domingo, 13 de setembro de 2009

Por falar em cabelos...você conhece a alopécia por tração???

Se não conhece, vai descobrir o que é isso HOJE!!!!
Isso porque, se você conhece-la a tempo, pode ser que ainda seja reversível.
O processo se inicia com a tração, a força que fazemos quando realizamos determinados penteados em nosso amado cabelinho. Por essa razão é mais comum em mulheres (que costumam ter o cabelo comprido e fazer penteados), mas também pode acometer os homens.
Essa moça linda da foto já tem alopécia por tração. Observem como o rabo de cavalo dela é esticado, apertado. Agora reparem na falha que já apereceu na região temporal da moça. Como o cabelo dela está mais ralo nessa parte da cabeça.
A tração acaba provocando uma inflamação no couro cabeludo, que a médio e longo prazo, pode levar a uma alopécia definitiva, por atrofia folicular. Ou então alguns cabelinhos até conseguem nascer, porém crescem beeeeeeem fininhos e curtos. Pode haver eritema, prurido e descamação na área acometida.
O local de rarefação dos cabelos depende do tipo de tração que aconteceu naquela área: se foi um rabo de cavalo, um coque, uma trança embutida apertada, a mania de fazer escova (porque a pessoa puxa o cabelo, faz uma mega-tração, principalmente no cabelo ao redor do rosto), determinadas mímicas faciais (tem gente que faz tanta careta, mas tanta careta, que os músculos faciais ficam tão fortes que ao se contraírem conseguem fazer tração num cabelo que está preso porém frouxinho), ou até mesmo a mania de torcer os cabelos até a raíz (estilo a Norminha da novela).
Tratamento:
Interromper imediatamente qualquer prática de tensão nos cabelos.
Seu médico deverá tratar seus sintomas se estiverem presentes (coceira, descamação) com medicamentos específicos.
Procurar alternar os penteados, que não devem ser apertados demais.
Mini-obs: nem toda rarefação na área temporal é alopécia por tração. Desnecessário lembrar que só o seu médico pode diagnostica-los corretamente. Este post é somente um alerta, sobre algo que pode ser evitado e que é muito chato.

24 comentários:

szofi disse...

Como me revi nesse post! Desde que entrei na faculdade o meu cabelo começou a cair imenso, especialmente na região temporal! O cabelo nunca mais voltou a ser forte e nasce muito ralo,fino,e não atinge mais que 2 ou 3 cm nessa região! Vou seguir os seus conselhos. Muito obrigada! O seu blog é uma fonte de inspiração que me faz querer ainda mais ser dermatologista!

Louise disse...

A moça da foto tem puquinho cabelo, né? O rabo é fininho.
Vou tentar prestar mais atenção a isso, pois eu quase sempre uso o cabelo preso (é que estou deixando crescer, e por isso está sem corte).

T. C. G. disse...

Ah, a Nefertiti com certeza a tinha. Usava pequenas mechas amarradas atrás da cabeça e bem tracionadas para fazer um lifting instantâneo, segundo estudos. A mais bela do Egito tinha seus segredos, né. hehee Mas além de doer, ficava careca! :P

Ana disse...

Ei Luciana! Leio sempre seu blog e adoro. Eu sempre amarro muito meu cabelo dentro de casa e ele já ta como a moça da foto. Sera que se eu amarr-lo num rabo mais froxo tem problema? ou melhor não amarrar de jeito nenhum? Bjos

Carol Andreo disse...

Nooossa! Nunca imaginei que fosse causar queda de cabelo, que horror! ótimo post! Vou avisar minha mãe que faz escova quase todo dia!!

Luciana, criei um blog recentemente!
Tem como dar aquela forcinha me seguindo também? Ah claro, fique a vontade para comentar e participar, ficaria feliz! :D

http://www.kitschchic.blogspot.com

Muito obrigada viu!

Carol.

Josy disse...

Meu deus eu adorei o assunto, pois eu estou querendo mudar de química no cabelo e vc já sabe, cabelos sempre preso, eu vou ter que sempre varias para não acostumar e não ficar com falhas horríveis no cabelo essa tal alopécia por tração, muito bom mesmo.
Bjs

Danni Fernandes disse...

Oi Lu, eu tenho o cabelo medio e vivo com ele preso, mas sempre com o elastico frouxinho, e faço escova no cabelo um vez por semana, Deus vou ficar careca! Cruzes! Bju, materia interessante viu!

Ana Carla Araujo disse...

Oi Lu
Impressionante a foto dela, o meu cabelo está assim quando prendo, mas o meu nao foi por atração, na verdade, nao existe nada hormonal que explique, acho que o stress causou, mas meu cabelos estao crescendo, com 5 meses de tratamento, e estou feliz. A minha mãe e avo tem cabelos ralos, eu sempre tive mto como o meu pai(até hoje tem) Nessa area da frente e no repartido vários estao nascendo e nao são fininhos, acho que posso ter esperanças né?
Bjka

Debora disse...

Lu...eu sou dentista e trabalho o tempo todo com o cabelo preso, seja meio rabo ou ele inteiro preso...qdo nao estou atendendo eu solto os cabelos(bom, pelo menos não faço escova)...então o q é q eu faço?
bjuss

Priscila B. disse...

bah, que perigo!
bjim

Luciana Leal disse...

szofi: legal vc ter se reconhecido, mas saiba que esse tipo de alopécia precisa ser diferenciada da alopécia androgenética das mulheres, viu??? E nesse caso, o tratamento é bem mais complicado.

Louise: reparou que mesmo com o rabo fininho, ela tem uma falha na linha de implantação do cabelo???

TCG: imagine que luxo seria se a Nefertiti fosse minha paciente???

Ana: amarrar fouxo não tem problema, viu???Beijinhos!

Carol: vou lá sim!!! E avise a sua mãe!!!

Josy: basta não apertar muito o cabelo, tá???

Danni: não vai ficar careca, relaxe. Pelo que vc diz, está fazendo tudo certinho!!!

Ana: você falou uma coisa muito certa!!! Nem toda falha nessa região é alopécia por tração...e realmente só o seu médico pode fazer o diagnóstico correto...

Debora: use uma touca (nada fashion) ou use ele preso porém sem ser esticadérrimo...

Pri: é mesmo!!!!

Vi disse...

Por favor,mais posts sobre queda de cabelo!!! :(

pequena disse...

Oi flor rs adorei o post, bastante informativo já que eu uso bastante rabo de cavalo vou manerar e variar mais o penteado pra tentar evitar isso rsss

bjim

Clara Rocca disse...

Que bom saber disso! Ainda bem que não aconteceu comigo...

Adorei o seu blog, e virei seguidora!

Beijos

www.minhacaixinhacr.blogspot.com

Debora disse...

oi lu, brigada pela dica!
Eu tb acho touca um negócio mto estranho, mas acho q o jeito é usar...e se eu fizer rabo de cavalo baixo preso pela nuca, funciona neh?bjinhos

Estúdio de Design disse...

Eu tinha esta péssima mania! Vivia de cabelo preso, rabo de cavalo todos os dias! Porque não conseguia domá-los... depois parei... mas não consigo viver sem escova.
Eu só voltei a prender, porque faço ballet... ai, não tem como viver sem coques ou rabos de cavalo!
Beijos
Lele

wcastanheira disse...

Bela pele, saudável, muito bonita....ótima matéria, de cunho informal e formal. tb gosto de me informar sobre a manutençaõ da beleza feminina.bjos, bjos

Badá Rock disse...

Foi só começar a ler este post, e já soltei o cabelo. Deus me livre de ficar careca.

Manuela disse...

Meu Deus! Acho que tenho isso!
Aonde fica seu consultorio? Vc tem plano?
Obrigada. bjs, Manuela

Marina disse...

ai amei esse post...minha mãe parece estar entrando na menopausa e o cabelo dela que sempre foi lindo e liiiiso está horrível coitada.. caiu quase todo na frente e está ficando crespo.. isso tem jeito?
bjoss

Anônimo disse...

Luciana, depois desse seu mega trabalho, vc pode me dar um help e fazer um post sobre mancha escura na pele causada por limão devido a exposição ao sol... =(
O q passar? o q evitar?
Muito obrigada! Parabéns pelo maravilhoso blog!

Daniela Mendonça disse...

Olá Luciana, adorei esse post e vou aproveitar para tentar sanar uma graaande dúvida, eu faço touca (frizar) no cabelo há 10 anos, as vezes durmo de touca pq o cabelo amanhece lisinho, maravilhoso, mas noto que qdo solto o cabelo e ele sai da posição que tava na touca p/ a posição normal, dói a raiz do cabelo, como se tivesse machucado por ter ficado tantas horas naquela posição, imagino que isso deva causar a queda do cabelo, o que vc acha? Desde já Obrigada! =]

Anônimo disse...

Adorei seu post, estou com medo de estar com alopecia. Tenho bastantes falhas na região temporal mas meu cabelo é bem enrrolado e se uso solto fica com muito volume então não tenho outro jeito a não ser deichar preso, que dificulta no tratamento.

Giuliana disse...

Não acredito! Estava eu aqui, vasculhando seu blog (em vez de estudar pra prova da facul, mas abafa cofcof), e me deparei com esse post...!
Há alguns dias tenho percebido que o couro cabeludo perto do meu rosto anda mais aparente que de costume, mas achei que podia ser coisa da idade (20 anos HAHA). Então acho que é a escova super thunder que faço na franja, que cisma em ondular... Vou tomar mais cuidado! Obrigada pelo post ^^
Beijo

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???