sábado, 9 de maio de 2009

Aula de Jóias: Diamantes!!! (YES!!!!!!!!!!!!!!!)

Origem:

O diamante que você usa hoje, começou sua formação há milhões de anos atrás. A exploração das minas de diamante começou na Índia, entre os anos 800 e 600 A.C.
A palavra diamante, do grego "adamas", significa invencível e "diaphanes", que significa transparente.

Você Sabia que a lapidação de uma gema representa o seu aperfeiçoamento? O corte é tão importante que é capaz de valorizar uma gema de segunda linha ou depreciar uma de primeira categoria.

Nas mãos de um lapidário pouco habilidoso, a melhor gema do mundo pode perder todo seu potencial. Já uma pedra inferior, quando lapidada por mãos preciosas, torna-se quase uma jóia.
Na joalheria, o tipo mais usado de lapidação é a brilhante, que equivocadamente virou sinônimo de Diamante. Quando dizemos brilhante, queremos dizer diamante com lapidação brilhante ? Para as demais gemas, deve-se dizer seu nome seguido de brilhante, como por exemplo, Topázio com lapidação brilhante.

Qual a diferença entre um diamante e um brilhante?
Diamante é o nome da gema que a natureza criou a bilhões de anos pela cristalização do carbono puro, nas profundezas da terra, mediante pressões e temperaturas altíssimas.
A lapidação do diamante evoluiu até atingir, por volta de 1910, a perfeição da lapidação brilhante, que recebe este nome justamente por oferecer o melhor efeito de brilho possível para um diamante. Portanto, brilhante é o nome de um determinado tipo de lapidação, sempre redonda, com 57 ou 58 facetas.
Outros nomes usados para a lapidação do brilhante são: lapidação Amsterdã, lapidação completa, full cut ou abrilhantada.

Fonte: Banco de Jóias


Os 4Cs:
Carat - Cor - Claridade - Classificação


Entendendo melhor o Quilate:
O quilate de pedras preciosas é uma unidade de peso equivalente a um quinto (1/5) do grama, ou seja, 0,200 gramas ou 200 miligramas.
O quilate de pedras preciosas é dividido em pontos de tal forma que um quilate vem a ser o mesmo que 100 pontos.

Fonte: www.grandjoias.com.br

Lapidações:
As lapidações são divididas em três grupos: Facetada, Lisa e Mista
As lapidações possuem diversas formas.
Os principais modelos são: redonda, ovalada, antiga (quadrangular ou retangular com bordas arredondadas), triangular, quadrática, hexagonal, baguette (retangular ovalada), trapezoidal, french-cut (contorno e mesa quadrática), facetas triangulares, pendeloque (pêra ou gota), navette ou marquesa (elípitica apontada), pampel (em forma de gota alongada), briolete (forma de pêra com linhas de facetas que se cruzam).

Cuidados:
a) Os diamantes necessitam de cuidados para que se mantenham brilhando ao máximo. Um diamante limpo não somente reflete melhor a luz como também parecerá maior do que um que esteja opaco devido à oleosidade da pele, sabão, cosméticos e gordura.Os diamantes devem ser limpos uma vez por mês para que possam brilhar ao máximo.
b) Não deixe o seu diamante entrar em contato com água sanitária, gasolina ou algum outro produto quimico. Ela não afetará o diamante, mas poderá marcar ou descobrir o engaste de metal.
Não use seu diamante quando estiver praticando esportes. Mesmo sendo durável, ele pode ser lascado por uma pancada forte ao longo de seu veio.
Não misture desordenadamente suas jóias com diamantes em uma gaveta ou porta jóias, porque podem arranhar outros diamantes, bem como outras jóias.

Fonte:www.jaspe.com.br

Limpeza:
Para diamantes, use uma escova macia que não seja de metal com um pouco de amoníaco suave mistura a água.
Delicadamente remova qualquer sujeirinha, principalmente nas garras onde costuma acumular partículas.
Mesmo um diamante que pareça estar limpo pode ter uma fina camada de óleo da pele e brilhará muito mais depois de uma limpeza. Evite tocar o diamante o tanto quanto possível.


Um magnífico diamante dourado foi encontrado em 1878 na mina de Kimberley, e bruto pesava 287,42ct. Em sua lapidação em Cilão de travesseiro foram dadas a esta peça 90 faces e pertence á joalheria Tiffany.
- Os antigos chamavam os diamantes de Pedras do Sol, devido ao seu brilho faiscante e que os gregos acreditavam que o fogo de um diamante refletiam a chama do amor.
- Só a partir do século XV, o diamante foi caracterizado como a jóia da noiva.
- Mary de Burgundy foi a primeira mulher a receber um colar de diamantes como um símbolo de noivado. O presente foi dado pelo seu noivo Arqueduque Maximilian da Austria em Agosto de 1477.
- Durante a Idade Média, acreditava-se que um diamante podia reatar um casamento desfeito.

Fonte: medalhão persa

3 comentários:

Rafael disse...

Obrigado pelas dicas de limpeza. Eu costuma usar uma britadeira com pasta de amendoim, mas não resolvia bem. Até por que são muitos diamantes para limpar! Minha mãe inventou de revestir o teto da casa com diamantes, vê se pode.

Luciana Leal disse...

Rafael,
Eu prefiro um teto mais clean, na minha casa escolhi forrar as paredes de diamantes...estou até pensando em largar o meu trabalho para ficar eu mesma lustrando todos eles diariamente....

Vanessa disse...

Lu

Adorei o post ! Vc tem twitter?

Bjo

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???