domingo, 29 de junho de 2008

sexta-feira, 27 de junho de 2008

Peeling da La Roche-Posay




Tenho visto esse peeling em algumas revistas. Com certeza algumas de vocês já o conhecem...
Demorou para chegar no Brasil, mas agora podemos fazer bom uso dele.
Quem é o paciente ideal para usar esse produto?
Pessoas jovens, entre 20 e 40 anos, que sofrem com a pele oleosa, poros dilatados, falta de brilho e luminosidade, relevo levemente irregular.
Como é feito o preparo da pele pré-peeling?
O paciente precisa usar em casa por no mínimo 15 dias, a solução de limpeza e o serum Biomedic, que contém os ingredientes ativos similares aos do peeling, para ir acostumando e regularizando a epiderme antes do procedimento. O serum arde um pouquinho...mas deixa a pele linda.
Quantas sessões são necessárias?
Entre 3 e 4, dependendo da necessidade da pele. A cada sessão, aprofundamos mais o peeling e a pele fica mais bonita (consequentemente, a cada sessão, vai arder mais também...mas quem não morre, não vê Deus...).
Quais as reações da pele ao peeling?
Em 30 segundos: O paciente começa a sentir uma ardência que aumenta com o tempo.
Após 30 segundos: A ardência chega a seu pico e então cede totalmente.
Ao final do tratamento; o paciente relata sentir a pele retesada, com um certo repuxamento, alguma ardência e sensibilidade aumentada. Alguns sentem uma sensação de queimadura de sol.
Vantagens:
Entre os dermatologistas é chamado de peeling invisível, pois ele faz uma penetração precisa entre os queratinócitos, promovendo uma descamação tão homgênea que não "aparece" a olho nú.
É o peeling ideal para quem quer fazer um peeling escondido do marido.
O peeling em si não é muito caro.
É seguro.
Pode ser usado em peles com fototipos altos.
Deixa a pele maravilhosa.
Desvantagens:
Não trata manchas e nem rugas finas.
Pode arder dependendo do indivíduo.
Mais de uma sessão se faz necessária.
O preparo da pele é feito com produtos específicos deles (o que vai encarecendo o tratamento).
Não pode ser usado em quem é alérgico a aspirina.

Porque eu não escrevi nadinha ontem? Confiram o meu dia:

6:00hs - Acordei e tomei meu café.
6:30hs - Comecei minha maquiagem de palco, isto é, de consultório. Escolhi roupa, cabelo e etc. Me "montei" inteira.
7:15hs - Saí de casa. Peguei um mega-trânsito. Até gostei porque pude puvir mais vezes a música Popular do musical Whicked que comprei da Barnes and Noble pela Internet.
7:50hs - Estacionei o carro e fui andando até o Hotel Fasano no Arpoador para assistir a uma demonstração de uma marca italiana que vai ser vendida na Época Cosméticos. Tomei meu segundo café-da-manhã por lá mesmo.
9:30hs - Saí do Fasano e fui para meu consultório atender meus pacientes de laser, um após o outro, até oito horas da noite.
17:00hs - Consegui beber água e ir ao banheiro por 2 minutos e 27 segundos.
20:15hs - Saí do Consultório e fui para o hotel Windsor na Barra assistir a uma palestra/aula sobre um novo peeling que chegou ao Brasil. Ele havia sido lançado mundialmente em outubro do ano passado na Argentina, durante o congresso mundial. Não me perguntem porque especificamente no Brasil só chegou agora. E mais: arde pra burro!
Aproveitei para comer 6 bolinhas de queijo.
22:00hs - Fim da palestra/aula. Meu pai me deu uma carona para casa pois meu carro ficou preso no estacionamento do meu consultório. O elevador do estacionamento quebrou.
22:20hs - Cheguei em casa e fui "fazer sala" para um amigo do meu marido que está hospedado na nossa casa para ir a um congresso de urologia. Um amor, o amigo do meu marido.
22:40hs - Após recusar uma ida à Lapa ( com que pernas???? As minhas estavam em frangalhos!!!) com meu marido e o amigo dele, comecei a fazer um bolo de chocolate para incrementar o café da manhã de hoje.
23:10hs - Queimei o bolo e já deixei a mesa de café arrumada. Bem como a caminha do amigo do meu marido. Até borrifei lavanda nos lençóis.
23:30hs - Despenquei na cama para dormir. No meu lençol não tinha lavanda.

De modo que vocês, que são minhas amigas, não vão ficar chateadas por não terem encontrado nada de legal para ler ontem, não é????
Beijos a todas!

Obs. A melhor parte do meu dia foi quando uma paciente MEGA QUERIDA me deu de presente, sem nenhum motivo, um anel lindo e uma pulseira que eu estava querendo desde o mês passado. Obrigada, Lyn!!!!

Recebi por e-mail e resolvi dividir com vocês!

Publicado em um site financeiro

Uma mulher escreveu pedindo dicas sobre como conseguir um marido rico. Só isso já é engraçado, mas o melhor da história é que um fulano deu-lhe uma resposta bem fundamentada.

Dela: "Sou uma garota linda (maravilhosamente linda) de 25 anos. Sou bem articulada e tenho classe. Estou querendo me casar com alguém que ganhe no mínimo meio milhão de dólares por ano. Tem algum homem que ganhe 500 mil ou mais neste site? Ou esposas de gente que ganhe isso e possa me dar algumas dicas? Já namorei homens que ganham por volta de 200 a 250 mil, mas não consigo passar disso, e 250 mil não vão me fazer morar em Central Park West.
Conheço uma mulher da minha aula de ioga que casou com um banqueiro e vive em Tribeca, e ela não é tão bonita quanto eu, nem é inteligente. Então, o que ela fez de certo que eu não fiz? Como eu chego ao nível dela?" Rafaela S.

Dele: "Li a sua consulta com grande interesse, pensei cuidadosamente no seu caso e fiz uma análise da situação. Primeiramente, não estou gastando o seu tempo, pois ganho mais de 500 mil por ano. Isto posto, considero os fatos da seguinte forma: o que você oferece, visto da perspectiva de um homem como você procura, é simplesmente um péssimo negócio. Eis o porquê: deixando as firulas de lado, o que você sugere é uma negociação simples. Você entra com sua beleza física e eu entro com o dinheiro.

Proposta clara, sem entrelinhas.

Mas tem um problema. Com toda certeza, a sua beleza vai decair e um dia acabar, e o mais provável é que o meu dinheiro continue crescendo. Assim, em termos econômicos, você é um ativo sofrendo depreciação, e eu sou um ativo rendendo dividendos. Você não somente sofre depreciação como essa depreciação é progressiva, sempre aumenta !

Explicando, você tem 25 anos hoje e deve continuar linda pelos próximos 5/10 anos, mas sempre um pouco menos a cada ano, e de repente, se você se comparar com uma foto de hoje, verá que já estará um caco. Isto é, você está hoje na "alta", na época ideal de ser vendida, não de ser comprada.

Usando o linguajar de Wall Street, quem a tem hoje deve tê-la em "trading position" (posição para comercializar), e não de "buy and hold" (compre e retenha), que é o para quê você se oferece... Portanto, ainda em termos comerciais, casamento (que é um "buy and hold") com você não é um bom negócio a médio/longo prazo, mas alugá-la pode ser, e, em termos sociais, um negócio razoável de que podemos cogitar é namorar.

Cogitar... Já cogitando, e para certificar-me do quão "articulada, com classe e maravilhosamente linda" você seja, eu, provável futuro locatário dessa "máquina", quero o que é de praxe: fazer um "test drive..."

Posso marcar?"

domingo, 22 de junho de 2008

Idéias criativas!

Ninguém pode negar que todas nós já tivemos, em algum momento, uma idéia genial de beleza!




















Scarlet O´Hara transformou uma cortina em um belíssimo vestido que usou para tentar seduzir Rhett Buttler na prisão.


Minha mãe usou o resto do tecido usado na confecção do meu vestido de formatura (cadê as fotos???Até hoje não encontro!!!), para forrar uma bolsa que combinou como uma luva com o traje.


Eu, na falta de uma caipira para a festa junina, usei meus broches de flores na cabeça, e consegui fazer um penteado diferente de todas as trancinhas básicas que usamos nessa época do ano.


Vai, me conta: qual idéia genial de beleza/ moda você teve???





Fashion Rio

Eu amo Ballet Clássico!!!!


O ballet clássico é o desenvolvimento e a transformação da dança primitiva, que baseava-se no instinto, para uma dança formada de passos diferentes, de ligações, de gestos de figuras previamente elaborados para um ou mais participantes. A história do ballet começou há 500 anos atrás na Itália.
Nessa época os nobres italianos divertiam seus ilustres visitantes com espetáculos de poesia, música, mímica e dança. Esses divertimentos apresentados pelos cortesãos eram famosos por seus ricos trajes e cenários muitas vezes desenhados por artista célebre como Leonardo da Vinci. O primeiro ballet registrado aconteceu em 1489, comemorando o casamento do Duque de Milão com Isabel de Árgon.
Os ballets da corte possuíam graciosos movimentos de cabeça, braços e tronco e pequenos e delicados movimentos de pernas e pés, estes dificultados pelo vestuário feito com material e ornamentos pesados. Era importante que os membros da corte dançassem bem e, por isso, surgiram os professores de dança que viajavam por vários lugares ensinando danças para todas as ocasiões como: casamento, vitórias em guerra, alianças políticas, etc.
Quando a italiana Catarina de Medicis casou com o rei Henrique II e se tornou rainha da França, introduziu esse tipo de espetáculo na corte francesa, com grande sucesso. O mais belo e famoso espetáculo oferecido na corte desses reis foi o "Ballet Cômico da Rainha", em 1581, para celebrar o casamento da irmã de Catarina. Esse ballet durava de 5 a 6 horas e fez com que rainha fosse invejada por todas as outras casas reais européias, além de ter uma grande influência na formação de outros conjuntos de dança em todo o mundo.
O ballet tornou-se uma regularidade na corte francesa que cada vez mais o aprimorava em ocasiões especiais, combinando dança com música, canções e poesia e atinge ao auge de sua popularidade quase 100 anos mais tarde através do rei Luiz XIV. Luiz XIV, rei com 5 anos de idade, amava a dança tronou-se um grande bailarino e com 12 anos dançou, pela primeira vez, no ballet da corte.
A partir daí tomou parte em vários outros ballets aparecendo como um deus ou alguma outra figura poderosa. Seu título " REI DO SOL", vem do triunfante espetáculo que durou mais de 12 horas. Este rei fundou em 1661, a Academia Real de Ballet e a Academia real de Música e 8 anos mais tarde, a escola Nacional de Ballet. O professor Pirre Beauchamp, foi quem criou as cinco posições dos pés, que se tornaram a base de todo aprendizado acadêmico do Ballet clássico.
A dança se tornou mais que um passatempo da corte, se tornou uma profissão e os espetáculos de ballet foram transferidos dos salões para teatros. Em princípios, todos os bailarinos eram homens, que também faziam os papéis femininos, mas no fim do século XVII, a Escola de Dança passou a formar bailarinas mulheres, que ganharam logo importância, apesar de terem seus movimentos ainda limitados pelos complicados figurino.
Uma das mais famosas bailarinas foi Marie Camargo, que causou sensação por encurtar sua saia, calçar sapatos leves e assim poder saltar e mostrar os passos executados. Com o desenvolvimento da técnica da dança e dos espetáculos profissionais, houve necessidade do ballet encontrar, por ele próprio, uma forma expressiva, verdadeira, ou seja, dar um significado aos movimentos da dança.
Assim no final do século XVIII, um movimento liderado por Jean-Georges Noverre, inaugurou o "Ballet de Ação", isto é, a dança passou a ter uma narrativa, que apresentativa um enredo e personagens reais, modificando totalmente a forma do Ballet de até então. O Romantismo do século XIX transformou todas as artes, inclusive o ballet, que inaugurou um novo estilo romântico onde aparecem figuras exóticas e etéreas se contrapondo aos heróis e heroínas, personagens reais apresentados nos ballets anteriores.
Esse movimento é inaugurado pela bailarina Marie Taglioni, portadora do tipo físico ideal ao romantismo, para quem foi criado o ballet "A Sílfide", que mostra uma grande preocupação com imagens sobrenaturais, sombras, espíritos, bruxas, fadas e mitos misteriosos: tomando o aspecto de um sonho, encantava a todos, principalmente pela representação da bailarina que se movia no palco com inacreditável agilidade na ponta dos pés, dando a ilusão de que saía do chão.
Foi "A Sífilde" o romantismo o primeiro grande ballet romântico que iniciou o trabalho nos sapatos de ponta. Outro ballet romântico, "Giselle", que consagrou a bailarina Carlota Grisi, foi a mais pura expressão de período romântico, além de representar o maior de todos os teste para a bailarina até os dias de hoje. O período Romântico na Dança, após algum tempo, empobreceu-se na Europa, ocasionando o declínio do ballet.
Isso porém, não aconteceu na Rússia, graças ao entusiástico patrocínio do Czar. As companhias do ballet Imperial em Moscou e São Petersburgo (hoje Leningrado), foram reconhecidas por suas soberbas produções e muitos bailarinos e coreógrafos franceses foram trabalhar com eles. O francês, Marius Petipa, fez uma viagem à Rússia em 1847, pretendendo um passeio rápido, mas também tornou-se coreógrafo chefe e ficou lá para sempre.
Sob sua influência, o centro mundial da dança transferiu-se de Paris para São Petersburgo. Durante sua estada na Rússia, Petipa coreografou célebres ballets, todos muito longos (alguns tinha 5 ou 6 atos) reveladores dos maiores talentos de uma companhia. Cada ballet continha danças importantes para o Corpo de Baile, variações brilhantes para os bailarinos principais e um grande pas-de-deux para primeira bailarina e seu partner.
Petipa sempre trabalhou os compositores e foi Tchaicowsky que ele criou três dos mais Importantes ballets do mundo: a "Bela Adormecida", o "Quebra-Nozes" e o "Lago dos Cisnes". O sucesso de Petipa não foi eterno. No final do século ele foi considerado ultrapassado e mais uma vez o ballet entrou em decadência. Chegara o momento para outra linha revolucionária, desta vez por conta do russo Serge Diaghilev, editor de uma revista de artes que, junto com amigos artistas estava cheio de idéias novas pronta para colocar em prática.
São Petersburgos porém não estava pronta para mudanças e ele se decidiu por Paris, onde começou por organizar uma exposição de pintores russos, que foi um grande sucesso. Depois promoveu os músicos russos, a ópera russa e finalmente em 1909 o ballet russo. Diaghilev trouxe para a audiência francesa os melhores bailarinos das Companhias Imperiais, como Ana Pavlova, Tamara Karsaviana e Vaslav Nijinsky e três grandes ballets sob direção de um jovem brilhante coreógrafo Mikhail Fokine, a quem a crítica francesa fez os melhores comentários.
Os russos foram convidados a voltar ao seu país em 1911 e Diaghielev formou sua própria Companhia, o "Ballet Russo", começando uma nova era no ballet. Nos dezoito anos seguintes, até a morte de Diaghilev, em 1929, o Ballet Russo encantou platéias na Europa e América, devendo a sua popularidade à capacidade do seu criador em descobrir talentos novos, fragmento-se depois por todo o mundo. No momento atual as peças de ballet são cheias de variedades e contrates. Trabalhos antigos como "Giselle" e o mundo inteiro ao lado de outros, como os baseados em romances de Shakespeare e ainda criações recentes assinadas por coreógrafos contemporâneos e dançadas também por bailarinos do nosso tempo.
Qual será próximo passo? Na sua longa história, o ballet tomou muitas direções diferentes e, por ser uma arte muita viva, ainda continua em mudando. Mas, apesar das novas danças e das tendências, futuras existe e existirá sempre um palco e uma grande audiência para os trabalhos tradicionais e imortais.
Fonte: não sei exatamente! Várias Home-pages de ballet possuem esse texto sobre a história do ballet...

Já cuidou do seu pé hoje? (Aproveite!!! É domingo!)


O DESCANSO DOS GUERREIROS
Os pés têm uma pesada missão: sustentar nosso corpo o dia inteiro, mesmo apertados dentro dos sapatos ou equilibrados em saltos altos. Para dar alguns minutos de refresco a eles, faça uma esfoliação com grânulos finos, que removem as células mortas da pele.


Em seguida, mergulhe-os em uma bacia com água morna, bolinhas de gude e 15 gotas de óleo essencial de hortelã-pimenta. Massageie por 15 minutos movimentando a sola sobre as bolas. Enxugue e espalhe um creme à base de uréia ou cânfora para hidratar e refrescar.


Quando fazer: Pelo menos uma vez por semana e sempre que sentir necessidade, depois de permanecer muitas horas em pé. "O tratamento proporciona conforto e alívio", garante a fisioterapeuta Fernanda Ferrari. Mas evite se os pés apresentarem cortes, feridas ou bolhas.

RECEITA DO KYRON SPA, SHOPPING IGUATEMI, MEZANINO, LOJA Y 27, SÃO PAULO, TEL. (11) 3095 3000
Fonte: Revista Claudia

sexta-feira, 20 de junho de 2008

Tema Polêmico: Tatuagem



E aí, pessoal???? Vocês amam ou odeiam tauagem????

Alguns fatos:

1) Eu amo tatuagem, mas em mim só faço de henna. Com a idade, vem a flacidez da pele e o sol que você tatuou vira uma bexiga vazia...

2) Laser tira tatuagem sim... mas deixa uma bela cicatriz no lugar. Alguns tons de verde e azul são muito difíceis de se tirar. Mesmo o preto simples não sai completamente.

3) A moda muda e a nossa cabeça idem. Pensem nisso. Não se tem 20 anos para sempre.

4) Mas você está resolvida a fazer uma tatuagem de qualquer maneira, tudo bem. Algumas dicas: escolha um local que não fique muito frouxo com a idade, como o tornozelo ou o pescoço. Na hora de retocar fica mais fácil. Se fizer uma tatuagem na barriga, depois tiver filhos e precisar fazer uma abdominoplastia, como é que vai ficar? Com metade da tattoo cortada pelo cirurgião?

5) Fazer tatuagem dói razoavelmente em alguns locais anatômicos específicos como pé, face interna do braço, perto da orelha, virilha, lábios...O anestésico nesses casos é mais psicológico do que qualquer outra coisa. Agora, cada um é de um jeito. Tem umas pessoas-ciborgues que não sentem nada de dor. Exemplo: minha mãe.

6) Dê uma adiada na tatuagem se: tiver tomado um pé na b...., quiser impressionar um namorado ou os seus amigos, estiver com a auto-estima lá embaixo, for uma pessoa de idéias volúveis, quiser imitar a gostosona da academia e se quiser se vingar de seus pais.

7) Procure um lugar limpinho, higiênico e se certifique de usar agulhas descartáveis.

8) Descarte a possibilidade de ter alergia a corantes ANTES de fazer a tatuagem.

9) Jura que você não gosta de tatuagem de henna???? Nem daquelas tatuagens de colar na pele, que possuem até cristal? O nome é bijoux de pele. São lindas!!!!!!

10) Estou escrevendo este post em homenagem à Roberta, minha amada massoterapeuta, que não ouviu os meus conselhos e fez a bendita tatuagem. Ficou LINDA. Ela fez no ombro (um bom lugar pois dá pra esconder no trabalho e não fica muito flácido) e está super feliz. Espero que ela nunca se arrependa!

11) Você já fez alguma tatuagem? Onde??? Qual o desenho?????Me conta!!!!!!

Beijos!

Meu demaquilante:


Minha amiga anônima pediu uma dica de demaquilante para os olhos... Existem Várias marcas MARAVILHOSAS, mas vou dividir com vocês o produto que eu uso em casa. Chama-se Eau Magique Démaquillante da Dior e serve para rosto e olhos, o que é ótimo, pois mata dois coelhos de uma vez só. Ele só não é muito bom para ajudar a retirar cílios postiços (que eu AMO, mas raramente uso). Para tirar cílios postiços é melhor dar preferência a um produto levemente oleoso. Na hora do desespero, apele para o óleo de bebê, mas cuidado para não deixar cair nem uma gota dentro dos olhos. Pode também usar o demaquilante dior e pingar uma gotinha só do óleo de bebê, para se livrar da bendita cola.
Beijos!

"O Sonho"








No ano passado, passando uma temporada em NY, encontrei meu amigo de tantos anos, o Ralph (Lauren). Resolvemos fazer um piquenique no central park e conversamos durante horaaaas. É incrível como nossas mentes combinam, aliás sou capaz de jurar que consigo me comunicar com ele através de telepatia. Durante esse passeio, fiz uma sugestão: "Ralph, que tal se inspirar em My Fair Lady, na sua próxima coleção?".
Ele ficou me olhando...pensativo...e nem respondeu. Até pensei que tinha falado algo errado, me intrometido demais na vida dele.
Qual não foi minha surpresa esta semana ao me deparar com o último desfile dele!!!! Ele se inspirou EM MIM!!!! Seguiu os meus conselhos!E para provar o quanto estava agradecido, me telefonou e disse que ia me mandar pelo correio cada uma dessas roupas...
...e eu as teria recebido se meu despertador não tivesse tocado...

Usei e amei: Omera da Futura Biotech


Há algumas semanas, descobri este hidratante através de um representante da Futura Biotech que me trouxe algumas amostrinhas em sachês. Como meu armário de cremes (você leu certo: armário) é naturalmente super lotado, pois ganho muitos produtos, as amostras passaram um tempinho esquecidas numa prateleira.

Esta semana fiz um peeling bastante superficial e minha pele descamou tão pouquinho, que ao meu ver, era mais um ressecamento do que uma escama de pele. Ao invés de usar meus produtos cicatrizantes, resolvi então testar os sachês do Omera e tive uma grata surpresa, pois a pele não ardeu e no dia seguinte já estava ótima!

Omera é um hidratante facial isoativo que oferece hidratação prolongada e eficaz, graças à sinergia dos seus ativos altamente compatíveis com a pele.
Possui sensorial agradável, não oleoso, alta espalhabilidade ( o que faz o frasco durar um bom tempo) e fragrância neutra.

Nutre a pele e retém a umidade. Não contém parabenos. Textura gel-creme.
Modo de usar: Após a limpeza da pele, aplicar Omera em movimentos circulares nas áreas do rosto, pescoço e colo. Uso diário.
Preço: pesquisando na Internet, percebi que os preços variam entre R$54,00 e R$ 75,00.

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Família Innéov


Os produtos Innéov foram exaustivamente discutidos no último congresso mundial de dermatologia. O melhor de tudo é que ganhei algumas caixas para testar... Testei o de cabelos (melhorou a queda, mas não engrossou nada a espessura do pêlo), o do sol (fui "obrigada" a me expôr ao sol para testar o produto e gostei sim, o bronzeado durou bastante. O problema é que os comprimidos têm gosto de meia velha) e o da firmeza (esse minha mãe que testou, mas como ela não comentou comigo se gostou, não tenho como dizer se é bom).
Para minha decepção, não tinha no congresso o de CELULITE, que já chegou no Brasil. E nem o da pele seca (para quem tem formas brandas de ictiose).
Hoje à noite, irei em um evento de dermatologia, onde ESPERO EM DEUS, conseguir ganhar uma caixa do Innéov celulite para poder dar o meu depoimento aqui.
Pergunta: alguma de vocês já usou o Inneov celulite e gostou?????
Aguardem novidades!

terça-feira, 17 de junho de 2008

Três situações que DERRUBAM um visual:





























Eu posso estar vestida de ouro da cabeça aos pés, mas se uma dessas ciladas acontecem comigo, eu me sinto um lixo!

Cabelo sujo: é o pesadelo de quem trabalha muito como eu. Tem vezes em que chego em casa quase onze horas da noite. Daí onde fica a coragem para lavar E SECAR a cabeleira, antes de desmontar em cima da cama para dormir? No dia seguinte, por mais que eu tente disfarçar o estrago com uma trança embutida ou um coque, não adianta. Eu sinto o couro cabeludo sujo e consequentemente, me sinto imunda também...
(pela manhã, se eu for lavar E SECAR o cabelo, vou perder um tempão e vou precisar acordar de madrugada para realizar a operação-cabelo)

Unha bizarra: mil tragédias ocorrem frequentemente com as minhas unhas. O esmalte escuro descasca, elas quebram, eu as risco de caneta sem querer, surgem pelezinhas em volta da cutícula que praticamente imploram: "me arranca com o dente!!!".
Enfim, é muito difícil minha manicure resistir por mais de dois dias. E esses pequenos defeitinhos na unha me irritam demais!

Meia-calça desfiada: eu já cheguei a conclusão de que não devo ter unhas nos pés e sim mini-faquinhas, que fazem minhas meias terem exatamente um dia de vida. Consigo rasgar até meia 3/4, daquelas curtinhas que vão até a panturrilha. Ou então são fadinhas invisíveis que ficam rasgando minhas meias pra se distrair um pouco. Não sei. Só sei que quando isso acontece, seu visual vai por água abaixo. Se eu fosse juntar todo o dinheiro que já gastei comprando meia-calça, poderia dirigir uma ferrari, me aposentar e ir morar em Las Vegas para o resto da minha vida.

segunda-feira, 16 de junho de 2008

O Charme das Vilãs:






Na última vez em que fui à disney fiquei estarrecida com um fato: como as vilãs têm feito sucesso entre as crianças. Tinha porta-retratos, estojos, camisas, justamente com esse tema.
Durante meu passeio, não comprei nada relacionado às vilãs e nem me preocupei com isso, mas outro dia, passeando em Ipanema, vi uma garotinha justamente com uma mochila das malvadas e isso me fez parar pra pensar...
Não é que elas têm um certo charme mesmo????
As roupas são chiquérrimas!
Aparentemente, todas aplicam Botox ou já fizeram lifting.
A sensualidade de algumas é praticamente palpável.
Fui obrigada a dar meu braço a torcer.
Agora, entre nós, eu posso dizer que esse fato tem me preocupado um pouco.
Será que as poderosas estão dando um bom exemplo para as criancinhas?

domingo, 15 de junho de 2008

Lançamento amanhã na Época:




O corte Chanel e suas deliciosas variações...



















Se os Acessórios que combinam com o corte:


Cabelos compridos gostam de um elástico, o chanel combina com tiaras, faixas e fitas de cetim, finas ou largas. O corte ganha bossa com esses acessórios – com eles, mesmo prendendo parte do cabelo, as características do look ficam evidentes. Quem tem a nuca descoberta, pode optar pela tiara, colocada bem no alto da cabeça. Já as mulheres com um chanel mais longo podem brincar com as fitas, deixando as sobras do tecido cair nas costas.




Fonte: Site da Boa forma

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???