quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Dicas de saúde em viagens (parte 2):

# As exigências em relação às vacinas podem variar de um país para outro e também ao longo do tempo. Antes de viajar, sempre verifique estas exigências nas embaixadas ou consulados.

# As vacinas exigidas, em geral, visam a proteção da população de um país e não necessariamente do viajante. As vacinas recomendadas visam a proteção do viajante. Nem sempre as vacinas recomendadas e exigidas são as mesmas.

# Em diversos países (África, América do Sul, Subcontinente Indiano, Sudeste asiático, alguns países da Europa e etc) é exigido o Certificado Internacional de Vacinação contra Febre Amarela, como condição de entrada. Para o certificado ser válido, a vacina contra febre amarela deve ser aplicada pelo menos dez dias antes da viagem.

# Além da vacina contra febre amarela, em locais onde há risco de transmissão devem ser observadas as medidas de proteção contra as doenças transmitidas por insetos ( usar roupas compridas, repelentes, fechar janelas, etc).

# Consulte seu médico, antes da viagem, se estiver sob tratamento de qualquer doença (hipertensão, diabetes, doenças pulmonares, neurológicas, etc), ou se estiver utilizando qualquer medicamento.

# Em caso de inspeções alfandegárias seria importante portar um documento escrito pelo seu médico (em português e inglês), explicando qual o princípio ativo, dosagem e quantidade de caixas que o viajante está portando, principalmente se a viagem for longa e você necessitar de "muitas caixas" de remédio.

# Os viajantes com fatores de risco para TVP (trombose venosa profunda) devem procurar aconselhamento médico e reservar assentos no corredor ou próximo às saídas para facilitar a realização de exercícios.

# Pessoas com problemas cardíacos ou pulmonares podem eventualmente, necessitar de oxigênio suplementar, prescrito pelo médico, durante viagens de avião.

# Preencha a última página do passaporte informando quem deve ser avisado em caso de alguma emergência (muita gente se esquece desse detalhe).

# Uma dica geral para pessoas que viajam longas distâncias de ônibus ou de carro é saltar do veículo em todas as paradas e fazer pequenas caminhadas, estimulando assim a circulação de retorno das pernas para o tronco.

# Durante a noite: Quando se viaja horas e horas sem parar (como por exemplo num avião ou em um ônibus-leito) é comum que as pessoas ao acordar ou levantar da poltrona , sintam arrepios, tremores, calafrios ou sensações semelhantes. É uma reação absolutamente normal, que não deve causar preocupação. Isso ocorre porque o sangue represado nas pernas acaba ficando com a temperatura sempre baixa durante a noite. Quando esse sangue das pernas retorna e passa pelo cérebro, seu centro termo regulador detecta a diferença e produz esses sintomas para igualar a temperatura corporal novamente.

# Evite doses excessivas de medicação para dormir durante longas viagens. Não aceite de presente "o remédio que seu amigo usou e dormiu como um anjo" e não aumente "por conta própria" a dose da sua medicação usual. Você corre o risco de dormir como um anjo... para sempre. Cada pessoa tem uma massa corporal e uma tolerância diferente para esse grupo de medicamentos. Eles diminuem os reflexos, a habilidade cognitiva e podem aumentar o tempo de duração de seu jet leg.

10 comentários:

Ana Carla disse...

Princesa
Como sempre dicas perfeitas, adorei, quando eu for fazer uma super viagem vou fazer tudo passo a passo.
Otimo final de semana
bjos

Milla Fernandes disse...

Dicas preciosas heim? Adorei..
Bjo Milla
http://conexaopink.blogspot.com

Andreza Mattos disse...

Lu...

To me animando a viajar hein...

Amanda disse...

Ótimas dicas, Lu! A de preencher o passaporte pricipalmente. Tenho certeza que o meu está em branco!!!rsrs

Marina Mattos disse...

Minha mãe tem asma.Há probelmas de viagens longas de avião?
Obrigada.
Beijos

Ni disse...

Oi Lu, sempre vejo seu blog e te sigo também. Gostaria de te convidar para conhecer o meu. É sobre atitude na mudança de comportamento para emagrecer. Seria uma honra e um prazer tê-la como seguidora. Um beijo e parabéns pelas postagens sempre úteis, atuais e inteligentes.

KINHA disse...

Olá Luciana

Adorei suas dicas. Se me permite acrescentar mais uma:Quando faço longa viagem de onibus ou avião, uso
aquela meia que normalmente é usada em cirurgia(não sei o nome).

Beijo

Anônimo disse...

Ótima idéia para um post. Suas dicas irão "salvar" muitos turistas. Bjs, Ângela

peledepessego disse...

Oi Lu!!!
Vou para o Peru e precisei tomar vacina da febre amarela, tive meeega reação e foi ótimo, então, ter me precavido e tomado com mais de um mês de antecedencia!
Beijos

Laura disse...

Adorei as dicas!!
Mas surgiu uma dúvida, eu vou viajar e preciso levar anticoncepcional em pilula, você sabe se tem algum problema ou é só levar com a caixinha?

Beijos
Laura

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???