sábado, 20 de junho de 2009

Filhos dos outros...são um pouquinho meus também!!!

Acho que vocês não conhecem essa menina linda.... É a minha afilhada, e foi a minha primeira pré-filha. A segunda é a Lara, mas essa vocês já conhecem.
A Giulia é uma criança muito, mas muito especial na minha vida, e antes da Lara nascer, uma boa parte da minha vida girava em torno dela.
Só pra vocês terem uma idéia, eu bordei sozinha um mega-enxoval para ela, mesmo antes de saber que ela seria menina (bastava eu ter um intervalo entre as aulas, que pegava meus paninhos pra bordar. Hoje eu entendo porque não namorei muito na faculdade. Eu era a esquisita que bordava).

Eu tinha sonhado (hoje em dia nem acredito que fiz isso) que ela seria menina e acreditei no sonho, olha que coisa mais tosca!!! E se não fosse menina???? Que trabalhão desperdiçado!!!
Sempre participei de tudo na vida dela, do balé até a escola, conhecia todo mundo: amiguinhos, inimiguinhos, professores, diretora da escola, mestre do judô, babás, primas do outro lado da família. Eu tinha até a chave do apartamento dela, e gostava de aparecer de vez em quando (= várias vezes na semana) para dar uma incerta na babá (que aliás, está lá até hoje e é ótima).

Fatos inesquecíveis da nossa vida:
- Perguntei pra diretora da escola se ela não estaria interessada em fazer um "Dia das Madrinhas". Naturalmente, devido às várias religiões das crianças, não pôde ser feito. Mas... EU, se quisesse, poderia passar uma tarde com ela na escola. AMEY essa diretora!!!

- Sempre fui nas festas juninas devidamente trajada, com uma caipira que parecia um vestido de princesa. Na primeira vez em que não pude comparecer, algumas mães perguntaram para a diretora porque ela parou de contratar aquela moça que tirava fotos com as crianças...

- As amiguinhas e priminhas da Giulia me chamam de DindaLu assim como ela. O que eu acho ótimo.

- Teve um aniversário dela, em que a grana estava mais curta, e eu decidi me vestir de animadora como se tivesse sido contratada. Fizemos um desfile de moda, com direito a passarela e tudo. Fiz cabelo e maquiagem de um monte de crianças e esse foi um dos melhores dias da minha vida.

- ´Modéstia à parte, fiz um álbum de batismo pra ela com a técnica scrapbook, que ficou leeeeeendo. Na época, eu havia trazido todo o material de NY porque ainda não existia isso no Brasil.

- A caixa de maquiagem: comprei uma mega-caixa de madeira, pintei, colei rendas e adesivos e POVOEI a caixa com maquiagens e esmaltes de glitter.... Quando ela viu a caixa, já achou o máximo...agora quando ela ABRIU a caixa...nem te conto!!!

- O Guarda-roupa de bonecas: seguindo a mesma linha da caixa de maquiagem, teve o guarda-roupa de bonecas, em formato de casinha de madeira, todo lindinho.

- As caipiras: cada ano era uma diferente, mas esse crédito é da minha mãe. Minha mãe costura bem tanto a cara das pessoas quanto os tecidos em geral. Para mim, sobravam os arremates: se minha mãe costurava o véu de noivinha, eu pregava as lantejoulas. Tudo de madrugada, que é o tempo que nos sobra pra fazer essas coisas.

- Em relação a passeios, nós perdemos a conta de quantos fizemos. Desde pequenininha ela dorme na casa da minha mãe, e lá ela sempre teve o cantinho dela: uma caminha toda arrumadinha, com lençol da pequena sereia, que atualmente ela divide com a Lara.

- Frase típica de nossos telefonemas: "Estou te querendo!" . Quando os tribalistas lançaram aquela música com o refrão "Tô te querendo", foi a glória para nós, pois ganhamos uma música-tema. Quantas pessoas podem se orgulhar de ter isso???

- Eu e Giulia na Pedra da Gávea vendo as asas-delta decolarem. Chega um gatão com G maíusculo e pergunta para ela, que tinha uns 4 anos na época: " Quer voar comigo, gatinha?"
Ela responde: "Vê se se manca, meu filho!". O homem se apaixonou na hora.

- Eu e Giulia fazendo escova no salão, no mesmo ano da asa-delta (ela estava atacada nesse ano). Entra o BEBETO, o jogador de futebol, que era amigo do cabelereiro. Ele achou a Giulia uma fofa e o cabelereiro perguntou se ela não queria tirar uma foto com o Bebeto (porque eu estava eternizando a primeira escova dela com fotografias). Ela responde: "Deus me livre, nem conheço esse homem!". Daí o Bebeto falou assim: "Puxa, Giulia, por favor, tira uma foto comigo".
E ela, magnânima, fez o favor à ele. O Bebeto é um cara MARAVILHOSO de coração!!!

Tantas lembranças...não vou mais cansar vocês com elas... Me bateu essa nostalgia porque fomos assistir à Hanna Montanna ontem e me bateu uma saudadezinha de quando ela era pequena... Ela está com onze anos, o que é um absurdo! Eu não autorizei esse crescimento todo!

Em tempo: quase chorei escrevendo esse post. Realmente devo estar ficando velha.

21 comentários:

Byaku disse...

Aí que lindo!

Eu sou madrinha de uma coisa fofa de quase 3 meses, aí eu babo babo babo rsrs
E já acho que ela ta crescendo rápido demais, bato 923847 de fotos dela pra montar álbuns e dar de presente (fiz um book da gravidez também) :)

Espero ser o mais presente o possível, não posso dar presentes caros (estudante, nova e desempregada kkk) mas tudo que eu faço com ela e pra ela é de coração e com muito carinho :3

Beijos!

Fabíola Lara disse...

É muito bom ser dindinha né.
Como eu não tenho filho, amo minha afilhada-sobrinha mais que tudo nessa vida.
Ela traz uma alegria, uma inocência, uma inteligência pro meu dia a dia e isso faz a diferença.

Visite: fabilara.blogspot.com
Beijos!

.:.A Luciana.:. disse...

"Eu não autorizei esse crescimento" kkkkkkkkkkkkkkkkk

É verdade, quem deixa eles crescerem, né? Li todo o post e tudo vai ficar guardadinho na minha memo pra quando eu tiver a minha sobrinha. Ou sobrinho. Ou afilhada(o).

Enquanto isso, pego os filhas das minhas melhores amigas de cobaia! Ihihihihihi...

Sou a Lu do Luluzices (acho que as Lus são todas maras, cê não acha?). Obrigada pela visita =]

Blog da fran disse...

LU
QUE LINDO...ESTOU EMOCIONADA, ONTEM MEU IRMÃO (O Q MORA NO BRASIL E TRABALHA COMIGO) ME LIGOU P DIZER Q A MULHER DELE DE 27 ANINHOS ESTA GRAVIDAAAA! E A GENTE???? A MOÇA É NOVA E JÁ TRATOU DE PROVIDENCIAR (COMEÇOU EM MARÇO DESTE ANO E PELO EXAME JÁ ESTA DE 1 MÊS) ELES MORAM NA PENINSULA TB.
LU...TA CHEGANDO A HORA...
ESTOU MUITO COMOVIDA.
BEIJO

.:.A Luciana.:. disse...

Ai, Lu... mil desculpas.. confundi seu blog e acabei o tomando por um blog de uma menina que recém começou a seguir o meu. Só que ela acompanha o seu blog também rs...

Foi mals...

Aliás, não foi mals não... assim não perdi de ler um texto tão divertido quanto o da Giulia!

Beijos!

Ana Carla disse...

Que lindo Lu, vc escreve de uma maneira tão legal.
Bjos

Sheila disse...

Não sou mãe, não tive contato com muitas meninas, mas tenho 4 sobrinhos. Dois deles são os amores da minha vida! Sei o que é se emocionar falando da Giulia porque me emociono quando falo dos meus e, mais ainda, quando falo com eles, que agora estão looooonge, morando no Maranhão - e eu no Paraná!

Lindo post, muito gostoso mesmo!

Beijocas e delicioso fds.

Lais Cristine disse...

Aiii nem fala...tb tenho o meu xodó que é a Nicole...amooo de paixão! Sei bem o que você passa...kkkk
Beijão

Dani disse...

Ai que lindo!me emocinei...queria ter tido uma madrinha assim =]
tá de parabéns,são poucas meninas que tem essa sorte!

Nai Romero disse...

Ah Lu! Você é uma fofa mesmo, quero só ver quando tiver suas princesinhas.

Nhan! Queria que você tivesse sido minha madrinha. heheh

Bom, se bem que minha madrinha ( na época que eu era pequena, né) era super louca e eu adorava ela. rsss

=*

Monica disse...

Gentee, sempre leio seu blog mas nunca comentei mas esse post foi muito legal, fiquei visualizando sua descrição, tbem tenho uma filhada e a gente acaba fazendo Tudo para esses "Serzinhos", fiquei comovida com tanta dedicação sua.
Bjos de quem te Admira

Jeorgette Stella disse...

Nossa, que legal! Só tenho pena da sua filha, e vc vai ter uma, ah vai sim...Bjs!

Patrícia Albernaz disse...

Você é uma pessoa especial, Luciana...

Quesito pele disse...

Voce sera uma MAEZONA!!

Beijos,

Laís

flávia disse...

querida Luciana, acompanho seu blog há pouco tempo....por acaso descobri ele numa indicação de outro blog que sempre acesso. Mas preciso te dizer uma coisa: virou um vício e virei sua fã. AMO tudo que você escreve, acho super engraçado seus comentários e, já fiz indicação do blog para milhões de pessoas, inclusive para minha dermatologista, que além de ser minha médica é tbem minha amiga.
Achei mega emocionante esse post sobre sua sobrinha, com direito a lagriminhas de canto de olho e tudo. Eu ainda não tenho sobrinha, nem afilhada (o), e me pergunto: será que serei assim? assim tipo uma segunda mãe??
Olha, neste momento meu namorado está de plantão e eu estou dissecando seu blog, ou seja, lendo todos os posts (estou quase no final, acredite se quiser). Ele já sabe da sua existência, lógico, pois já liguei para ele algumas vezes lendo coisas que achei o máximo aqui. Enfim, você realmente é uma pessoa iluminada e com certeza,mesmo de bengalinha e bem velhinha, será sempre a Dra. princesa.
Estarei diariamente por aqui lendo suas novidades, até porque acho que na outra encarnação ou eu fui uma dermatologista (de tanto que AMO cremes e coisas afins) ou uma aeromoça pois eu amo aeroporto...além de viajar, claro!!
um beijo da mais nova seguidora,
Flávia (Florianópolis- SC)

Fernanda disse...

Prima,
Vc e Giulia são um caso a parte, construiram uma linda relação de dinda e afilhada jamais vista!
Eu é que não a vejo ha anos e fiquei chocada com a foto! Muitos beijos nas duas

peledepessego disse...

Ai,quando essas crianças crescem!!
Sou madrinha do meu irmão, ele agora tem 10 anos, dá vontade de mandar ele ficar criancinha de novo, mas a gente sempreee arranja um tempinho pra bagunça, saida e muita porcaria pra comer!!!
Beijos
*aah, a historia da festa junina me identifiquei horrores pq ontem foi a festinha e ele nao queria mais usar roupa de caipira pq "é o maior mico,ne"

Vanessa disse...

Oi Lu

Eu tb tenho uma sobrinha/afilhada. Ela tem 12 anos. Estou passando uns dias no Brasil . Hj de manhã a primeira coisa que ela fez foi me dar um abraço bem apertado (detalhe eu tenho 1,62 de altura e ela 1,70).
Bjo Gi!!! a Dinda te ama

Patricia disse...

Lindo este seu posto sobre sua afilhada!!! Tenho sobrinhas e sou completamente louca por elas!!!!
Beijos

Daniela disse...

Ai Lu, você é muito fofa e escreve maravilhosamente bem! Continue nos agraciando com suas palavras. Quase morri de rir com as respostas da sua afilhada Giulia!

Um beijo carinhoso,

Dani Scalon.

Elainemake disse...

Que post lindo, estou lendo tudo hj, andei um pouco afastada da leitura dos blogs, mas sempre passava no seu, pois é um dos meus preferidos...
Fiquei emocionada agora...
Que bom seria se todas as crianças pudessem ter uma dinda com metade da sua dedicação e carinho...
Bjs!!

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???