante precisa ter a sua. Ou "as suas", para não se estressar com o vizinho de poltrona que pede a sua emprestada na hora de preencher os folhetos da imigração (eu sempre levo logo umas três).
Caneta é uma coisa besta, mas que faz uma falta danada!
Outro dia eu estava no cemitério da Recoleta em Buenos Aires e queria anotar os nomes de algumas pessoas falecidas para investigar sobre a vida delas (não me perguntem o porquê). Se eu não tivesse minha canetinha, quem é que poderia me arrumar uma em um cemitério deserto? Por favor, não respondam. (meeeeeedo.....)
Enfim, já viram a nova BIC que lançaram? Se não me engano, o nome é Pocket, e ela tem esse nome porque é miudinha e cabe em qualquer bolso. E escreve muito bem.
(obviamente, você não será louco de levar para uma viagem aquela caneta de estimação que ganhou da sua tia-avó na sua formatura)
Amigos, darei outras dicas ainda essa semana, ok????
Sonhem com... MALAS!!!!!!

15 comentários:

Scheila disse...

Caneta realmente é muuuito importante! Sempre precisamos! hehe
Qdo viajo costumo levar o notebook, então escaneio as páginas interessantes dos guias de viagem, pra não ter q carregar peso...hehe.
Levar o notebook tem outra vantagem, dá pra fazer com a família :-D
A grande desvantagem é carregar peso (o meu é grandinho :-/) e ter q ficar tirando pra passar no raio-x :-/
Bjinhos!

Gabi disse...

Princesa, adoro suas dicas de viagem! Você realmente fala coisas que eu não tinha pensado antes, rs.
Por favor, faça a segunda parte do post "Dicas de Viagem - Saúde" antes de janeiro porque é o mês em que eu vou viajar, hehe.

Beijos!

Amanda disse...

Adorei as dicas. Você está ensinando o que só aprendemos com a experiência, geralmente ruim, que pode transformar uma viagem prazerosa num pesadelo.
Também não levo guias de viagem. Faço roteiro para cada dia no computador...rs

Beijo!

Ahh, gostou do ballet? Fiz um post com algumas fotos.

Luciana Leal disse...

Pode deixar, o da saúde sai ainda essa semana!!!

Carol - Be Dorothy - disse...

hahaha me morri de rir com o lance do cemitério hahaha
vc é ótima Lu..
beijooos e contagem regressivaa!!!

May disse...

Adorei o Post!!!!
Dicas perfeitas!!!!
O lance da caneta é bem verdade!!! Pois quando você recebe aquela super dica de restaurante, museu, ou afins.. onde guardar??? Cadê a caneta para anotar tudinho que o nativo falou????

Beijinhossss

Ana Carla disse...

Princesa
Amei as malas pois vi elefantinhos nelas! \o/
Adoro suas dicas e o jeito que vc escreve é 10 me amarro no teu humor.
Comédia o lance do cémitério!!!
Bjoss

Mi disse...

ótimas dicas!! principalmente a da caneta hahahahaha e vais viajar nessas férias? pra onde??? bjos!!

Anônimo disse...

Pensei que só eu anotava nomes no cemitério para pesquisar depois. Eu não viajo.... porém, adoro guias de viagem. Este é o blog mais legal que eu conheço

Maria Ester disse...

Luciana, também tenho a caderneta com tudo anotado, de todas as minhas viagens. Só que elas são também uma espécie de mini diário, pois SEMPRE faço um diário quando viajo. Escrevo todo dia um pouquinho; passeios,restaurantes, compras e principalmente impressões e sentimentos. É muito legal relê-los um tempão depois. Fora que apesar de eu ter uma memória privilegiada,é impressionante como que certos detalhes vão se apagando com o tempo.
Outra coisa que faço, é sempre levar cópias de documentos e de vauchers, em lugares distintos. Ah! e sempre levo anotado em mais de um lugar, números dos cartões de crédito com os respectivos telefones das companhias, além de deixar com alguém de minha confiança uma lista com todos esse números anotados.
Beijos.

Leila disse...

Luciana, uma outra dica. Scannear os seus documentos e enviar para o seu próprio e-mail. Se por um acaso vc precisar da cópia de algum deles, vc entra em qualquer cybercafé e imprimi. Digo isso pq já fui assaltada na Europa e não tinha nenhum documento para provar quem eu era. Quase que o consulado não me dá outro passaporte. Ahh, outra coisa, sempre deixe a chave da sua casa com alguém de confiança. Vc pode precisar (sabe-se lá pq) que alguém entre em sua casa. Eu viajo bastante tbem e sou super encanada com essas coisas de segurança e emergência. E quer saber uma mania que eu tenho? Em viagens eu sempre escondo uma nota de valor razoável no sutiã, calcinha, qualquer lugar que não seja a bolsa. Caso seja assaltada ou perca a bolsa eu vou ter um dindin pelo menos para pegar um taxo e voltar para o hotel.
Beijocas

peledepessego disse...

Eu tbm só viajo com moleskine e caneta em punhos!!!
Se nao, nem pensar!!
Beijoos

Andreza Mattos disse...

Lu...

Otimas dicas, obrigada....

Nalva disse...

Oi Princesa
Posso te pedir uma coisa: vc poderia mostrar uma fotinho desse joguinho de tomadas que a sua mãe te deu, pra eu ter uma ideia do q comprar?
Mês q vem embarco para a minha primeira viagem internacional e tenho pavor só de pensar q o meu secador e meu baby liss podem não funcionar por causa desse problema de tomadas....eu nao havia parado pra pensar q o padrão em outros países pode ser diferente neh....
De ante mão já te agradeço princesa linda

Abraços

Ass: Nalva

Claudia disse...

Essa historia do cemitério me faz lembrar que uma vez minha filha pediu para ir ao cemitério, pq ela nunca tinha ido em um, e ela devia ter uns 8 anos na época...chegamos lá ela ficou encantada com a profusão de lápides, nomes diferentes, plaquinhas com data de nascimento e morte e mentalmente, e com muuuuito custo, ela foi fazendo as contas de cabeça prá ver com quantos anos a pessoa tinha morrido; teve uma hora que ela se virou prá mim e disse: AFFF, DA PRÓXIMA VEZ VÊ SE ME LEMBRA DE TRAZER UMA CALCULADORA!
hahahaha!!
Bjss e obrigada pelas dicas!

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???