quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Dicas para cuidar de micose de unha - Parte 2

Voltando à odisséia dos fungos. Se tiver o estômago sensível, arrume outra doença.
Você vai precisar de: 1 alicate (esse grandão é da Sephora. Triste fim para um alicate elegante), algodão, mini-lixas, 1 pauzinho de laranjeira, LUVAS DE PROCEDIMENTO (para não contaminar suas unhas das mãos), esmalte ou solução anti-fúngica (novamente, não posso citar nomes de remédios e nem promover a auto-medicação! Nem por e-mail!), 18 kilos de paciência (você vai gastar mais ou menos 1 Kg de paciência por mês, durante os quase dois anos em que vai passar tratando da sua unha. Se tiver sorte, claro.).
Porque eu não posso citar nomes de remédios? Porque antes de iniciar qualquer tratamento você deve ir no médico para ele diagnosticar se você REALMENTE tem um fungo na unha. Tem gente que leva anos se tratando (e GASTANDO $$$) para somente mais tarde descobrir que tinha psoríase e não micose. Ou outra doença qualquer.
Bom, daí seu médico provavelmente pedirá algum desses exames: exame histopatológico da unha e cultura para fungos. Algumas vezes, a cultura de fungos mostra um resultado falso-negativo, daí a importância do exame histopatológico da unha.
Suponhamos que seu exame deu positivo. O que fazer? Adivinhem!!! Voltar ao médico, para ele decidir qual será o tratamento. Geralmente, se mais de 50% da unha é acometida, fazemos também um tratamento oral. Para que você possa tomar anti-fúngicos orais por um tempo prolongado com segurança, é necessário fazer alguns exames de sangue antes. E repeti-los de tempos em tempos.
Agora vamos mostrar passo-a-passo como realizar os cuidados com a sua unha contaminada (de quem é essa unha da foto? Sei lá, filho feio não tem pai...).
No início, devemos realizar esse ritual duas vezes por semana, mas isso geralmente fica à critério do médico.
Alguns esmaltes anti-fúngicos trazem dentro da caixa o lencinho removedor de esmalte. Então, você começa por ele, removendo o esmalte que passou anteriormente. Desculpem, a foto ficou tremida. :-(

Agora você corta a sua unha sempre fazendo um ângulo de 90 graus com os cantinhos para não encravar. Cuidado para não deixa-la muito curta, porque isso também favorece o "encravamento".

Pegue o pauzinho de laranjeira virgem e remova as massinhas que ficam sob a unha. Tem que ir lá no fundo e tentar tirar tudo. Se você encarar essa missão após o banho, a massa fica mais mole e sai mais fácil. Se ela se acumular no leito ungueal, sua unha pode ir se tornando distrófica (toda torta). Não é agradável retirar a massinha.

O pior já passou. Hora de lixar. Tem toda uma ciência nesse lixamento. Primeiro você lixa assim, da maneira clássica, deixando a unha bem quadrada. Repare o angulo reto que a lixa faz com o canto da unha desse ser humano.


Depois, é o "lixamento avançado - módulo 2".
Você lixa a superfície da unha. Use a parte mais poderosa da lixa e lixe sem dó. Vai fazer a maior sujeira, e esse pó tem potencial de infectar as unhas vizinhas ou as suas unhas das mãos. Isola.


Olha que horror que fica!!!! Corre pra limpar esse pé.



Use um algodão úmido com água. Ou use água corrente mesmo. E seque, claro.
Estamos quase no fim!!!


Passe o esmalte em toda a superfície da unha. Espere secar.



Secou? Ok, você tem duas opções. Ou você dá seu trabalho por encerrado, ou pode se aventurar a pintar essa unha com um esmalte colorido, para esconde-la.
A dona dessa unha atualmente só pinta a unha do pé quando vai sair com as sandálias da humildade. Porque pé com micose é pé humilde, né gente?



Não se esqueça de jogar fora: a lixa (se não tiver essas mini-lixinhas, corte uma grande em pedacinhos), o pauzinho de laranjeira (cuidado com os salões que reutilizam esse negócio!!! Nojooo!!!), o algodão, as luvas e seus restos ungueais (unhas cortadas, massinha, pó de lixamento...). Se esse material biológico (ai que maneira phyna de tratar os fungos) cair no seu chão, você corre o risco de se reinfectar com os seus próprios fungos, que tal?



Bom, é isso. Espero que tenha ajudado um pouquinho. Não se esqueçam de ferver o alicate e deixa-lo uns 30 minutos no álcool antes de reutiliza-lo. Aliás, o melhor é comprar um alicate só para essa unha específica...

22 comentários:

T. C. G. disse...

A-DO-REI. Nossa, eu adoro esses seus posts com dicas muito detalhadas para pacientes! É muito bom para a saúde da população, hehehe. E eu quero um para verrugas também! Eu trato a minha há mais de um ano, colódio elástico, cerato de uréia... Cheguei até a eu mesmo fazer 2 ou 3 ciclos naquilo quando tava passando na dermato (era tipo brinde por atender pacientes, hahaha). Como bom doente crônico, tô sempre lutando para não desistir e virar o:

http://www.google.com.br/search?hl=pt-BR&q=%22homem+%C3%A1rvore%22&meta=
(homem árvore. hahaha)

Abraço!

Ana Carla Araujo disse...

Oi Lu
Vc tem o dom de transformar as palavras e suaviza-las e fazer graçinha ao mesmo tempo.
Lamento quem tenha esses funginhos, mas foi bem divertido ler todo o passo a passo e realmente paciencia deve ser algo chato para essas pessoinhas.
Muito util mesmo.
bjos

Fernanda disse...

Excelente Post, prima!
Seu blog está cada dia melhor! Sou sua paciente-fã! Bjs

Hanid disse...

Muito bom seu post. As vezes fazemos tudo errado . Eu tinha nao, ainda tenho micose na minha unha e fiz quase o mesmo que vc falou so que a unha estava tao feia, mas tao feia que coloquei unha de acrilico no meu dedao do pe e ficou lindo.Eu sei que nao e bom mas ficar com a unha do pe feias eu nao fico. Estamos no verao e nao da para usar sapato fechado .
Mas a noite passo anti fungal nos dedinhos.
Beijos
Hanid

Rose disse...

Pois é, passei anos cuidadndo de micose na unha e só depois eu mesma vi que era psoríase, pode isso???

Anônimo disse...

Adorei Lú! obrigada viu!? Ajuda muito esses seus posts!!

bjo =) Cá

Danielle disse...

oi,lú gostaria de pedir se vc puder é claro,se poderia fazer um post sobre olheiras,principalmente falando sobre o hylexin,pois estou usando o produto faz uns 5 dias e gostaria de saber a opinião de pessoas que usam.Beijos amo seu blog!!!

valquiria disse...

olá, estou desesperada com minha unha com micose, e pior o medicamento nao está funcionando .. que dureza. Tenho medo da minha unha cair ...

Suzana disse...

Uia.....
Eh por essa e por outras que morro de medo de fazer unha em salão. Só euzinha que coloco a mão nas minhas unhas, e não deixo nem minha mãe usar meu alicate. Dá trabalho demais.
Bjoks

Vanessa disse...

Lu, eu curei uma micose de estimação mais ou menos assim. Só que depois de mais de 20 anos (juro por Deus, minha mãe ainda confirma!) resolvi não só tirar a massinha como cortar a unha que estava "oca". Em um ano mais nada nas unhas... evitei, claro, andar descalça e procurei higienizar bem para não dar nenhuma infecção, não sei se fiz certo tirando toda a unha podre, mas com alguns cortes apenas já melhorou muito! E olha que passei por vários tratamentos médicos, mas somente removendo a parte "micosada" que ela voltou a ficar certinha. Agora, não tenho mais nada!

Beijos

Lívia disse...

Luciana, e um salão confiável para fazer as unhas aqui na Barra, qual você indica?
Beijinho

Luciana Leal disse...

Pessoal, a Livia está perguntando qual é o salão confiável da Barra para fazer as unhas...
A resposta é muito fácil, e inclui todos os salões do mundo. Do universo.
Olha, se vocês sempre levarem o material de vocês (incluindo o esmalte, top coat, base), qualquer salão se torna confiável...
Até porque agora eles usam aquelas luvinhas de plástico cheias de creme dentro, ao invés nos potinhos de água nojentos....

danybollmg disse...

Adorei o post realmente mto util, mas ainda bem ñ tenho esse probleminha. Gostaria de sugerir um post sobre axilas escuras, dicas cuidados como esclher desadorante essas coisas ... ahhhhhhhhhh eu morro c/ as minhas e tb sobre rachaduras nos pés (os meus são ultra secos) q vergonha d ta falando isso vai parecer q sou mega descuidada hehehehehe mas quem num tem probleminhas ne ...

Anônimo disse...

aproveitando a deixa da danybollmg, também queria um post sobre pés ultra-mega-ressecados!! Nossa! o meu até médico já viu e não acreditou!

bjocas Cá

Thaís disse...

Oi Lú,primeiramente gostaria de dizer q seu blog é TUDO DE BOM, é pura inspiração !!!!!!!!!!! :)

Bom aproveitando esse assunto, gostaria de relatar q faz aproximadamente 5 anos q adquiri um HPV no dedo médio da minha mão direita. Sei que foi no salão pq a manicure me disse q havia uns 4 clientes dela com o mesmo problema e q se trataram com zovirax... Pois é eu não tive a mesma sorte e já tratei com td q podia: acido nitrico fumrgante (cheguei a ter um a queimadura violenta com ele), nitrogenio líquido e bisturi a laser...NOSSAAAA tds doeram muuuuuuiiiito... e depois de td voltou !!!! acho q ele me AMAAAA rssssss o pior é q meu dedo esta super sensivellll...
Lú vc tem conhecimento de algum tratamento ou algo que posso tentar??

PS: hj eu faço minha mao ou levo um kit

BJOSSS lINDAAA

Anônimo disse...

Muito boa a materia! na verdade eu já trato assim as minhas unhas do pé que tem fungo (dedão). Mas e nós homens, como fica nessa ultima parte da dica de pintar as unhas? Existe algum esmalte cor de pele que disfarce o fungo e nao pareça que pintamos a unha de esmalte? A maioria dos esmaltes cor de pele que eu conheço nao tapam o fungo, nem se eu der 3 mãos de esmalte na unha; Obrigado!

Anônimo disse...

Olha, nessas últimas semanas, já li muita coisa para tratar de uma micose q peguei em um salão... Lu, seu post está mesmo muito bom, é dificil de eu fazer comentários em blogs, mas esse seu merece um grandíssimo PARABÉNS ;)

Cah disse...

Muito bom o post. Igualzinho ao que a minha derma me orientou a fazer... Só que ela não pediu nenhum exame e passou só um creme e o esmalte... Será que vai funcionar?

Cah disse...

Muito bom o post. Igualzinho ao que a minha derma me orientou a fazer... Só que ela não pediu nenhum exame e passou só um creme e o esmalte... Será que vai funcionar?

cleber diogo disse...

percebi que a maioria dos comentarios são de mulheres ,mas eu um homem tambem passo pelo mesmo problema e amenizei com agua sanitaria e algodao .tirei toda massinha e embebi um chumaço de algodão em agua sanitaria todas as noites procedendo da forma que voce disse para a limpeza e depois passando o algodão com agua sanitaria pura sobre a unha e entre a pele e unha .melhorei sensivelmente quase nao noto que tive isso .bjoss e obrigado

Anônimo disse...

É muito fácil pegar algo ja criado e se intitular criador (a). É por isso q vc é assim, se diz faz das pessoas... com nojos, e tudo mais. quem sabe aquela unha não era a sua? né linda! caçoar das pessoas ´-e horrível! Vê se vc se corrige fofa!
Se vc quer ajudar...não as humilhe... simplesmente ajude! obrigada

Alessandra disse...

Eu tive micose na unha do pé por uns quatro anos, fiz vários tratamentos nessa época, até descobrir como tratar e me livrar definitivamente disso. Como sei muito bem como isso é chato, resolvi compartilhar o que aprendi para ajudar outras pessoas com o mesmo problema. 1°) Procure um dermatologista. Eu tomei vários remédios, fluconazol, terbinafina e itraconazol. O que mais resolveu para mim foi o itraconazol, tomado em "pulsoterapia", ou seja, uma semana toma duas vezes por dia, aí para uma semana, depois na outra semana duas vezes por dia novamente e assim por diante. Esse remédio mata o fungo na raiz da unha, ou seja, começa a crescer unha boa. 2°) Vá numa podóloga pelo menos a cada três semanas e corte TODA a unha descolada. Só deixe no pé a unha boa. 3°) Aplique o esmalte de micolamina de duas a três vezes por semana. 4°) Pelo menos uma vez por semana (no dia que não colocar esmalte), pingue Andriodermol, que combate fungos e tb ajuda a amolecer as cutículas e unha encravada, é bom usar um dia antes de ir à podóloga. 5°) Quem for para os EUA ou conhecer alguém que vá, peça para comprar "Tea Tree Oil", é um óleo que combate fungos. Usei nos dias em que não aplicava esmalte, é ótimo. 6°) Se usar muitos sapatos fechados, use talcos antissépticos como o Vodol. 7°) O meu médico disse que apenas cerca de 30% de pessoas conseguem a cura completa das micoses de unha, é muito difícil mesmo tratar. Eu fiz tudo isso e consegui. Espero que vocês consigam também! Não é um processo rápido, pois tem que esperar toda a unha boa crescer. Mas tem que ter paciência e NÃO DEIXAR UNHA DESCOLADA no pé, pois é ali embaixo que o fungo se instala e se fortalece. Tem que ter determinação para acabar com isso, é como uma guerra de guerrilha! Boa sorte!

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Vamos Bater um Papinho?

Onde você está???