sábado, 18 de outubro de 2014

Usei e Amei: Anthelios Airlicium


CHO-CA-DA.
QUEIXO CAÍDO.
EMBASBACADA.
(__________________________) COMPLETE COM A PALAVRA QUE VIER A SUA CABEÇA QUANDO TIVER A OPORTUNIDADE DE EXPERIMENTAR ESSE PROTETOR SOLAR.

Juro, nunca vi nada igual na minha vida. Minha representante chegou no consultório, vestida com uma camisa-tema do produto, e munida com uma apresentação no tablet digna da jornada nas estrelas. A sensação era de que um astronauta ia entrar pela nossa porta a qualquer momento (ou pelo menos um modelo da Ford vestido de astronauta já estaria bom).

Ela começou a nos explicar que as moléculas (as tais das micropartículas encapsuladas, feitas 99% de ar) foram usadas na NASA (!!!) antes de trazerem para a dermatologia.

Essas partículas cheias de ar, "absorvem" a oleosidade da pele, e a sensação é de uma pele tão seca, que posso dizer, sem sombra de dúvida, que esse protetor tem um sensorial muito parecido com os produtos japoneses.

Sério, seca tudo! E o cheiro, meu povo!!! MARAVILHOSO! Não lembra nem de longe um protetor solar. 

Quando eu passei no rosto pela primeira vez, senti um certo grude nos primeiros segundos. Cheguei a pensar: " mais um protetor que promete e não cumpre". Mas após uns dois minutos, a mágica se fez. E foi aí que eu fiquei cho-ca-da.

Custa em média R$65,00, dependendo da farmácia.
Não recomendo este protetor para pessoas que sofrem de melasma, pelo menos durante o verão. O FPS para essa condição é baixo e ele não tem cor de base.
Também não é a melhor pedida para um dia de praia, independente de haver melasma ou não.

Mas pessoas com a pele bastante oleosa vão se beneficiar muito dele no dia a dia.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Virei criança no vulcão Villarica! (Feliz Dia das Crianças atrasado!)

video

Oi, pessoal! Bom dia! Eu queria ter colocado esse vídeo no blog ontem (devido ao dia das crianças), mas eu estava lá no Caparaó, em Minhas Gerais (as leitoras que estão me seguindo pelo instagram já sabiam disso).
Bom, resolvi dividir essa pagação de mico com vocês para provar que eu me diverti MUITO lá no vulcão Villarica, ainda que eu não tenha chegado até o topo. Cada um se diverte como pode (e gosta), não é verdade? E garanto que poucas pessoas teriam tido essa coragem, de cantar Frozen na frente de todo mundo, cheia de asma e errando a letra da música de vez em quando, rsrsrsrsrsrsr.

Na verdade, eu fiz a coisa de caso pensado e era pra ter sido algo muito mais elaborado. Ocorre o seguinte. Aqui no condomínio onde moro, Gabriel deve ter uns 20 amiguinhos. E esse ano, a maioria das festas das meninas tinha esse tema (que eu adoro!), Frozen. 
E eu e Gabriel sempre somos os mais empolgados quando chegam as princesas Elsa e Anna.
Como eu não estava empolgada para ir ao Chile, uma das mães, amiga minha, deu a idéia, meio assim de brincadeira: "Relaxa, Lu. Faz o seguinte, sobe o vulcão com o Adolfo e aproveita pra cantar Lei It Go lá em cima!".


A sugestão caiu como uma luva, e eu corri pra Ali Express para encomendar uma roupa de Elsa, tamanho adulto. Olha o vestido AQUI. Mas como decidimos essa viagem com pouca antecedência, não encomendei, pois não chegaria a tempo. Ainda arrumei uma pessoa para editar o vídeo e colocar aqueles raios saindo da minha mão, para a coisa ficar mais realista ainda.

Mas sem o vestido, desanimei. E quase não "fiz a performance". Porém, quando cheguei lá em cima, eu tinha a música gravada no meu celular, tinha um monte de neve, tinha a vontade e tinha a princesa (no caso, eu, kkkk). E aí fizemos a bobeira, só pra mandar para a criançada do grupo. Para a minha surpresa, mesmo sem estar com o vestido, as meninas adoraram ver a "Tia Lu" fazendo o Frozen na neve.

Também fiz um outro vídeo, com um boneco de neve (o Olaf), mandando um recadinho para cada amiguinho do Gabriel que anda com "problemas de comportamento". Ele (no caso, EU) falava mais ou menos assim: "Oi! Eu sou o Olaf! Eu gosto de abraços quentinhos! E você? Ah, já sei! Você gosta de arrumar seus brinquedos depois de brincar, não é? E gosta de obedecer a mamãe! Que legal! Então, quando o verão chegar, eu vou aí no Brasil te visitar....".


Eu e Olaf.
Muita CORAGEM, não é verdade?

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Porque eu não subi o vulcão Villarica

video

Meu marido começou a ter umas idéias loucas a respeito de escalar um vulcão. Estava querendo um pouco de emoção na vida, acredito eu. Ele falou isso uma vez, duas, três, aí eu me convenci de que ele estava falando sério. E fiz essa cara:



Porque, gente, escalar vulcão, ou qualquer coisa maior que um quebra-molas, não é a minha praia. Primeiro, tem tudo pra dar errado. Vulcões são altos, escorregadios (quando existe neve), e imprevisíveis. E eu não estou com tempo pra me recuperar de uma fratura, deitada numa cama. Sem contar que minha vida já é cheia de fortes emoções com o Gabriel. Mas, boa esposa que sou, fui pesquisar sobre a subida do vulcão Villarica, em Pucón. Porque talvez eu pudesse estar exagerando na frescura. SÓ QUE NÃO. Li alguns blogs sobre essa escalada, e enquanto lia, minha cara estava assim:


Eu pensava: "Ééééééé....Não vai rolar."
Vou ser sincera. Cinco horas de subida. Imagine que fosse só andar pra frente. Já seria meio sinistro. Mas não, é uma subida. E íngrime. Agora, acrescente neve, e tudo o que vem junto com ela. Roupas especiais (que pesam), botas específicas (dão bolhas), instrumentos para se agarrar neles caso a pessoa deslize (que você não vai conseguir segurar caso precise)... E elas deslizam. Um brasileiro faleceu esse ano fazendo essa brincadeira. Leia sobre isso AQUI.
E tem mais. O vulcão é ativo. Não é daqueles borbulhantes, nem nada, mas solta vapores (e nunca se sabe). Vapores venenosos, mal cheirosos, com enxofre. Não vou nem cogitar a possibilidade do cidadão tropeçar e cair dentro da cratera.


Pensei com meus botões... Não vale a pena não. Os poucos que conseguem subir, nem podem ficar lá durante muito tempo. E como se não bastasse, precisam descer na base do esqui bunda. E esse negócio pega uma velocidade considerável (a volta é beeeem mais rápida!). Não tem freio. E o caminho é cheio de pedras, que obviamente eu não seria capaz de desviar. Ora, no Brasil, nossa bunda vale ouro! Eu que não vou botar a minha a perigo, por tão pouco. Sendo assim, decidi:


Não vou. Ok, vou perder a aventura. Vou perder as fotos fantásticas. Não vou poder contar vantagem pra ninguém. Provavelmente, vou me arrepender dessa decisão para o resto da vida. Não vou ter história para contar pros meus netos. Mas gente! Pelo menos eu vou estar viva para poder TER netos. E sabem o que é pior????


Perdi uma ótima oportunidade de dar uma de esposa aventureira e companheira, porque no último minuto, eles não puderam subir o vulcão por causa das condições climáticas. Se eu dissesse que ia, teria dado uma de poderosa e não precisaria subir porcaria nenhuma de vulcão.

Mas esse pessoal aqui encarou o desafio.
Confira AQUI, e AQUI.
E sobreviveram!!!


segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Esponja esperta para limpar o rosto (LUNA - Foreo)


Durante sua próxima viagem a um país que tenha Sephora, se estiver com uns dólarezinhos "sobrando" para comprar um negócio interessante (mais especificamente, $199), pode investir, sem medo nessa esponja que emite uma vibração, bastante satisfatória para potencializar a limpeza do seu rosto.

O procedimento é simples. Você aplica o sabonete líquido indicado pelo seu médico no rosto molhado, e logo depois faz uma massagem com a esponja. O uso do aparelho não deve demorar mais do que três minutos.


É importante nunca usar esfoliante, pois os grãos podem danificar o silicone.

Existe um tipo de esponja para cada tipo de pele, até as mais sensíveis. Eles também pensaram nos homens, e colocaram a cor preta, para a esponja deles ficar com cara de MACHO.

Mas não é só na cor que a esponja masculina se diferencia. Como os homens possuem uma pele mais resistente, e ainda por cima com barba, suas cerdas de silicone são maiores e mais firmes.

As mulheres podem garantir a esponja masculina para usar em áreas extra-faciais, como áreas de foliculite, joelhos e cotovelos.





OBSERVAÇÃO NADA A VER!
Me convenceram a ter INSTAGRAM!!! 
Procurem por: chichierchio
Beijos!

domingo, 5 de outubro de 2014

Novidade boa e outra melhor ainda!

Olá, pessoal!!!
Estou cheia de saudades! Pra variar, a vida anda super corrida! Mas por bons motivos! Estou com uma novidade boa e outra melhor ainda (não é um irmãozinho para o Gabriel).

Qual vocês querem primeiro? A boa????

Bom. A boa é que eu descobri o Chile. Ou foi o Chile que me descobriu, sei lá. A verdade é que eu não queria ir. Quase briguei com o meu marido. Fomos por vontade dele. Para mim, o Chile era só uma tripinha sul americana, e eu achava que era tão pobre ou até pior que o Brasil. GRANDE ENGANO!!!

O Chile é muito legal!!! Existe pobreza sim. Mas é pouca. E não vi miséria como vemos no Brasil. Encontrei um país lindo, todo bem estruturado, com um povo muito educado e alegre, paisagens de tirar o fôlego, ótimos hotéis, comida deliciosa, passeios inesquecíveis, compras espetaculares. Caí de amores pelo Chile.

Estou louca pra contar tudo aqui, mas ainda nem acabei de dar as dicas de Cancun e da Disney.

A novidade melhor ainda, é no plano profissional. Estamos remodelando a logística do consultório de Ipanema. Como temos uma grande parcela de pacientes que estão morando na Barra, resolvemos abrir um consultório...NA BARRA! Imaginem a correria!
Em breve conto mais sobre isso!!! Quero mostrar as fotos do consultório para vocês!

Eu ainda tenho uma terceira novidade fantástica! Gabriel melhorou absurdamente. Está falando mais, interagindo, se interessando pelas pessoas, anda muito carinhoso e educado, e nos surpreende a cada dia que passa. 
Como a vida de ninguém é perfeita, andamos numa maré muito difícil em termos de doenças na família. Todo mundo ficou ruim. Eu, meu pai, minha mãe, e em maior gravidade, Gabriel (pneumonia e escarlatina) e minha sogra (meningioma no cérebro).
Mas a vida é assim mesmo, não é verdade? É maravilhosa, mas não é um mar de rosas. O segredo é focar no positivo, como diz meu marido.


domingo, 31 de agosto de 2014

A preguiça de lavar o rosto, e como lidar com ela


Vocês sabem em qual quesito eu mais perco pontos, quando se trata de tratar da pele? Acreditem ou não, é na hora de lavar o rosto. Eu sinto MUITA preguiça de lavar o meu rosto, ainda por cima, duas vezes ao dia, como seria o ideal.
Para resolver esse problema, só com muita disciplina. É preciso incorporar esse hábito, como por exemplo, escovar os dentes. Algumas atitudes me ajudaram bastante nessa questão.

Por exemplo, eu só uso sabonete líquido. Existe coisa mais prática e higiênica nessa vida? Duvido muito. E o sabonete líquido rende, pois uma pequena quantidade é mais do que suficiente para limpar adequadamente a face. Na hora de comprar, o sabonete líquido é um pouco mais caro, mas no final das contas, apresenta o melhor custo-benefício.

Qual marca eu uso? Honestamente? Várias, pois como vocês sabem, eu acabo ganhando dos representantes para testar.
Nesse momento, essas são as minhas opções:


A maioria é direcionada para peles sensíveis e tendendo a oleosas, e isso é importantíssimo de se determinar. Porque se o sabonete não for muito bem escolhido, e sua pele não conseguir tolera-lo bem, você não irá usa-lo.
É tão difícil encontrar o "sabonete ideal"... Eu diria que é até mais fácil encontrar o "protetor solar ideal". O sabonete é mais complicado, porque, ou você sente que ele não limpa, ou que resseca demais.
Portanto, o produto que é ideal para mim, não necessariamente funcionará para vocês. 


Atualmente estou apaixonada pelo Duo Retix Cleanser da Melora. Ainda não ganhei um original, por isso estou economizando minhas amostras (e vem tão pouco...). Acredito que eu tenha me dado tão bem com ele, por conta da presença da piroctona olamina, que ajuda a controlar a dermatite seborréica. No inverno, ela costuma piorar, e esse tem sido o meu caso.
Mas o fato é que eu sinto a textura do rosto completamente diferente quando o uso. E o preço não é absurdo, custa R$47,00 em média.

Outra dica boa é manter dois frascos de sabonete líquido, um na pia e outro dentro do box. Dessa forma, pelo menos você garante uma limpeza do rosto durante o banho, o que já é melhor que nada.

Amostras são ótimas para se levar em viagens. Você usa a quantidade certa e não carrega peso extra na mala.

E por fim, sobre as escovas de limpeza. A da foto é da marca Olay e e adoro. Foi baratinha, comprei numa CVS americana, e eu uso umas duas vezes por semana. Usar mais do que isso pode piorar a oleosidade do rosto.

sábado, 16 de agosto de 2014

Efeito da radiação UV na pele





Um dia desses, compartilharam esse vídeo no Facebook, e achei de suma importância mostra-lo aqui também. Eu gostaria que vocês pensassem nele sempre que sentirem preguiça de aplicar protetor solar.

Sim, precisa aplicar mesmo no inverno.

Tenham um ótimo fim de semana!

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Hospital de Princesas: Gabriel, Anna e o risco da Hipotermia


Todo mundo sabe, que as pessoas que realizam atividades na neve (a princesa Anna que o diga, procurando a irmã na geleira) ou em situações de frio intenso (tipo trabalhar em um frigorífico), podem eventualmente sofrer de uma condição chamada HIPOTERMIA.

Geralmente, quando precisamos encarar o frio, tentamos nos vestir adequadamente para a ocasião, e raramente esse tipo de "acidente" acontece, salvo em pessoas que se perdem, fazendo esportes de inverno. Mas vocês já pararam pra pensar que a hipotermia pode acontecer até aqui, no Rio de Janeiro, nesse nosso inverno de araque?

Pois é, aconteceu na última sexta-feira com o Gabriel. Estivemos em Angra, e embora não estivesse um dia super quente, o clima também não estava suficientemente frio para impedir que um certo garotinho resolvesse aproveitar a praia. Coloquei suas roupas com proteção UV e passamos a tarde dentro da água.

Lá pelas tantas, ele começou a tremer muito, de uma maneira que até nos assustou. Saímos da água e o coitadinho estava gelado, batendo queixo. Rapidamente, tiramos sua roupa com proteção UV (que pode ter contribuido para essa queda abrupta da temperatura) e observamos sua pele, que estava arroxeada, não só nos membros, mas também na região do tórax, nádegas e bochechas. Nesse momento, ficamos mais preocupados.



Pegamos três toalhas e abraçamos o gordinho, certos de que rapidinho ele pararia de tremer. Não parou.

Então resolvemos leva-lo para o quarto e dar um banho de água quente. Enchemos uma banheira com água morna tendendo a quente, e lá ele permaneceu durante uns 20 minutos. Ele estava animado e feliz com o banho quente, mas continuava arroxeado. A temperatura estava em 36 graus (sempre levo um termômetro, ele não serve só para ver FEBRE). Até cogitamos de ele ter engolido algo que poderia ter ido parar na traquéia, mas além da respiração dele estar em um ritmo normal, convenhamos, se fosse isso, ele já estaria desacordado.

Liguei para a minha mãe, que me lembrou de repor a glicose, dando um líquido doce e quente. Rapidinho preparei uma mamadeira daquelas, e esse foi o pulo do gato. Só depois dela, é que ele de fato, voltou a sua cor de boto cor de rosa.


Então vamos combinar assim, para não deixar que isso aconteça com vocês:
Cuidado com crianças dentro da água. É possível ocorrer hipotermia mesmo em dias de sol. Crianças perdem calor mais rápido do que adultos.
Cuidado com roupas de proteção UV. Em dias mais amenos, elas podem contribuir para diminuir mais a temperatura corporal, principalmente quando a criança sai da água.
Ofereça lanches regulares.

E, se por acaso acontecer, tome as seguintes medidas:


Saiba mais sobre o assunto, clicando AQUI.

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Carimbos de Rainha - A Missão


História de "vingança".
Estava eu no facebook, quando uma médica (que lê o nosso blog) postou sobre um produto, e um carimbo parecido com esse aparecia sobre a mesa dela. Quando vi aquilo, meus olhos só faltaram pular das órbitas!
Eu pre-ci-sa-va ter aquele carimbo de rainha.
Perguntei para a pessoa em questão, onde ela havia comprado o digníssimo carimbo. E fui ignorada. 
Perguntei novamente. Silêncio total.
Mandei uma mensagem privada. Nada.




E o carimbo sempre aparecendo nos cantinhos das fotos. Foi quando me toquei que talvez ela não estivesse me respondendo de propósito. Para ela ter e eu não, parecido com o que fazíamos quando tínhamos cinco anos.
Pensei com os meus botões, "ainda se usa fazer isso?".
Aparentemente sim.
Portanto, encontrar quem vendesse o carimbo se tornou uma prioridade. Levei semanas, mas encontrei (até porque tenho mais o que fazer da vida).
Procurei em sites americanos, indianos e o que mais vocês puderem imaginar. Mas foi só eu escrever no Google "carimbos com pedrarias" que ele apareceu.

Mas você pode estar se perguntando onde está a vingança. Bom, neste post. Pois se a pessoa queria ser a única no mundo a ter esse carimbo, bom, sinto em informar que, se depender de mim, todas as mulheres na área de saúde no mundo, vão poder ter um também.
E talvez outras mulheres de outras áreas também se animem a fazer um. 

É um ótimo presente para aquela pessoa que já tem tudo, ou para quem se formou.
Existem muitos modelos, e eles ainda fazem a capa do celular combinando.

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Quanto custou? R$100,00 o carimbo + R$15,00 o frete.

Quem fez? Arte Deluxe
whatsapp: (22) 997368441
E-mail: arte.deluxe@hotmail.com

OBS. Vingança só é "legal" quando não prejudica ninguém! Vingança "do bem", eu apóio!

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Vamos Bater um Papinho?

Onde você está???